Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

E se o Roger Guedes estivesse lá?

Foto: Bruno Cantini

Por Paulo Silva

Eu sei que aqui é só Galo, mas permitam-me falar um pouco de um assunto diferente para mostrar que, embora sejamos atleticanos, não somos alienados e indiferentes a questões que envolvem o nosso esporte favorito: o futebol.

Com o recesso forçado da série A, restou observar o que ocorre pelo mundo da bola, tentando “tirar” lições que possam ser utilizadas pelo Galo nos campos .

Tenho visto os jogos da Copa e uma coisa que notei de imediato é a preocupação defensiva de todos os times que participam desse torneio. Parece mais uma disputa para se saber quem defende mais e melhor. E esse não é um tema vital para o Galo? Se tem uma defesa que precisa aprender a se comportar com eficiência é a do nosso time.

Todos os times envolvidos na disputa parecem certos de que uma boa defesa é o caminho certo rumo ao título. As goleadas que vimos foram exceções, pois a maioria dos jogos da fase de grupos terminou com placar mínimo e ampla predominância das defesas sobre os ataques. Nos jogos eliminatórios continua a tônica de poucos gols e muita marcação e desarme.

Só uma equipe se destacou com um bom sistema ofensivo e mesmo assim, ao deparar com o time da CBF, preferiu ser cauteloso – marcando forte e saindo eventualmente para o ataque. Tiveram a competência para saber atacar com precisão e fizeram dois gols – um deles foi presente de uma zaga mal posicionada. Mas o que ficou demonstrado ao final do jogo é que o sistema defensivo da Bélgica se destacou durante todo o tempo todo e conseguiu anular praticamente todas as investidas do ataque adversário. Venceram com louvor e para minha satisfação acabaram com a farra da CBF.

Foto: Bruno Cantini

Fica claro, portanto, que esse torneio é um excelente laboratório para o Galo e sua defesa. Vimos vários times jogando com três zagueiros e quase todos jogando com três volantes. Vimos o empenho dos atacantes em marcar a saída de bola adversária mostrando com isso que sistema defensivo se faz com os onze jogadores. Com os atacantes marcando e impedindo a saída rápida da bola da defesa, o trabalho de marcação dos volantes e zagueiros é facilitado – o que permite uma rápida retomada da posse da bola e consequentemente a proteção da defesa.

O time da CBF parece não ter se preparado para esse tipo de jogo. Seu ataque marcou pouco e esperou em demasia o recebimento da bola vinda de seu próprio meio de campo e defesa. Com isso, ficaram seus atacantes isolados entre os defensores adversários e com poucas chances de gol. Criaram oportunidades? Sim, porém sempre com marcação próxima e que dificultou o arremate final. Marcaram gols? Sim, porém poucos e contando, na maioria das vezes, com a ajuda dos volantes que souberam aproveitar uma ou outra chance. O centroavante da CBF não conseguiu marcar um único gol em cinco partidas.

Durante essa semana, tivemos notícias de treinamentos efetuados pelo Galo em sua preparação para a volta do campeonato brasileiro. Em um jogo treino o ataque fez cinco gols, mas a defesa sofreu três. Parece que as coisas continuam do mesmo jeito.

Nós, torcedores do Galo, temos observado e dito que com esse sistema defensivo não teremos muitas chances de chegar ao título. O treinador, agora efetivo, parece não ter preocupação com isso, pois já declarou que a meta é conseguir vaga para a LIbertadores de 2019 e que o título continua sendo um sonho. Se há uma preocupação em transformar esse sonho em realidade não sabemos.

Ao que tudo indica, essa realidade só ocorrerá por circunstâncias alheias ao trabalho efetivamente realizado. Estamos a nove dias da partida de volta e nenhuma novidade foi mostrada no que concerne ao sistema defensivo. Não é só a defesa em si. É um sistema defensivo que envolva todos os jogadores como estamos vendo acontecer na Rússia. A nossa defesa, por si só, não nos levará a lugar algum. Com zagueiros e laterais que dispensam pejoração, pois, a cada partida fica mais difícil qualificá-los, precisamos urgentemente de um sistema que seja capaz de nos garantir alguma proteção. Na Rússia, estamos vendo o fracasso dos grandes artilheiros mundiais. Cristiano, Ronaldo e Messi (atacantes) já estão fora do torneio.

