Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Derrota com sabor de vitória

Antes de entrar no assunto de hoje – o jogo entre Galo e América –, um registro: considerando que o blog “Canto do Galo”, compromisso assumido desde 23 de março último, tem sido vitorioso com o leitor, a partir de hoje serão duas postagens diárias. A primeira, como vem sendo a sistemática, logo nas primeiras horas da manhã, e a seguinte, após o meio-dia. A aceitação, aferida tanto pelo contagem de acessos quanto pelos comentários, sugere ao blogueiro maior e mais atenção com o leitor. Assim será!

Quanto ao jogo, ficou barato a derrota por dois a um. O América foi para a decisão, já o time do Galo, com todo respeito, deixou o Atleticano “P” da vida. É até difícil dizer alguma coisa. Enquanto o Coelho atuava como se fosse o jogo da sua vida, os escalados por Aguirre demonstravam estar alheios ao que acontecia em campo. O treinador, inexplicavelmente, deixou de fora quem deveria atuar e escalou quem estava sem jogar havia mais de mês.

galo 020516-A

A reação do Atleticano, presente no estádio e aqueles que não foram e desabafavam pelas redes sociais, era um anúncio de uma tarde complicada. Não deu outra. Perder para o América, em que pese sua centenária história e – vez por outra, como agora – sua tentativa de se consolidar como o segundo time de Minas Gerais, não estava nos planos do mais pessimista Atleticano.

Ao ver o time adversário em campo, com dois ex-jogadores em ação – Borges e Leandro Guerreiro (o segundo tem tipo de vaqueiro) –, presumia-se a vitória como certa. A dúvida resumia-se apenas ao número de gols de diferença. O time Atleticano é infinitamente melhor que o do América. Foi uma tarde lamentável, e a conta, desta vez, é toda – exclusivamente – do treinador.

Tenho evitado entrar nessa celeuma e resistência do Torcedor ao uruguaio, mas ontem ele foi o único responsável pelo desastre. Patric, no máximo, deveria figurar no banco. Além de escalar o lateral reserva no ataque, deixou de fora Pratto e Cazares. Ora, foi de arrepiar. Quando os dois atuaram juntos, o jogo mudou e conseguimos diminuir a diferença.

galo 020516
Foto: Atlético/Bruno Cantini

O meu sentimento e, creio que o dos 8 milhões que compõem a massa Atleticana (a maior torcida de Belo Horizonte, de Minas e a quinta do Brasil), é o de que o gol do Pratto nos acréscimos foi o gol do título. A partida poderia ter terminado com três gols de diferença a favor do América, o que não seria injusto. Mas, como é – e tem se mostrado – Atleticano, Deus deixou o Galo a uma vitória do título. Aguirre não vai atrapalhar.

Outro registro negativo foi o público. No domingo, com mando do Galo, as coisas serão diferentes. O comparecimento de pouco mais de 7 mil pagantes é a resposta à idiotice da diretoria americana. Querendo limitar a presença da massa, restringiu e colocou valores maiores para o Atleticano. Além disso, criou uma série de promoções para atrair público.

O sujeito mostrava um adereço do América e ganhava um par de ingressos. Parece promoção de clube amador ou de campo de várzea. Antes do jogo, como se fosse num rodeio de interior, um locutor tentava motivar o torcedor mandante. No telão eram exibidas “coelhetes”. Tinham mais crianças no gramado de jogo com o time que torcedor na arquibancada.

Enfim, um festival de eventos tentando motivar os sofridos torcedores americanos. Domingo, no salão de festas, onde o Galo comemorou nos últimos tempos três campeonatos regionais, uma Copa do Brasil, uma Recopa e uma Copa Libertadores das Américas, tudo será diferente. Esperamos profissionalismo em tudo, desde a venda de ingressos até a escalação para a partida. Aguirre não terá justificativa para deixar de colocar em campo o que temos de melhor. O Atleticano exige o título.

