Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

De volta com a maratona de jogos em duas competições

Tem um provérbio que diz “um olho no peixe e outro no gato”. Significa o peixeiro limpando o peixe para o freguês, enquanto vigia o outro peixe já limpo da ameaça de um gato abocanhar e sair correndo. E é assim que nós, Atleticanos, estamos e vamos – espero – até o final desta temporada. Deixamos escapar o título regional e a sequência na Copa do Brasil, por conta dos nossos próprios erros, e agora somos obrigados a buscar os dois títulos que ainda estão em aberto.

Pelo Brasileiro, que já temos compromisso amanhã lá em Curitiba frente ao Paranaense, o objetivo é sempre a vitória. Na nossa frente, o líder tem cinco pontos a mais (já foi oito), enquanto o vice-líder, apenas dois míseros pontinhos. Junto com o Galo, mas levando vantagem pelos critérios de desempate, outro concorrente nos tira a terceira colocação e coloca nosso time em quarto lugar. São eles: Santos, Palmeiras e Flamengo. Colado vem o São Paulo, distante três pontos, porém com um jogo a menos.

Ao que percebemos, a disputa está em aberto, sendo que qualquer vacilo deixa escapar e perder posições. O treinador Rodrigo Santana, pelos treinamentos da semana, deverá poupar um ou outro titular guardando para o compromisso de terça-feira pela Copa Sul-Americana. Mas, buscando seguir vivo no Brasileiro, manter a espinha dorsal dessa formação que vem dando certo. Tomara que o Galo vença e os adversários da parte de cima tropecem na rodada. É o nosso desejo, claro!

Paralelo às duas disputas dá pra perceber que a direção Atleticana – ao contrário de tempos recentes – está atenta a 2020. Para tanto, fundamental é conquistar títulos e vaga para a Libertadores da próxima temporada. Neste ano, além dos dois fracassos mencionados, ainda amargamos uma péssima campanha neste torneio, que acabou nos atirando para a disputa agora em andamento. Passou, foi sob a égide de Levir, agora é outro momento.

Rodrigo Santana, salvo melhor juízo, vem superando resistências e mostrando que é capaz. Teve sim, um e outro vacilo como nas partidas que empatamos, mas no geral vem dando conta do recado. Vencer o Paranaense amanhã é fundamental para manter a chama viva do Brasileiro e ainda dar moral para o compromisso pela Sul-Americana. Por essa outra competição, que além de uma boa premiação e vaga para a Libertadores do próximo ano pode ser a porta de entrada para o Mundial de 2021, estamos entrando na reta final.

O adversário de terça-feira, em Belo Horizonte, com o jogo de volta na casa deles é o desconhecido La Equidad. Merece cuidado em busca da classificação, uma vez que superando esse time colombiano, já se sabe que nas semifinais o adversário será o Cólon da Argentina. Os argentinos, ontem à noite, aplicaram uma sonora goleada (4 a 0) no Zulia da Venezuela. No jogo de ida, o time eliminado havia vencido pelo placar mínimo.

Como se percebe, apesar de na Copa Sul-Americana, o nível dos adversários não ser o mesmo da Libertadores, não existe time ruim. O mesmo Cólon já havia eliminado seu compatriota Argentino Junior na fase anterior. Um degrau de cada vez, superar o La Equidad para pensar em passar pelos argentinos e chegar à final (jogo único) marcada para o dia 9 de novembro em Assunção.

Assim serão nossos dias até o final deste 2019. Um olho no Brasileiro e outro na Sul-Americana. Se distrair no campeonato nacional, aqui tem peixe é a nossa frente, com periquito e urubu. Na outra, além dos adversários das quartas e de uma eventual semi, ainda existe do outro lado buscando vaga nessa finalíssima, o chato Independiente Del Vale (Equador), que já nos foi indigesto num passado recente, e os brasileiros Fluminense e Corinthians.

*fotos: Bruno Cantini/Atlético

32 comentários em “De volta com a maratona de jogos em duas competições

  1. UM TIME EM QUE OS DOIS JOGADORES DE MAIOR SALÁRIO SÃO ELIAS E R.OLIVEIRA , VAI GANHAR O QUÊ.??
    EM TESE OS JOGADORES MAIS BEM PAGOS DO ELENCO DEVERIAM FAZER A DIFERENÇA E DECIDIR OS JOGOS. ESTÃO MUITO DISTANTES DISSO.