E se o Roger Guedes estivesse lá? Faria diferença? Eu não acredito. Ele seria apenas mais uma vítima desses sistemas defensivos que não têm pejo em castrar a essência do futebol. Mas, sem dúvida, o Galo bem que poderia aprender com eles.

Postagens relacionadas

49 comentários em “E se o Roger Guedes estivesse lá?

  1. Acho q além do zagueiro essa novela Roger Guedes tem q resolver antes jogo com o Grêmio. Pelas entrevistas dele, incluindo a de hj, está a fim de sair. E se for assim é melhor ir testando alguma opção desses novos reforços pra entrosar rápido.

  2. Discordo por achar que o sistema defensivo da Bélgica foi melhor que o nosso. Os sois foram horríveis. É só ver o número de bolas que o Brasil chutou ao gol. A diferença foi o goleiro deles que também faz parte da defesa, mas quando o goleiro chega a ser um dos melhores do jogo, é sinal que o sistema defensivo não está bom. Perdemos porque nossos atacantes estavam com um dia péssimo naquele dia. Felipe Coutinho, Paulinho e Renato Augusto perderam gols incríveis. A defesa da França e da Inglaterra que para mim são exemplos.
    Quanto a saída do Blanco, é preocupante. Elias está longe de ser parecido com ele. Chega a frente, mas marca mal. Já se o Adilson não jogar, parece que o Zé Welison tem as mesmas características. A defesa preocupa com a saída do Bremer. Eu testaria Maidana e Juninho, mas é muito mudança para o time que estava jogando. Praticamente só ficamos com o ataque e os laterais do time que estava jogando.
    Não jogaria com três zagueiros. Se os atuais são meia boca imagina colocando mais zagueiros no time? Ao invés dos três zagueiros testaria um meio de campo com dois volantes mais marcadores como Zé Welison e Adílson para fazer a cobertura dos laterais e proteger melhor a frente da zaga.

  3. Alô Massa, está chegando a hora de retomar o curso do Brasileirão.
    Alô técnico, é hora de trabalhar muito. Hora de ajustar o sistema defensivo.
    Em muitos jogos vi um time afoito, precipitado, indo ao ataque com muitos jogadores e esquecendo a defesa. Defesa, ah defesa… Parece clichê, mas o time precisa aprender a sofrer. Em muitas ocasiões, toma gol no início ou até mesmo nos acréscimos, em momentos que deveria controlar o jogo. E isto não vem só deste ano… Há momentos em que não é feio jogar para defender, principalmente fora de casa contra os favoritos. Se aguentar a pressão dos 20 minutos iniciais, equilibra o jogo e começa a criar oportunidades. E, no fim do jogo, saber que todos devem jogar atrás da linha da bola, valorizar bolas paradas , etc … Falar é fácil, mas para isso serve o TREINO. E apesar de não ter o melhor elenco, temos um bom time para brigar pelo título. Veremos se as chances serão reais a partir das 2 próximas partidas, 4 pontos e estaremos bem na disputa. VAMOS GALO, ESTE É O ANO, QUEREMOS O BR18!

  4. A seleção Brasileira se ferrou de verde e amarelo e bem feito pra CBF… esse time não representa a humildade do povo brasileiro, aliás, essa fila de título mundial só vai aumentar com esses jogadores a cada dia mais mascarados e mimados… e sem falar do teimoso treinador que levou a panela dele… morreram todos abraçados!!!!!!!!!!!

    Quanto ao nosso GALO, torcendo e acreditando que vão ajeitar essa defesa pro resto do ano… que o treinador tenha capacidade de fazer o serviço bem feito e exemplos de times bem armados atrás não falta, visto que esta Copa é das linhas defensoras bem postadas e com volantes muito marcadores pra ajudar!!!!!!!!!!!