Reafirmo que, embora merecêssemos perder até por diferença maior, o resultado de apenas um gol a favor do adversário (como bem o disse o amigo Sílvio Scalioni, foi uma derrota com sabor de vitória) nos coloca a uma vitória simples do título. Assim seja!

37 thoughts to “Derrota com sabor de vitória”

  1. Penso que o Aguirre tem sim “seu dedo”por não escalar o Cazares e Pratto no inicio na derrota para o América. Mas venhamos a preguiça do Marcos Rocha, titular absoluto, tomando gol nas costas tbm temos que considerar

  2. O problema do Galo não é elenco, é comando! Estamos precisando de um treinador que comande o time e nao de um espectador do lado de fora das quatro linhas, porque expectadores nos temos 8 milhoes de fanaticos empurrando o time.

  3. Infelizmente, estamos perdendo jogos graças à teimosia do Aguirre. Jogador tem que jogar em sua posição. Sem invenções. O Galo tem jogadores que podem e devem fazer a diferença, mas se não sabem jogar na posição que o treinador quer… fica difícil. Para quer complicar o que deveria ser simples?

  4. Testando… O Galo jogou de forma desinteressada, displicente e arrogante. Inadmissível esse time entrar p/ o jogo achando que ganha a hora que quiser. O ameriquinha jogou a vida e com humildade. Espero que tenha sido mesmo apenas falta de foco, Se formos 4ª com esse futebolzinho, passaremos vergonha mariana…

    1. E não quero com isso, pedir a cabeça do técnico. Concordo com quem falou aí em cima sobre tempo de trabalho, etc. Pedir mudança agora é burrice. Pra vir quem? Só se fosse o Sampaoli…

    2. E ñ quero com isso pedir a cabeça do técnico. Concordo com quem falou aí em cima sobre tempo de trabalho, Cuca, Levir, etc.

  5. Meu nobre Eduardo, finalmente o senhor percebeu que esse Aguirre não está a altura do Galo. Ele é, sem sombra de dúvida, o entrave que não deixa o time decolar em 2016! Não seremos campeões com ele. SEREMOS CAMPEÕES APESAR DELE!

  6. Vamos para com essa história que Pratto fez o gol do título. Isso é papo de cruzeirense. Jogamos muito mal e sem nenhuma vontade ontem. O time só acordou após tomar 2 a 0. Lamentável essa postura. Vamos torcer pra duas vitórias convincentes nos próximos jogos. Só assim Aguirre salvará seu pescoço da degola.

  7. Acho que o Atlético não ganha um campeonato nacional desde 1971 por causa do conformismo de sua torcida. Basta o Atletico ganhar do Cruzeiro e todo mundo está satisfeito. Um clube da grandeza do Atlético não pode achar com sabor de vitoria uma derrota para o America , com todo respeito que tenho por eles. O empate na Argentina foi comemorado, gente, com o elenco que tem hoje e tivesse um treinador competente o Atletico estava ganhando todos os jogos que disputasse,mas não com este Sr. Aguirre/Autuori, não vemos jogadas ensaiadas, não vemos um corner bem batido, não temos batedor de faltas, erramos muitos passes, a defesa falha constantemente, até ´Victor parece que desaprendeu. Continuo com minha opinião de que com este treinador não ganharemos nada que for disputado,pelo contrario, tenho medo de ficar rondando a zona de rebaixamento no campeonato nacional.

  8. Sou totalmente contra a troca de Técnico em meio de temporada. Esta é uma cultura brasileira que só atrapalha o nosso futebol. O malefícios de se recomeçar todo um trabalho em meio a uma competição não fazem valer a pena o benefício do encerramento de um trabalho que eventualmente não vem enchendo os olhos. O Aguirre errou esta errando e vai continuar errando. Mas o Cuca errou também, Paulo Autuori nem se fala, e o time do Levir tinha uma defesa que era uma peneira. Ou seja não é trocando de técnico que o Galo vai virar um time estruturado. Exemplos disso temos no próprio Tite que foi mandado embora do corinthians e o time não arrumou nada. E foi ser campeão somente no retorno do mesmo. A lógica é simples, tempo para trabalhar. O Aguirre tem um contrato de 2 anos e com 4 meses a torcida pede a cabeça dele. Para mandá-lo embora no meio da temporada só se for em um caso extremo igual ao do time do chelsea com o Mourinho aonde os jogadores simplesmente boicotaram o técnico e o time estava ameaçado de rebaixamento. Em qualquer outra circunstância não é valido. O Aguirre querendo ou não parece ter o time na mão e mesmo com a saída do Jemerson (Melhor Zagueiro que atuava no Brasil) fez com que sua ausência fosse menos sentida mesmo com um jogador fraco como o Erazo para substitui-lo. Temos que apoiar e ter paciência com o cara.