  2. Seu excelente treinador entregou o mineiro para o rival por causa da sua variação, que para mim é medo mesmo.
    Entregou também o primeiro jogo da Copa Brasil também por causa da variação, mas para mim tem únicos nomes, covardia, medo e tantos outros adjetivos. Entregou para porco e tantos outros jogos.

    Mas, respeito sua opinião, apenas discordo.

    1. Meu excelente treinador?!?! Ele realmente eh excelente, mas não seria o NOSSO TREINADOR?? Tbm respeito sua opinião, mas vc está totalmente errado! SAN

  3. O 7C quando eleito disse não entender de futebol mas queria ou seria ovacionado pela torcida um dia… então já se passaram quase 20 mêses de gestão e nem um mísero caneco pra comemorar… ao que parece agora a SULA que pra ele é segunda divisão da LIBERTA vale muito… então que assim seja e que o nosso amado CAM saiba jogar o restante deste torneio para quem sabe levar o troféu pra Lourdes e levantar a moral do presidente… quanto ao brasileirão, ainda muitas rodadas pela frente porém não podemos mais perder pontos para times considerados pequenos, principalmente em casa onde a vitória é sempre obrigação, fato!!!!!!!!!!!!

  4. Caros,
    O bom da semana q passa, além da vitória sobre o fidalgo série “C”, foi q veio à lume a história de ZÉ DO MONTE contada prá crianças (por Roberto Marques), ZM q entra na meiúca de qq Atlético de todos os tempos, fechado?…Façam um e$for$o, por favor…Cracaço de bola, comandante da máquina dos 50 e, principalmente, doutrinador nato de serelepe. Tinha CULHÃO sem deixar de ser elegante no trato com a pelota. Zé do Monte e Cerezo na cabeça de área, com todo respeito devido ao Pitbull e etc.
    Obs.: e a turma SEM VERGONHA do portão 7, sentaí AnoQvemVai Do Capim do Cuêi, hein? Agora já começaram a ladainha de escolher campeonato…ah, buá, o mineiro num vale, buá buá, a Sula é mais fácil q o Br e isso e aquilo, buá, ano q vem vaga na liberta, buá. Nunca aprendem e Quantos comentaram quantos deixaram de comentar? E dá-lhe DraGrurululu de KKK. Êta q turma catingueira, meu Deus! Será q fizeram hj ou vão deixar prá amanhã, dia sim dia ñ? Q cc desgraçado vindo do ôcoc de vento é esse? BANDO DE FROUXOS!
    Obs.: queremos o melhor time na disputa da SulAmericana, queremos o melhor time na disputa do Brasileiro e ñ aceitamos DERROTA.
    Obs.: ô RS, ô Rui Costa, ô 7! Dá mole, ñ, a hr é agora!
    SÓ A VITÓRIA INTERESSA!
    GALO SEMPRE!

    1. Zé do Monte, é o único dos titulares do meu “GALO de todos os tempos” que não vi jogar. Sempre escutei as histórias de meu avô sobre nosso volante e sua Harley, pelas ruas da antiga BH e aquilo me marcou pra sempre. Victor, Nelinho, Léo Silva, Luisinho e Paulo Roberto, Zé do Monte, Cerezo e Ronaldinho, Marques, Reinaldo e Éder. Acho que esse time aí, treinado pelo Telê, ia atropelar geral. SAN

        1. Entendo e respeito. Mas eh escolha afetiva, da mesma forma que eh a do Paulo Roberto. As vezes acho q ali cabe o Tardelli, mas tem todo o contexto. Naquela época, com Eder (o Luís), e outros mais… todo o respeito pra quem segurou q bronca em épocas de vacas magras! SAN

        2. DOMINGOS SÁVIO ,
          um dos maiores pipoqueiros que já
          vestiram o Manto tem um marketing
          colossal .
          Concordo ! Ele não chega aos pés de
          Lôla , por exemplo .

          O lateral esquerdo, também, é outro
          com ótima assessoria de imprensa .
          Ele corria para não chegar , era o que
          a arquibancada cobrava direto
          Oldair e Jorge Valença , aí sim .