  5. Boa Tarde,

    Gosto de entrar no blog um pouco mais tarde porque assim tenho bastante comentários para ler.
    Hoje pessoalmente estou vendo que os ânimos estão exaltados por aqui, a única coisa que gostaria de lembrar é: normalmente este espaço é democrático, pessoas escrevem o que pensa e do jeito que enxergam, para outros é claro, a visão alheia é turva e até o próximo é cego ou não entende nada, mas, é um espaço democrático, ainda.
    Se este princípio for levado em conta e também levarmos em conta que todo brasileiro é no fundo um técnico de futebol, frustado. Então, poderemos entender melhor como uma pessoa brasileira diz que a seleção nacional não o representa, ou porque este ou aquele não deveria estar ali ou aqui.
    Não podemos esquecer que quanto ao técnico Tite não houve ninguém que o recriminasse no momento da escolha, mesmo os atleticanos que possuem mágoas contra ele, então, isto para mim é depositar nele a responsabilidade incondicional.
    Um jogo, três gols, 1 x 2, isso para mim foi o resumo da derrota da seleção, se eu achasse que times tem que ganhar todas e sempre, eu não seria torcedor do galo. Torço incondicionalmente.
    Quanto ao Galo, realmente tirando os vacilões da defesa, precisamos de um melhor sistema de apoio aos zagueiros, isto sendo: melhor qualidade dos laterais, um primeiro volante marcador (josé Welison), um segundo volante marcador e que possui saída de bola (Blanco), como não temos, poderia ser dois volantes, ou um volante e o Luan.
    O ataque não precisa de comentário é só treino.
    Aguardo ansiosamente por um zagueiro para chegar e ser titular, e também ao retorno do Galo aos campos no brasileirão.

  6. Se a seleção que disputou a copa, usou nossa camiseta, nosso escudo, nosso hino, não é a Brasileira, não sei realmente quem nos representava. Falar que a CBF é um primor de ética e respeito também não é correto, eu não coloquei isso aqui, visto que seria o mesmo que dizer que nosso Brasil também goza desse predicado e nisso incluo também as administrações do clube que torcemos. Aqui mesmo levantamos várias lebres, situações mau explicadas, mais nem por isso deixamos de torcer, inclusive de participar e opinar nesse blog, tudo em prol, imagino eu, de um ideal comum. Esse rancor travestido de mau vontade é o que nos leva a estar na fila por todos esses anos. Pensem nisso…buscar desculpas para encobrir nossos problemas não nos levarão a nada.

  7. Amigos,
    Entra dia, passa dia… E o assunto defesa ou sistema defensivo não sai de pauta da torcida.
    Também pudera.
    Mas o que não consigo aceitar em hipótese alguma é como isso não entra na pauta da Diretoria?
    Como é possível acharem que está tudo bem? Que bastam alguns ajustes?
    No defasa é uma merda! Desculpem o palavrão! E o sistema defensivo também é horrível!
    Mas vejam bem nossa situação, ao invés de melhorar o que já estava muito ruim, a tendência é piorar ainda mais.
    Blanco, nosso melhor ladrão de bolas, que ajuda e muito o sistema defensivo, está fora de combate. E quem é que está sendo preparado pro lugar dele? Elias, que não rouba bola, não corre e não marca ninguém.
    Vocês viram o que aconteceu com a Selecinha quando saiu Casemiro e entrou Fernandinho! O time desandou. O sistema defensivo que estava bem, foi pro beleleu. Isso é pra provar mais uma vez que não adianta tentar ter um bom sistema, as peças mudam tudo. E mudam pra pior.
    O que será que vai acontecer com o Galo, que perde seu melhor combatente no meio campo pra entrar um jogador sem sangue? Não é possível que alguém ainda se iluda achando que a defesa vai melhorar com isso…
    Mas pior de tudo é ver o resultado da enquete com a torcida votando em peso que Elias deveria ser o substituto do Blanco. Quanta incoerência. Todo mundo reclamando que nosso principalmente problema é defensivo e na hora de escalar, preferem o jogador que menos vai ajudar na marcação.

    Mas como tudo na vida pode ficar pior, Bremer, nosso melhor zagueiro atualmente, e que não é lá grandes coisas, foi embora. Será que a defesa vai melhorar?