    1. Elvis parabéns pela lucidez ! Concordo plenamente com vossas colocações .Ontem após o jogo meus amigos e eu comentávamos exatamente isto e quer saber de uma coisa ,já estou animado para os jogos de quarta e domingo p.v .Os jogadores serão os mesmos,o treinador idem o receio é qual será a torcida que encontraremos nas arquibancadas , será o 12º jogador a favor ou, o 12º que joga contra ? Abc ,boa semana e #GaloSempre

  9. Bom dia a todos. Estou procurando analisar de forma racional, sem levar em conta a paixão. A verdade é que o trabalho do Aguirre é péssimo. Por mais que eu me esforce e tenha boa vontade com nosso treinador, não consigo enxergar um time bem treinado. A cobertura dos nossos laterais é falha. Nosso meio campo não tem triangulações bem feitas, conscientes. Nosso ataque depende de lampejos de Robinho e Pratto (quando consegue fazer gol). Enfim, em 4 meses não vejo nenhuma evolução tática. Não temos um padrão de jogo. O que tínhamos com o Levir, perdemos. Podemos ganhar a Libertadores? Sim, mas acho pouco provável. Tirar o Aguirre agora é um erro, mas não gosto do trabalho dele. Confuso, sem variações táticas e sem atitudes que possam levar o time a mudar o rumo da partida. Vou torcer e vou acreditar sempre, mas esse uruguaio pra mim é enganador. Pode até ganhar a Libertadores, mas se eu não vir um mínimo de estruturação tática nesse time, pra mim é enganador. É a minha opinião!

    1. Amigo eu só tenho visto involução tática . O time estava jogando bem e tinha um ataque que resolvia . Tinha problemas na defesa , sim , mas que teriam que ser trabalhados. Prova disso foi a Florida Cup, quando o galo atuou praticamente sem a ação do Aguirre . Depois disto o time se transformou e perdeu sua identidade , na verdade travou completamente e se transformou nesta coisa disforme que estamos vendo aí. Realmente uma pena . A intenção da diretoria tem sido boa , mas não podiam prever este fiasco. Agora teremos que ser eliminados da Libertadores para haver mudanças.

  10. Pra mim, além do Aguirre, claro, o Marcos Rocha foi um dos principais responsáveis pela derrota. Ah, e por que o Rafael Carioca não entrou em campo?

  11. Nesta vida há duas coisas não se encontram ; as montanhas e quem não quer se ver,de resto, sempre existem ‘N’ possibilidades . Dito isto ,o GALO só perde para ele mesmo ,fato! Nos dois gols sofridos ,onde estava o sr. Hyuri que não acompanhou a subida do lateral coelhuço ? Como dizem os mais experientes ;em se tratando de GALO,prefiro guardar minha boca para comer farinha . CLUBE ATLÉTICO MINEIRO ,GALO FORTE E VINGADOR ,com as mesmas cores e mesmo nome desde 1908 . Boa semana à todos !