          1. Marques nao jogava na posicao do Lola. Lola jogou na do Ronaldinho. Lola jogou muito, mas acho que Ronaldo foi melhor (talvez mais importante tbm (entre parênteses, p reforçar o ponto de vista)) SAN

          1. Caros, a escolha do “Galo de todos os tempos”, eh pessoal e forjada num contexto individual. Não tem certo nem errado, todo mundo tem razão, o ponto de vista eh q eh o ponto da questão! Valença foi grande lateral e tbm cabia nesse time. Lola foi craque, mas qdo ganhamos o primeiro brasileiro, Spencer jogou a maioria dos jogos, lola tava machucado. Cada um tem suas preferências, e nem sempre são técnicas. As vezes são afetivas. Reinaldo foi o melhor, meu ídolo sempre foi Eder. Abco p irmãos alvinegros. SAN

  5. QUEM POUPA JOGADORES É BARCELONA E REAL MADRID , QUE TEM DOIS , OU TRÊS CRAQUES POR CADA POSIÇÃO.
    COMO NÓS DO GALO IREMOS POUPAR , SE MAL , MAL TEMOS UM TIME TITULAR.
    NÃO ADIANTA QUERER IMITAR TIME EUROPEU , SEM RESERVAS À ALTURA. AÍ , É PEDIR PARA SER ELIMINADO.
    ISSO NÃO VAI DAR CERTO.

  6. Só palpite, GALO x FLUMINENSE na final.
    O time carioca é muito bem treinado e tem jogado bem a competição internacional. É jogo de Copa, as coisas se equivalem. Não duvido que elimine o Corinthians, favorito para a grande imprensa.
    Quanto ao BR, creio acertada a opção do técnico pelo time titular. São apenas 5 pontos para o líder, é possível o título, por que não?
    Na minha opinião, Ricardo Oliveira não deve mais ser titular, apesar do gol no último jogo. Está lento, perde muitas chances e não recompõe, é um a menos. Boa sorte ao Papagaio, tem uma grande chance… Aguardemos.

  7. Eduardo, foi muito bom ouvi-lo na Rádio da Massa Atleticana, suas resenhas são sempre enriquecedoras!
    Falando sobre a FM 90.3, que projeto bacana. Cris Galo, Fael, Breno Galante e os demais estão dando show. De ATLETICANOS para ATLETICANOS. Destaque para o zap Galo (31) 97020-9(x)2 13.
    Parabéns aos envolvidos nesse projeto.
    Lamento que o Caixa não faça parte da Rádio da Massa. Quem sabe no futuro…gosto muito dele como NARRADOR. Abro um parênteses para dizer que não entendi o porquê de ele ter sido “eleito” conselheiro do CAM. Aí me lembrei que o filho do Gropen também foi “eleito”, o garoto só tem 18anos. Entendi a lógica.
    Quanto ao post de hoje,
    Fico com a opinião daqueles que discordam de poupar titulares. Medo do poderoso La Equidad? Não. É a oportunidade que os agentes e cartolas têm de expor suas mercadorias.
    O Sinthético Paranaense é um time perigoso, não acredito em vitória nossa. Aposto no empate. Tomara que eu esteja errada.
    Na Sula, passando – e vamos passar – dessa fase, a semifinal deverá ser no Mineirão. A última vez que o Galo jogou lá foi uma tragédia. Se esse elenco só joga bem com o apoio da Torcida, que Sette, antes de pegar o Colon, mande pelo menos 1 jogo do Brasileiro no Mineirão. Ingressos a 13 reais pra reaproximar o Torcedor – ressabiado – desse elenco instável.
    Será que não mudam porque alguém recebe “um por fora” da BWA pra manter os jogos no Independência? Talvez seja porque o diretor de (merda) marketing é um maria (de merda).

    E Viva o Galo!

    1. Lucy, ao que parece na gestão 7C pode tudo, filho(s) do(s) fulano(s) de tal têm emprego, sogra do ciclano de tal também têm uma vaguinha e até um rival azulado garante o seu $$$ na direção do marketing atleticano… absurdos que temos que engolir a seco… a torcida do GALO só serve mesmo pra torcer e carregar o time nas costas… que vergonha!!!!!!!!!!