    Não é possível! Essa Diretoria só pode estar de sacanagem! Quer me ferrar? Me beija!

    A gente precisa melhorar o sistema defensivo, com ajustes e reforços, pra chegarem e resolver, mas está acontecendo o contrário. Os bons se machucando ou indo embora.

    Impressionante! Santa burrice!

    1. Assino, meu caro RobertoC!
      Impressionante tanta sandice! Só não posso crer que a Massa esteja apoiando o retorno desse inoperante Elias. Essa pesquisa desse canal deve ser tipo Ibope ou Datafolha, ou seja, pura manipulação de resultados. Não é possível! Eu não acredito! Eu não acredito! Eu não acredito!

  8. Eu já disse (ou melhor, digitei) várias vezes nesse espaço que o nosso Galão tem de jogar com três zagueiros e/ou três volantes. Se fôssemos humildes (inteligentes, fica melhor) o suficiente, estaríamos em situação melhor. Reconhecer as nossas fraquezas e limitações pode nos tornar mais fortes. Lembrando aquele técnico de basquete: “Ataques ganham jogos, defesas ganham campeonatos”. Abraços!

  9. E com a venda do Bremer vamos ter que aguentar o Vovô Leo Silva e o anjo dos atacantes Gabriel???
    Será que o Maidana e o Juninho não tem futebol para assumir essa zaga???
    O Zagueiro Diego Polenta capitão do Nacional do Uruguai tem 26 anos tá sem contrato e pode vir de graça é uma ótima opção.
    Uma coisa é certa precisamos reforçar nossa defesa, a diretoria tem que pensar grande, pensar em conquistar o Brasileiro, chega de só ficar buscando vaga na Libertadores, queremos e podemos buscar o bi Brasileiro e acaber com esse jejum de 47 anos, acorda diretoria!!

  10. Oi Eduardo e Amigos, bom dia!
    Caro Paulo Silva,
    Você falou tudo. Fiquei impressionado como as seleções vem priorizando o sistema defensivo nesta Copa.
    Jogam com 3 zagueiros, às vezes com duas linhas de 4 e por aí vai. A maioria com zagueiros altos e fortes. Até com o recuo dos atacantes para ajudar na marcação.
    Ao ver esses “ferrolhos, faço uma confissão: lembrava do nosso técnico Thiago Larghi e torcia para que ele também estivesse vendo esses jogos e que tirasse algumas conclusões, com o objetivo de colocar em prática também esse sistema de jogo em nosso time.
    Quanta inveja senti ao comparar esses sistemas defensivos com o nosso sistema atual.
    Conclusão: com os bagaços que temos, se não tiver uma mudança de atitudes, nem vaga na Liberta conseguiremos.
    Saudações Alvinegras,

  11. Mais um prata da casa que se vai.
    Brenner estava indouoto bem.
    Agora com o dinheiro desta venda, a diretoria poderia tentar um pacotão com o Palmeiras com Roger Guedes e Juninho em definitivo.

  12. Minha opinião é favorável à venda do Bremer. Entendo que nossa Base, … Afff!… eu já ia dizer tão combatida, jamais vencida… kkkkk … Existe uma grande merda na cidade…
    Retornando ao assunto Bremer, entendo que nossa Base uma vez mais cumpre seu papel: modelar, revelar, subir, fazer caixa… Foi assim com Bernard e Jemerson. Gabriel nos frustrou. Temos agora esta realidade que responde pelo nome Bremer. Vinte e sete milhões de reais, quase trinta. Há poucos dias fizemos mais de vinte pelo empréstimo de Otero. O Clube precisa de dinheiro, a diretoria está fazendo este dinheiro aparecer. Se isto não merece a concordância e o aplauso, eu não sei o que possa merecer… Ah! Já sei: se endividar com empréstimos astronômicos para jogar pra torcida e traçar caminho certeiro rumo à série B…
    Não tenho dúvida que uma ou duas reposições serão feitas, agora que perderemos banco, Juninho forçosamente alçado à condição de titular. Enquanto isso Thiago Larghi precisa deixar de ser teimoso, dar o braço a torcer, exigir reforços para a defesa e trazer de volta o bom zagueiro Mateus Mancini.
    Saudações

