Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Dever de casa bem feito

Foi uma boa partida do Galo, se tivesse atuado assim frente aos times que nos tiraram pontos – que ainda cobro, como Coritiba, Goiás e América – estaríamos disparados na liderança. Estamos vivendo uma sequência impiedosa de jogos, em três competições, sem poder nos dar ao luxo de poupar jogador como o treinador fez, até de maneira exagerada e abusiva.

Quando a luz de alerta acendeu e disparou o alarme em bom e alto som, sinalizou que acabou a brincadeira. Como ainda estou com aqueles que enxerga o elenco muito bem qualificado – que figurativamente sugere dizer ter duas dezenas de titulares – desde que feita a opção dos onze principais, as alterações poderiam ser duas ou três por partida. Mohamed extrapolou e trocava cinco ou seis, daí deu no que deu com essas derrapadas que atiraram sete pontos no ralo.

Apesar dessa minha queixa, observando a tabela do ano passado e a atual, em 2021 tínhamos 10 pontos e ocupávamos a oitava posição, depois de sete jogos. Ocupamos até o final da rodada neste domingo, a segunda colocação com 12 pontos, situação que irá se alterar para baixo pois Santos (3º), Avaí (4º) e América (5º) – os dois primeiros com dez e o time mineiro com nove pontos – têm dois jogos a menos que o Galo. Já o sexto colocado, Palmeiras com os mesmos nove do kuei – tem uma partida a menos.

Estes e outros, evidentemente, irão pontuar, ultrapassando e embolando a disputa pelas primeiras colocações. No próximo final de semana, pela sétima rodada, não atuamos. Foi a partida antecipada com o Bragantino que terminou empatada. Resultado absolutamente normal, não fosse aquela lambança – a meu juízo mal intencionada – da arbitragem da cbf. Mas isso não será assunto pra hoje, talvez amanhã, até porque engrossaria o tema com a maracutaia que voltou a morar na casa da Avenida Luís Carlos Prestes na Barra da Tijuca do Rio de Janeiro.

Quando ao jogo de ontem, que me aliviou e me fez voltar pra casa esperançoso com o início de uma reação no BR, diria que o Galo apresentou muito mais repertório que em jogos recentes. Até jogada ensaiada foi apresentada ao torcedor, inclusive em escanteios. Essas cobranças que vinham sendo desperdiçadas, ontem encantaram quem foi no Horto e por pouco não saíram gols. Além disso, os jogadores demonstravam muito mais apetite pela bola e – consequentemente – pelo jogo.

É bem verdade que em parte do segundo tempo, o time parecia repetir aquele apagão de compromissos recentes. O Torcedor, aflito com o placar em um gol apenas, fez os jogadores acordarem em campo. Foi ao barulho ensurdecedor da Massa, que o time reagiu e passou a incomodar o adversário. Minutos depois saiu o segundo gol. Mérito nosso, porém, vale observar que foi uma daquelas saídas suicidas de bola no sistema defensivo. Nosso time tem abusado, ontem até que nem tanto, dessa prática. Foi assim que Allan fez a penalidade frente ao América. Haja coração.

Convém registrar que no nosso segundo gol, o VAR demorou a traçar a linha que era tão evidente a olho nu e confirmar a legitimidade da jogada. Parecia tentar encontrar algo que sugerisse invalidar, tal qual fizeram nas partidas com o Goiás e Bragantino. Essa gente!

Desta vez o treinador não utilizou o Savinho faltando menos de cinco minutos, mas colocou em campo Sasha (que matou um bom ataque fazendo falta e, fominha, não rolou uma bola para o Ademir e chutando nas nuvens), Otávio (que vacilou também nas duas primeiras ações na partida) e Calebe que nem tiveram tempo de suar a camisa. Como ele não faz alteração no intervalo, voltou com Keno em condições debilitadas – apesar de ter aquecido o Ademir no intervalo – para que o nosso atacante agravasse a contusão do final do primeiro tempo. Haja teimosia!

No mais, voltamos pra casa aliviados e cientes de que o time fez o dever de casa. Penso eu que temos elenco para ser intensos o tempo todo e não permitir aquela instabilidade que vem ocorrendo. Ontem, repito, foi a Torcida que acordou os jogadores em campo. E não ia perder a oportunidade de alfineta o número 11 do xará de Goiás, parece que atende por Léo Pereira, igual menino criado com a avó. Reclama, faz drama e apela. Joga bola rapaz!