  12. Esse Aguirre é uma “Anta” mesmo. Essa conversinha mole para “adormecer bovinos” de “poupar jogadores” é balela. Jogador ganha para jogar, penso que isso é um absurdo. E o Robinho meus amigos, “piada de mau gosto”!!! O cara pra mim também não mostrou ainda a que veio. Só joga bola contra times inexpressivos do interior de MG. Comédia. Pra mim ele errou feio na quarta feira passada quando tirou o Dátolo e deixou o “Roubinho”, por que tá aqui só roubando o Galão e onte novamente deixando Pratto e Cazares no banco. Pessoal, vamos combinas, Patric não é atacante. Só me falta ele entrar com esse enguiço de titular no lugar do Cazares na quarta próxima. Pelo amor de Deus, se o Douglas não puder jogar, talvez o Patric na esquerda e olha lá!!! Marcos Rocha meu filho, você parece ter se esquecido como se joga futebol. Vem sendo um verdadeiro teste para cardíaco há vários jogos. Agora ontem foi a gota d’água. Dois, gols na sua conta. Limitado, sem raça, sem vontade. Se não quer jogar no Galão meu filho, pede a diretoria para te liberar para o América de novo, que sabe lá você comece a revalorizar o Galo e se lembre de dias melhores, só quando se perde o bom é que se dá o devido valor. Não quero aqui dizer que é hora de mandar a “anta Aguirre” embora, há que se esperar pelo menos. Mas pelo amor de Deus seu Aguirre, só você não enxerga o jogo? Acerta esse time!!!

  13. Bom dia Galenses, ontem mais uma vez fiquei decepcionado com Aguirre, parecia que o Galo estava facilitando para o America, não vi nenhuma jogada ensaiada, as faltas que deveria ser batidas direto para gol, tentaram inventar e deu tudo errado. Como todo final de campeonato é normal termos um sofrimento danado, confesso que estou preparado.

  14. Já disse aqui anteriormente “quem será o próximo” e foi o Douglas Santos. Tá tudo errado no GALO, equipe de preparadores físicos, comissão TÉCNICA (péssima) e médicos que não preveem que os jogadores estão com desgaste físico. Que me desculpe o Dr Rodrigo Lasmar (seu pai foi ótimo), muito fraco e está ficando fora da seleção.
    FORA AQUIRRE E seus aseclas.
    Acorda enquanto há tempo PRESIDENTE DANIEL NEPOMUCENO.

  15. No que pesem as escolhas do elenco titular, em que figuram dois “laterais” que de quando em sempre complicam a defesa, de certo temos um time que se prepara para o segundo semestre. Não há bagagem física sendo trabalhada para velocidade, até o momento e … um time lento não consegue reverter resultados. Já estamos praticamente no meio do ano e o que vemos são jogos apáticos, arrastados e um show de horrores quando se fala de qualidade nas “finalizações” … postura tática é necessária mas abrir mão de demais recursos técnicos como “dribles” e “chutes de media distância” é presságio de dias “cinzentos” … não é agouro … incomoda demais esse treinador passivo, sonolento, De 6 taças ganhou 1 … já desistiu de uma e esta entregando a terceira … ou o projeto é “somente” para ser campeão do brasileirão ou então, estamos a léguas de alguma conquista de expressão nesse ano de 2016. Se for para o “brasileirão” apenas, melhor começcar a combinar com os outros times da séria A, agora, senão não chega, também …

  16. Muito bom o seu comentário.
    De bom alvitre seria que alguém da Comissão Técnica explicasse para o torcedor porque o time Alvinegro não sabe até hoje chutar a gol. Todos os times brasileiros marcam gols de fora da área, contudo, no Galo, volantes, meias e atacantes raramente acertam o gol adversário. E o Marcos Rocha, quando vai aprender a cruzar uma bola? É chato falar do elenco em véspera de decisão, mas alguém precisa chamar a atenção do time para esse grave defeito que nosso clube tem apresentado.