  13. Muito preocupado com nosso sistema defensivo. Bremer, nosso melhor zagueiro foi embora. Não chegou o Sherifão. Além disso, tudo indica que vamos ter que assistir o inoperante Elias de volante, além de Patric, na LD, Fábio Santos (finge que marca e não sabe cruzar), na LE e o péssimo Gabriel. Nessa parada, parece que só fortalecemos nosso ataque. Acho que TL, aposta em placares elásticos, tipo 5×3, 10×9…

  14. Bom dia!
    Feliz com a frustração da globolixo! Feliz com a arrogância sendo castigada! O Tite foi sem dúvida o grande responsável por colocar essa seleção em destaque mundial novamente, mas foi arrogante. Achou que era o dono da verdade. Sacou arbitrariamente o Marquinhos do time, sem que esse tivesse cometido nenhuma falha na jornada das eliminatórias. Na hora do filé, o arrogante sacou o cara pra colocar o queridinho Thiago Silva. Além disso, voltou com os malditos dos 7×1, incluindo o Fernandinho e Paulinho.
    Sou mais Galo que selecinha da corrupção!!

  15. realmente depois do vexame dos time de chorões, o show da gazela saltitante, A PUXAÇÃO DE SACO DE UM TIME QUE SO AMARELA, veem agora o fanatismo cego achar que Roger guedes é o novo deus do futebol somente pq joga no galo.. Ou o pessoal cai na realidade ou então sera mais 500 anos sem ganhar brasileiro. Esta na hora de para de acreditar em tudo e achar que qualquer um é o novo Pelé. Escutar que roger guedes deveria esta na copa realmente desanima qualquer um. O cara a dois meses atras era o pior do time , fez 3 gols e meia duzia de bob0 alegre ja acha o cara o deus do futebol.. è por isso que essa merda nao anda,, cheio de gente cega e tapada. esse Roger guedes é uma verdadeira mentira que empurraram e tem gente que se iludi… tipico de Brasileiro bobo.

    1. Quanto ódio ao Rogér Guedes. Sei não viu camarada. Acho que estás na página errada.
      Comentário mais parecido com as purpurinadas.
      Aqui é só Galo po&&@.

    2. “E se o Roger Guedes estivesse lá? Faria diferença? Eu não acredito. Ele seria apenas mais uma vítima desses sistemas defensivos que não têm pejo em castrar a essência do futebol.”

      Para comentar o texto é preciso ler mais que o título. Ou será que você é capaz de enxergar algum elogio ou endeusamento ao Roger Guedes somente pela leitura do título? Ademais, apressadinho, o Roger Guedes nem é jogador do Atlético e está aqui só de passagem.

  16. Primeiro que não é a seleção da CBF, é a seleção brasileira. Em que pese toda esculhambação que é essa entidade, aquele time representava o povo brasileiro, milhares de crianças que sofreram e choraram a derrota, portanto entende não ser correto achar que aquilo tenha sido bom. Segundo que o problema do Galo não está no miolo da zaga, mais sim a frente dela, Adilson joga sozinha, cansa no segundo tempo e na ânsia de fazermos o gol, acabamos tomando no contra ataque. Não é fácil se fechar atrás e ao mesmo tempo propor o jogo, pois é preciso muito pulmão, para ir e voltar 50 metros constantemente e jogar por uma bola nossa torcida não deixa, empurra para cima o jogo todo. Lógico que boas peças na defesa seriam bem vindas, mais não vejo em outros times algo tão destoante assim. Precisamos sim treinar triangulações e jogadas ensaiadas, com isso podemos abrir o placar primeiro e jogar também com mais espaço no contra ataque, só que nesse momento o meio precisa ter pulmão para marcar forte e conseguir chegar na área adversária. Acho que nosso treinador já viu isso e vem treinando a parte defensiva, nosso maior problema hoje.