*fotos: Pedro Souza/Atlético

24 thoughts to “Dever de casa bem feito”

  1. Espero que o Turco consiga organizar melhor o time. A meu ver um dos principais pontos é o Turco entender o melhor posicionamento para o Zaracho. Este jogador precisa ter liberdade para jogar, não pode jogar fixo no ataque como o Turco tem feito. Por suas características, acho que rende melhor voltando para ajudar os volantes a recuperar a bola e depois partindo em velocidade para o ataque, procurando um local livre para receber a bola. Zaracho possui muita garra para ajudar a fechar o meio de campo, possui também bom passe e muito fôlego para ajudar no ataque. Zaracho não é um ponta tradicional, não possui velocidade com a bola nos pés como Savarino ou Ademir nem muita facilidade para driblar como o Keno. Mas se bem posionado pode ajudar muito o time. O que não tem acontecido nas últimas partidas, pois o Turco tem escalado Zaracho muito adiantado. O time precisa de mais humildade e garra, 1 a 0 vale os 3 pontos da mesma forma.

  2. Boa noite amigos, este ano ainda não tinha visto a massa fazer a diferença como no jogo de ontem, vejo que assim como nosso time a torcida também relaxou, sempre fomos conhecidos como a torcida que carrega o time que faz a diferença mas porém este ano estávamos meio torcida modinha, moro no interior e como gostaria de poder comparecer em jogos do nosso Galão, espero que aqueles que tem este privilégio o façam para ajudar pois se for a campo para atrapalhar fique em casa não vai fazer falta, se for vá para carregar o time com seu grito assim como sempre fizemos nos anos de vacas magras lembram? Segundo na 2006, é aquele mineiro de 2007 então o incentivo do torcedor na arquibancada foi fundamental para meter 4×0 em um rival muito superior e assim sacramentar o título com direito a gol de costas claro kkkkk. Que saibamos ter umildade para olhar pra traz e assim valorizar o time que temos agora. Abraços alvi negros.

  3. Ontem, o nosso CAM fez o dever de casa como deveria ter feito contra o Coxa e Coelho mas como o TURCO vacilou feio nas suas decisões e isso impactou diretamente nos resultados, perdemos pontos e a liderança… vida que segue e que o Treinador Atleticano mostre mais do seu repertório técnico pois o que vimos até agora é pouco pra esse timaço que temos!!!!!

    OBS.: o jogador GODIN, passando férias remuneradas no nosso CT, ao que parece, serve muito bem pra seleção uruguaia mas pro nosso GALO, não joga uma, aliás, quando jogou, não mostrou nada… com a palavra o nosso Diretor de Futebol que o contratou!!!!!

  4. Bom dia, Eduardo e amiGALOs!
    Ótima vitória ontem! Vamos chegar à liderança em breve, apesar dos pontos certos que deixamos para trás (contra o Goiás, fui ao estádio da Serrinha e fiquei p…!
    Ainda sobre o lance do pênalti contra o Bragantino, ontem no gol contra pro Galo vi participação idêntica do adversário ao mandar a bola pro gol, “sem querer”, óbvio.
    Então, indago: pelo critério “subjetivo” do VAR empregado contra o Galo em Bragança Paulista, o gol de ontem não deveria ser invalidado, por ter sido também “sem querer”, apenas “um reflexo” não intencional?
    E se ocorresse na área do Galo aquele tipo de desvio “de mero reflexo” de um jogador do Bragantino, resultando em gol, o lance seria anulado?
    O critério fajuto da CBFla só serve pra lance na defesa, e contra o Galo?
    Além do que, vê-se que o zagueiro do Bragantino esticou claramente a perna e tocou na bola que chegou ao Arana. Obviamente que foi para interferir, participando do lance.
    Enfim, cambada de filadap…. da CBF!

  5. Boa tarde, meu Guru!
    Até que enfim o nosso treineiro começou a repetir a escalação; se continuar assim, em pouco tempo teremos um time para disputar todos os torneios a que temos direito. Coitado de nós, o Keno não aguenta mais, temos que colocar outro jogador para pegar ritmo. No caso do domínio de bola feito pelo Guga, a reação dos adversários é a de quem não sabe que o futebol é espetacular para quem sabe e para quem admira as qualidades dos atletas. Daqui a pouco, não vão aceita o “lençol”, “bola entre as pernas” e outras alegrias que os jogadores nos brindam em campo. Como se diz: “quem não sabe, bate palmas”; não é caso de humilhação é espetáculo do futebol. Vamos GALÃO temos plantel para encantar a MASSA.; basta o treineiro repetir o time, para que os atletas se entendam dentro das quatros linhas.