  8. Bom Dia,

    Muito triste e irado com este Premmier, minha reclamação já foi feita e quero desconto. Foram 15 rodadas com esta agora e dois jogos sem passar, Palmeiras e agora Athético-PR.
    Sendo que não passar é opção da Globo, porque possui os direitos para passar na TV aberta, só que por ser sábado e não domingo então os assinantes ficaram a ver navios. A solução seria deixar a TNT passar, pelo menos os assinantes assistiriam.
    Quanto a equipe, hoje podemos dizer que em quase todas as posições, um a dois jogadores não fará o time mudar sua forma de jogar, então vejo com bons olhos o rodízio sem descaracterizar a equipe.
    Quem aqui já não pediu Guga no lugar de Patric, ou Papagaio e Alerrandro no lugar de Ricardo Oliveira. De acordo com o treinador o Martinez é mais marcador do que o Jair, então em jogo fora também está bem. Os demais continuaram no time, vejo este time de sábado ainda reforçado quanto ao do último jogo.
    O Colón ontem jogou até o meio do segundo tempo com placar apertado e indefinido, ficou relaxado pelo fato da infantilidade do Zúlia que teve 3 jogadores expulso, daí, o placar elástico, assisti e não vi nada de fantástico.
    O trabalho do Rodrigo foi sitado e minha opinião é que com todos os erros passados e os que podem vir, ainda prefiro um treinador que quer subir na carreira, melhorar e ser conhecido e isto só com títulos, treinadores que já ganharam muito dinheiro e títulos são acomodados, a menos que tomem um gelo muito grande e caem na real, como Luxemburgo, no mais são apenas gastos desnecessários.

  9. Olá amigos da bola!

    Rápido e rasteiro!…… Nosso treineiro varia demais o esquema tático da equipe, para mim, somente um deles é ideal para o Galo. Espero que contra o xará, ele escolha o melhor!……. Gosto de ver o Galo marcando alto, vários gols são concretizados por causa dessa marcação. Gosto do Galo atacando sempre, em velocidade, sufocando adversário, tem dado certo, dessa maneira dificilmente nosso time perde, quando atuou assim neste ano, venceu todos os jogos, inclusive contra o Santos em São Paulo, e contra o Botafogo no Rio. Portanto, essa história de que de acordo o adversário se monta o esquema, é papo furado. É muita bobagem desses treineiros inventores. Ele precisa perceber que maioria das vezes que colocou o Galo em outro esquema, principalmente naquele medroso, onde o Galo marca do meio para trás, lento, no toca daqui, dali, e na base do chutão…… Grande maioria das vezes se deu mal. Perdeu ou empatou e tomou muito sufoco!

    FUTEBOL É SIMPLES….. NO BRASIL DE HOJE SÓ TEM JAPONESES JOGANDO BOLA. EU SEMPRE DISSE AQUI NESTE ESPAÇO, QUE O TITULAR DO GALO NÃO DIFERE TANTO DOS PRINCIPAIS DO BRASIL. PORTANTO, CONQUISTA VITÓRIAS E TÍTULOS, TIMES CORAJOSOS E OUSADOS…… TIMES QUE MARCAM PRESSÃO E JOGAM EM VELOCIDADE, COISAS FUNDAMENTAIS. ÓBVIO, SEM A BOLA , TODOS MARCAM.

    Se recuar contra o xará que joga em velocidade, entrega a rapadura assim como o fez tantas vezes…… Contra Palmeias aqui, contra nosso rival na final do mineiro, contra o Santos no brasileirão……. E outros jogos.

    1. Ainda bem que nosso excelente treinador varia muito seu modo de jogar. O esquema é o mesmo (4-1-4-1), a estratégia varia, sabiamente, de acordo com o adversário. Não ter opção, ou ter apenas uma forma de jogar seria péssima estratégia. Limitada. Tem que variar mesmo, às vezes dá pra “marcar alto”, às vezes tem que jogar mais fechadinho. Não existe modo de jogar que sirva para todos os jogos. Isso é a mesma coisa que achar que todo time tem que ter 11 titulares. Claro que não! Isso é mais velho que andar pra frente e quem não tem visão, bate a cara contra o muro. SAN