    1. Perfeito. A Bélgica citada no texto, contra o “poderoso” Japão ao propor o jogo levou 2 gols. Então, propor jogo e não levar gols é algo muito raro no futebol atual. Outra, se o Galo levar 50 gols num jogo e fizer 51 eu to me lixando. São 3 pontos do mesmo jeito se ganhar de 51 a 0.

    2. Caro GALOPARÁ. Se para você e alguns outros que têm o mesmo tipo de entendimento esse time da CBF é a seleção brasileira, lamento pela sua decepção com o seu desempenho e derrota. Mas dizer que esse time representa o povo brasileiro já é pretensão demais. Ou você não sabe o que é representatividade ou está querendo enganar alguém. Quanto ao Galo, que é o único time que me interessa, seus problemas não se resumem à frente da zaga. São problemas mais profundos se considerarmos o futebol moderno. E tudo o que eu disse no texto é relativo a isso. Sistema defensivo. Uso de todos os jogadores na função de marcação e defesa como se tem visto no torneio de verão russo. Mas, para isso é necessário ter bons zagueiros e bons laterais. Ou será que você pensa como o TL e a diretoria que acham que o Galo é uma usina de zagueiros?

  17. Excelente texto…..mas de um profunda incoerencia com suas opiniões anteriores, senão..vejamos:
    Tive que pesquisar pra conferir, mas olha o que encontrei:
    Comentário do Paulo Silva em 03.07.as 7:15 hs: “…Eu que detesto esse torneio de verão russo, só chego à frente da TV para ver um ou outro lance reprisado e é claro, os gols…”
    Cometário do Paulo Silva em 01.07 as 7:22 hs:”…Ainda bem que o torneio de verão russo está chegando ao fim…”
    Então pergunto: Assistiu ou não a Copa????

    1. Só tem o privilégio de ser incoerente aquele que tem rosto. Nome e sobrenome, sem nunca esconder em pseudônimos.
      Sigo o relator, Paulo Silva. Afinal ele tem cara e não é fake. Tem coragem e bravura.

      1. Meu Caro, sem querer entrar em polemica, mas não entendo isso que vc fala.Por exemplo..JBHGALO/BROC/JOAQUIM PORTUGAL/JTF/EDUGALODOIDO/GALOPARA somente pra ficar em alguns exemplos, são NOMES E SOBRENOMES? Não são PSEUDÔMINOS?
        Não é a primeira vez que vc me responde assim. Inclusive ja expliquei uma vez: Mas meu NICKNAME é em relação ao carro que possuo, Significado de Nickname – Por Dicionário inFormal (SP) em 03-01-2007 Apelido. Usado para identificação de usuários na internet, em programas de bate-bapo ou mensagem instantânea). E mais, o meu e-mail vai junto com toda mensagem. Desculpe, mas lamentavel essa sua postura, e “de graça”. 🙁 🙁

    2. Caro Bravo. Estou imensamente feliz ao constatar que você gosta tanto dos meus textos que se ocupa em colecioná-los e estudá-los. Isso é realmente interessante. Aproveito para concitá-lo a ler e entender o que lê para evitar fazer essas críticas sem fundamento, objeto exclusivo da falta de capacidade de entender e analisar o contexto da sua admiração. Saudações atleticanas.

      1. Caro Paulo, de fato acho sim interessante suas falas. Alias, em nenhum momento disse o contrario. Usando suas palavras para me responder “Aproveito para concitá-lo a ler e entender o que lê para evitar fazer essas críticas sem fundamento “….apenas observei que dias atras vc disse que não queria e não acompanhava a copa…e hoje deu uma verdadeira aula (no sentido literal) sobre a mesma. Como disse outro dia o Eduardo (blogueiro) – que alias as vezes esquece – temos que ser pacientes e camaradas, afinal estamos em um blog que pressupõe debates (sem ofensas, sem agressões).
        Enfim…fica ai minha opinião, que, longe de qq intenção, era apenas conversar..debater..
        Ja disse e repito, não torço para nenhum clube…mas gosto do futebol, estudo futebol…e de quebra, gosto de letras (bem escritas). Ah…gosto tb de pessoas educadas e não agressivas! Abraços.