  6. Bom dia, boa tarde!! Time apresentou ótima intensidade exceto entre os 10′ e 30′ segundo tempo, Guga fez seu melhor jogo no CAM, Natan não comprometeu mas deu aquelas costumeiras pixotadas, entre as quais, faltas totalmente desnecessárias em região de perigo, Keno muito abaixo do que precisamos para ser parceiro do mito Hulk, Alonso espetacular, Arana começou mal e depois cresceu, Nacho demonstrando crescimento apesar da enorme lentidão e fraqueza nos arremates, Mohamed corrigiu sua maior falha, deixar o Nacho se arrastando em campo e sacar o excelente Zaracho, enfim, gostei muito da reação do time e da entrevista e motivação do Hulk pós jogo. Ahhhh, que cagada foi estar a doação do Savarino por uma ninharia que não paga sequer uma folha salarial hein? É Rodrigo Caetano,….

  7. Bom dia,

    A equipe jogou muito afim da vitória e ela veio.
    Destaque positivo para Guga, Alonso, Nacho e Rubens.
    Negativo para Keno, Hulk e Sasha.
    O Hulk merece um destaque.
    Aos 45 minutos de jogo eu disse para minha esposa, hoje tem gol do Hulk, é assim desde sempre, quanto pior ele estiver no jogo, sempre faz um para limpar sua barra.
    Sejamos sinceros, o Hulk está muito mal, errando passes, discutindo com o juiz (não fez ontem), errando domínio e agora também as cabeçadas, mas no pé esquerdo não tem para ninguém, é rede.
    Sasha repetiu em pouco tempo a má atuação que vinha desde o jogo passado.
    Rubens também merece uma menção, como tem entrado bem, com apoio do Turco ele está se tornando um excelente reserva para o lado esquerdo e para o Nacho.
    Nacho está carregando o time nessa fase de instabilidade.
    Fazendo uns cálculos e projeções, acredito que entre a 14ª e 16ª rodada o Atlético pegará a liderança e daí não irá largar mais.
    Lembrando que esse ano tem equipes que estão incomodando muito no início como não tinha em 2021, Corinthians foi 6 pontos, Fluminense idem e Santos foi 3 pontos, temos que garantir em casa a vitória porque fora será difícil.
    A contusão do Keno ontem foi vergonhosa, acredito que a culpa foi conjunta, jogador e treinador, poderia ser evitada.
    Continuo não gostando do posicionamento do ataque, sinto o Zaracho e o Ademir sem lugar, meio perdidos, o Ademir é velocista e joga nas costa do lateral, só estamos vendo ele pelo meio.
    Boa semana, espero que nossos jogadores descansem bem para o próximo jogo.
    Bom domingo a todos!

  8. Bom dia, Eduardo e Canto do Galo!!!

    Prêmio MotoRádio:

    Rádio (Hulk); Moto (Nacho).

    Nacho tem sido muito efetivo em campo. Na temporada já são 7 gols e 6 assistências do argentino. Sem posição fixa, muita flutuação e com liberdade para jogar, tem participado ativamente para armar, criar, atacar e até defender.

    No gol de Hulk, aliás, Nacho respondeu no lance com um chute a gol rebatida pelo goleiro seguido de assistência devolvida do argentino para Hulk que marcou.

    Já Hulk continua muito decisivo e no BR22 soma 4 gols feitos, sendo o vice-artilheiro da competição. Na temporada foram 16 gols em 18 jogos. Desde que chegou marcou 52 gols em 86 jogos, numa ótima média de 1,2 gols a cada dois jogos.

    Portanto, a dupla Nacho e Hulk tem sido fundamental e decisiva no Atlético.

    Sobre a partida, Hulk, em entrevista no pós-jogo, disse que o time, que vinha de quatro partidas sem vencer, estava “com um parafuso solto” que agora foi apertado.

    A conferir…

  9. Vitória modesta que acalma a torcida. Agora vem logo Pavon!! o elenco, tá começando a ficar sem opções no ataque. Isso é muito preocupante.

  10. Olá amigos da bola!

    De acordo com Jair!
    Para quê???…..

    Mudar o que está dando certo???? Né seu Mohamed?

    Ou seja, o treineiro meia boca, quando quis implantar o seu conceito/filosofia/esquema, destruiu nosso timaço!

    Inverteu posições de jogadores, mudou esquema, etc.

    Com isso, mata o futebol de alguns dos nossos principais atletas, como do próprio Jair, do Zaracho, dentre outros.

    Com esse treineiro, para dar certo, os atletas precisam definir como jogar!

    Só falta retornar o esquema 4/3/3.

    No 4/3/3, o Galo é muito mais agressivo, mais fatal, imponente, competente!….

    Acorda Mohamed!

  11. Bom dia amigos, tenho viajado de férias pelo México e estou tentando acompanhar o Galo como posso. Ontem conheci um mexicano que veio conversar de futebol comigo, ele é torcedor do Cruz Azul-Mex e disse conhecer o Galo e elogiou nosso atual time e jogadores. Como é bom ver que estamos cada vez mais nos firmando no cenário internacional. Quanto ao jogo, gostaria apenas de falar da torcida. Como foi bom escutar aquele grito de ‘Galo’ que embalou o segundo gol. Vi nos melhores momentos, pois o jogo não consegui ver. Depois dos títulos, vários modinhas se infiltraram em nossa torcida e não podemos acomodar. Vai pro estádio? Bora cantar! Aqui é a massa mais fanática do Brasil, que empurra no grito!