  17. Caro Sr Eduardo desapareci do blog, tive 20 dias corridos aqui no interior, sempre acompanhando o Galo mas com certa dificuldade, bateram no meu carro que uso para trabalho e como não tem seguro (o que bateu errado estava bêbado ao volante) fiquei numa situação difícil pois apesar de pagarem o conserto fiquei sem ter como me locomover para o trabalho, no mais depois de muita luta voltei mas como de praxe o Galo de 2016 ainda não nos convenceu, creio que jogarão muito na quarta, mas Aguirre definitivamente não é treinador para o Galo valeu a tentativa mas já deu, quando demitiram o Levir e contrataram o Aguirre eu falei era melhor ter ficado com o Levir, sonhamos com Cuca e acordamos com o Márcio Mexerica dos técnicos, uma lástima, me pergunto se conseguiu levar aquela informação sobre as cobranças de pênaltis para o Galo, porque acho que em breve poderemos precisar… um abraço e tenha uma ótima semana

      1. Legal, agora é torcer muito, para o Sr Aguirre não perder o Mineiro e eliminar o Galo na Libertadores

  18. “Copa Libertadores das Américas”

    Isso aí. Inclusive é o único mineiro CAMpeão das Américas!

    Mas discordo que o América tenha jogado a vida e que mereceu até um saldo maior. O galo mais uma vez foi incompetente nas finalizações além do grande goleiro americano que fechou o gol. O resultado foi bom para o América depois de tanta pressão e pênalti perdido, mas não bom o suficiente para levar o título. O galo irá amassar na volta…

  19. É, sabor de vitória!!! Bom, o estádio é do América. Então, o time não pode fazer a promoção que bem entender. E as promoções com ingressos baratos que os times grandes fazem, não contam? Eu heim? Isso está parecendo coisa de petista!!!

  20. Otimo texto (exceto pela desqualificacao de um jogador adversario). Falhou aguirre, apesar que a estrategia poderia ter dado certo. Nao podemos esquecer tambem, do penalty atrasado do robinho ( alias 10% do ronaldinho gaucho eh muito mais do que 70% do robinho), como um profissional bate um penalty daqueles. Mas tambem acho: o golzinho no final sera fundamental p o proximo jogo, eh entrar c o melhor que temos desde o inicio, jogar bola c seriedade e correr pro abraco!!!

  21. Creio que o Sr Aguirre ja deu mostras que nao deve permanecer alem desse mes de maio,,,confuso, embola tudo,,,parece desconhecer o que vem a ser o Galo. A principio, apoiei sua permanência, mas agora está na hora de sair fora….

  22. Para mim, foi derrota com sabor de derrota mesmo. O Galo foi medíocre contra um time que não consegue trocar 3 passes. Não podemos achar que um.gol em final de estadual seja satisfatório. O time está se mostrando muito fraco para as demais competições do ano, que realmente importam.

  23. O Eduardo , infelizmente nosso galo não está com esta bola toda não. O Time é fraco e as contratações feitas no início do ano estão decepcionando. O Técnico nem se diga. Conseguiu travar o time. Essa desculpa de que o time entrou em campo pensando na Libertadores não cola. O América foi mais time e o Givanildo mostrou ser um técnico de verdade.
    Infelizemente temos que ser realistas , com esse técnico aí , o galo não vai longe não. É perigoso perder o mineiro e , na certa , vai ser eliminado da libertadores , talvez não nessa fase , mas a expectativa é de que não vá muito longe .
    Infelizmente só aí o técnico será trocado .

    1. Concordo 1000% com o que voce disse. Esse tecnico eh o pessimo dos pessimos. O time do Galo eh um amontoado de jogadores dentro do campo. Nao tem padrao de jogo. Quando ele era treinador do Inter, todo mundo dizia que o colorado era time inferior ao Galo e que foi injusto sair da libertadores perdendo para eles. Agora tem torcedor achando que Aguirre esta fazendo um bom trabalho? Que dureza…. Estamos ferrados mesmo.

  24. Ficou claro que Aguirre procurou evitar o desgaste de alguns titulares, o que não foi possível. Nesse ponto, concordo com sua estratégia, dado o jogo de quarta. No primeiro tempo, o que se viu foi uma infrutífera insistência com passes longos no ataque. Foi assim que treinaram? Marcos Rocha pé de moça precisa dar um jeito, Clayton não tem passado de um jogador qualquer, enquanto que Patric e Donizete são profissionais que não sabem chutar de longa distância. Falta de treinamento intensivo. Mas digamos que ontem foi dia de treino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.