        1. Agressivo e grosseiro é quem se esconde atrás de pseudônimos. Tolerante tenho sido e até mais que deveria. Já fui obrigado a ser maia duro, será que terei de ir ao absurdo de solicitar cadastro com CPF, RG etc…
          A exemplo do que disse o Paulo, leia e releia. No caso os seus posts, muitos deles agressivos. Já até jurou outra atitude, mas segue o mesmo ritual.

          1. Bom, considerando que definitivamente, não aceitam o meu nickname, a partir de hoje entrarei com meu nome, se é assim que poderei continuar a emitir opiniões, propor debates, etc.
            Então caro Eduardo de Ávila, Qdo tiver assinado Antônio Carlos Mata, poderei ser “ouvido”. Se quiser, para onde envio meu cpf e RG e telefone, para posterior confirmação?
            (Desculpe, mas o site as vezes apresenta incosistencia e não gostaria de informar por aqui.) Abraços

          2. Mostrou o nome, que bom. Nós que assinamos, tanto o blog quanto os amiGalos que colaboram com o espaço, sempre deixamos nossas imagens reais expostas. Seja bem vindo com nome e sobrenome. Por enquanto sem necessidade de outros dados.

      1. Neymar é um excelente ponta esquerdo, mimado, que não tem ninguém pra cortar suas asas!

        Guedes não ganhou nada, acho que estão já o colocando acima do que é sem ter sido

  18. Bom dia Paulo Silva, Eduardo e amig@s do Galo!

    Excelente texto, Paulo! O futebol está em constante evolução, e querendo ou não, a Copa do Mundo dita tendências no mundo da bola, e nos oferece bons modelos do tal “futebol moderno”. Olha só que interessante: o famoso tiki taka espanhol, que por muitos anos foi o suprassumo, não está se criando mais. Tanto é que a poderosa Espanha foi eliminada pela Rússia justamente por ficar o jogo inteiro dando aqueles toquinhos em volta da área adversária, sem nenhuma objetividade, esperando uma brecha que não veio.

    E isso a gente já tinha reparado com o nosso Galo. Quantas vezes nós empatamos ou perdemos para adversários inferiores por justamente não conseguirmos furar a defesa contrária? E quantas vezes nós reclamamos desse toque de bola sem objetividade? Por diversas vezes o Galo tocou a bola, rondou a área adversária o jogo todo, terminou com muito mais posse de bola que o oponente, mas não conseguiu o que realmente interessa: a vitória.

    Hoje em dia, uma estratégia vitoriosa passa por um sistema defensivo sólido, com a participação de TODOS os setores, não apenas da defesa. Sem bons defensores estamos ferrados, mas se os jogadores de ataque e meio campo não participarem da marcação, pode contratar a melhor zaga do mundo que ainda vamos passar sufoco.

    E no ataque, ter a posse de bola já não é mais suficiente. Quando o time tem a bola, é preciso velocidade e muita movimentação para confundir a defesa adversária. E pra executar todas essas funções, o condicionamento físico dos atletas deve estar em dia. Thiago Larghi, sendo o estudioso que é, deve ter percebido isso também; se ele quer que o Atlético leve vantagem sobre os demais, precisa ajustar o seu modelo de jogo nos moldes do futebol mundial.

    Mudando um pouco de assunto: ao que tudo indica, Bremer vai mesmo embora pra Itália. Vantajoso ou não, o negócio obriga a diretoria a buscar uma reposição do mesmo nível. Caso contrário, que Maidana e Juninho sejam aproveitados, pois Gabriel, o anjo dos atacantes, está difícil de engolir. E, se possível, que tragam também uma sombra pro Fábio Santos e outra pro Victor, os dois estão muito acomodados.

    Saudações Atleticanas!