  12. Uuufffa !!!
    p.s.
    O.que se tornou o futebol politicamente correto :
    um jogador usa de efeitos especiais para “matar” uma bola e quase é morto pelos adversários que se sentem ofendidos .

    Palhaçada é pouco para definir essas m@@@s que levaram para o palco de jogo .

    Se não me engano , e se tiver enganado retrato-me , o tal Fred Paiva foi um que se indignou com as torcidas que zoavam com os goleiros nos tiros de meta .
    Aquela brincadeira sem nenhuma ofensa pessoal , para gente como ele era um crime inafiançável .

    Coitado do Raul , que ao entrar em campo era saudado aos gritos de Wanderléa : a vida dele deve ter sido um tormento , não é mesmo ?

    Segue o jogo , porque a paciência é finda .

    1. Bom dia Eduardo. Bom dia Barata. Bom dia a todos. Assino embaixo em relação a matada de bola do Guga e principalmente quanto a ” reação dos adversários “. Ridiculo!

    2. Bom dia,

      É isso aí, estamos vivendo um tempo de intolerância plantada pelos modinhas.
      Não podem tirar a essência do futebol, arte, descontração e lazer.

  13. Bom dia amigos do Galo. Valeu pelos 3 pontos, mas continuo preocupado com o futebol apresentado pelo NOSSO GALO. O time melhorou um pouco, mas está longe de ser o Galo com saída de bola diferenciada, toques rápidos e precisos na transição para o ataque . Virou rotina o Éverson dar um chutão para frente, por falta de opção de jogo. Não sei porque o técnico insiste em posicionar o Zaracho jogando em uma posição em que ele não produz o que pode. Outra questão que intriga são as substituições, não consigo entender, são intempestivas e quase sempre improdutivas.
    Repito, temos o melhor elenco do Brasil e receio que o Muhamed já esteja no limite da sua capacidade técnica.

  14. Só não concordo com o “AJA TEIMOSIA”. No vestiário tem toda a sorte de profissionais à disposição.
    Me parece que o menos indicado para dar opinião nessas horas, é o técnico. Até a opinião do jogador, conta nessas horas.

    1. Até porque , EVARISTO , dor é subjetiva . Só o jogador poderia dizer se ela o atrapalhava ou não . Se o Keno se dizia apto a voltar , problema quem causou foi ele mesmo .

  15. Bom dia!
    Só assisti o primeiro tempo e gostei mto do que vi. Que o time continue assim, mordendo, indo pra cima, não deixando o adversário respirar.

  16. Bom dia a todos! Nada a reclamar. Ontem o time foi o mais parecido com o do ano passado. Falo isso porque os 11 que entraram ontem, formavam a base do time campeão de 2.021. Então não tem porque ter uma queda tão brusca na firma de jogar. Defesa sólida, com Alonso esbanjando técnica, o Arana com seu vigor, que faz dele o melhor lateral esquerdo do país. Allan soberbo no meio campo e o Jair mais recuado, jogando como segundo volante, dentro de sua melhor característica. Nacho, parecia 3, pois estava em todos os lugares e participando de todas as jogadas. Um Hulk, sendo Hulk, comandando nosso ataque e sem preocupar com juiz. Aí sim! Vai Galô!

  17. Bom dia a todos. Como eu disse ontem. Jogar com garra e foco. Querendo a vitória. Precisa de mais? Porra galo, é assim que a massa gosta.
    Estamos tendo muitas lesões. O que estará acontecendo? Com a palavra os fisiologistas. Esses caras existem mesmo? Kd eles? Só escuto falar e nunca vi um dando entrevista, tá igual cabeça de bacalhau.
    Bora tratar dessa galera e ajustar o time.

    1. Bom dia,

      Não concordo em parte, as lesões estão acontecendo, mais são sempre os mesmos, só está faltando o J@ir.
      Espero não secar com o me comentário.

  18. Prezados Ávila, atleticanas a atleticanos!
    O jogo de ontem foi um refresco para os atleticanos. Nada que nos empolgasse mas, também, nada que nos angustiace. Fizemos apenas o dever de casa. Alguma melhoria em relação aos jogos anteriores? Sim, tivemos mais o controle do jogo, sem afobação. A lamentar a nova contusão do Keno, atacante agudo e que sem dúvida, titular absoluto.
    No mais, sem muita empolgação mas com a certeza de dias melhores, um bom domingo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.