  19. Prezados Eduardo, Paulo Silva e Atleticanos, embora não tenha dado importância à copa, o resultado somente reforça o que já venho dizendo há tempos: o futebol brasileiro está em franca decadência, não existe o craque que faça a diferença. Hoje temos é uns bons jogadores (no máximo quatro) e o Neymar, que a imprensa brasileira insiste em colocá-lo como craque, mas para mim não passa de um bom jogador e mais nada. Seus resultados na seleção são modestos.
    O problema a falência do futebol brasileiro muito se explica com o que acontece com o Atlético. Vejam os pontos coincidentes:
    a) divisões de base ficaram no ostracismo e revelou pouquíssimos jogadores para ingressar nas fileiras de titularidade de grandes equipes;
    b) diretoria sem visão de futuro e míope quanto às necessidades de reforços no time;
    c) administração temerária do departamento de futebol;
    d) pouca importância ao sistema defensivo e etc.
    Especificamente sobre o Atlético, as últimas notícias elevaram ao nível máximo de alerta: contusão do Gustavo Blanco, possível e quase certa saída do Roger Guedes e a venda do Bremmer. Enquanto isso a defesa, que é o terror da torcida do Galo, segue sua trajetória de enfraquecimento contínuo. Ao que parece os atuais mandatários acham a defesa do Galo um esplendor. Será está a visão da atual diretoria? será que acham que os defensores atuais do elenco são suficientemente capazes de mudar o rumo de peneira sem fundo que passou a ser o rótulo da defesa nos últimos anos? Não quero nem pensar nos resultados das próximas partidas do Atlético no retorno do campeonato, pois os últimos acontecimentos não estão nada favoráveis. Saudações Atleticanas

  20. Hoje qualquer equipe mediana aprendeu como estacionar um ônibus na entrada da área, e jogar no contraataque por uma bola. As equipes brasileiras são combatidas assim na Libertadores, com sucesso, e mesmo no Mundial. O Galo tem vocação ofensiva histórica, e sempre é respeitado quando joga; os demais times tomam precauções defensivas até exageradas. TL tem que treinar opções alternativas de formações de ataque, e se precaver contra esses esquemas de ferrolho.

    Não sei se o RG resolveria nessa copa. Acho que faria melhor que o Gabriel Jesus, sem dúvida. Rápido, forte, raçudo e em boa fase, deveria se destacar. Ele só tem a crescer ficando no Galo, e após maior valorização irá jogar em um time de destaque europeu.

    Acho que o treinador está sendo propositalmente modesto quanto à perseguição de vaga na Libertadores. Se falasse só em título, a cada empate ou derrota teria de aguentar cobranças maiores. Não é possível que um time em segundo lugar, e só disputando essa competição não venha a sonhar com título!

  21. Bom dia a tod@s. Eu vejo o treinador entendedor do futebol “moderno”, analisa bem tanto o seu time, quanto o adversário. Inclusive mudando esquemas e improvisando durante as partidas. Ontem ouvi uma entrevista dele. Falou inclusive sobre essa tendência de linhas defensivas de 5, que jogaram assim contra o Galo (FluminenC e Ceará). O que falta é material humano pra não ter que contar com os leões de treinos de sempre, mas que na hora do jogo sempre com as mesmas falhas. Precisamos de titulares incontestes, ou as pixotadas iguais às dos dois primeiros gols sofridos no jogo treino, serão continuadas no decorrer do campeonato. Cazares andando em campo não contribui pra nenhuma defesa, ainda mais com passes desplicentes. Desmotivava qualquer um a voltar. Diferentemente do pastor e do Galopsita, que já vi dando carrinho defensivo.

  22. Bom dia massa PS e Guru. PS seleção brasileira é passado. Mas como aqui é só galo vou quero deixar minha preocupação com Elias que parece vai herdar a vaga de Blanco. Li que ele aceitou as críticas e que será um novo jogador. Não acredito. Se ele não colocar na cabeça que deve ser o segundo volante, novamente ficaremos com a defesa exposta. Com o ataque que temos, e está funcionando, o que menos precisamos agora é de jogadores afoitos que vão para o ataque sem se preocupar com a recomposição, e ele sempre fez isto. Outra também que está na berlinda é Gabriel. Ou se explica agora ou sai, chega de chances desperdiçadas.

    1. Verdade todo mundo correndo e marcando, e o Thiago Larghi com a difícil missão de fazer Elias e Cazares correrem e marcarem, acho que vai da ruim!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*