  10. É isso, Gilvan, o cara pode até criticar o Elias, mas com esses argumentos aí, não tem o menor valor. Primeiro, Elias está jogando bem, segundo, Elias não joga “do lado” de nenhum volante, Elias é meia. Qualquer um com o mínimo de conhecimento, seja no campo ou pela TV, percebe que o GALO joga com APENAS UM VOLANTE, no 4-1-4-1. Quem joga ao lado do Elias, na segunda linha de quatro, são Vinícius, Cazares e Chará. Jair (ou Martínez) jogam á frente da nossa primeira linha de 4, formada pelos zagueiros e laterais. No esquema do GALO, todos marcam, Chará vem destacando nesse quesito, inclusive. Essa figurinha repetida aí, que presta esse enorme desserviço ao GALO, criticando sistematicamente um jogador que vem atuando bem, tem que saber que até pra falar merda, precisa ter conhecimento. Sigamos! SAN

  11. Bom dia massa e Guru

    Belo texto meu escriba, porém discordo sobre a perda do campeonato rural. Perdemos porque o VAR deu o título pras Maricotas.
    Quanto a RS, tem feito um trabalho bacana, principalmente levando em consideração que mesmo sendo cabaço na profissão e não ter recebido reforços de peso, está administrando uma panela de peso que tem como integrantes, Pastor, Victor, Leo Silva, F. Santos, Elias. Vamos deixar o cara trabalhar! Ele vai dar vacilo? Com certeza, mas pelo menos não temos mais que aguentar o famoso tal de “técnico com rodagem” enterrando o clube.

  12. Só complementando, além “do chato Independiente Del Vale (Equador), que já nos foi indigesto num passado recente, e os brasileiros Fluminense e Corinthians,” ainda tem o tradicionalíssimo Independiente da Argentina. Caso o Galo chegue a final (vai dar certo), não terá vida fácil na final.
    Mas eu acredito! Tem tudo pra levar esse caneco, precisa ter seriedade e gana em todos os jogos. Se eu pudesse escolher, preferiria o Independiente Del Vale.
    Quanto ao BR, não concordo com poupar todos os titulares, entendo que se mescle poupando algum ou outro mais desgastado, mas time todo reserva é abrir mão de uma competição tão importante.
    Rotatividade de elenco é comum no futebol atual, se pratica muito na Europa, é difícil o Guardiola repetir uma formação, por exemplo (sem querer comparar, é outra realidade). A diferença é que os grandes times tem 20 jogadores de nível de seleção, mas… tem que rodar o elenco mesmo, de forma moderada.

  13. Bom dia!
    Muito bem dito pelo escriba mor, nossa situação no terreiro.
    Santana vem demonstrando ser mais aguerrido que Larghi, menos teimoso que Levir, e com isso vem superando as desconfianças dos bipolares, nos quais me incluo. A ponto de eu baixar momentaneamente minha faixa de “fora Patric, Elias e Fábio Santos”.
    Quem barra Victor, RO e Luan, demonstra que não está preso a ninguém e que trabalha seriamente pelo clube e por sua própria carreira.
    Gostei da mescla com pouca variação para o jogo de amanhã.
    Vai Galo! Faz essa MASSA feliz!!!

  14. bom dia Eduardo e massa. grande texto Eduardo. Eduardo não sabia que tem um fiscal no blog que conta quantos comentários tem na derrota ou na Vitória era só que faltava,kkkk.sobre o jogo contra o atrepr vai ser muito difícil eles estão mordidos pela derrota contra o grêmio. que entram com raça e pegada e meu placar galo 2×0. vai galooo.

  15. POUPAR JOGADORES NO CAMPEONATO MAIS IMPORTANTE EM DISPUTA , ALÉM DE INCOMPETÊNCIA É DE UMA IRRESPONSABILIDADE IMENSA.
    JAIR , JÁ ESTÁ MACHUCADO , E O DIAGNÓSTICO É ESTAFA MUSCULAR. NÃO É O PRIMEIRO E VÁRIAS ALERTAS FORAM FEITAS NESTE ESPAÇO.
    G. BLANCO , ADÍLSON , J.WELLISON , JAIR TODOS SE MACHUCARAM E ESTAFARAM DE TANTO CORRER SOZINHOS. O COMPANHEIRO DELES , O DE SEMPRE , ELIAS , QUE NÃO MARCA , NÃO ARMA E NÃO CORRE DEIXANDO O SEU COMPANHEIRO SEMPRE EM APUROS . SÓ NÃO VÊ QUEM NÃO QUER.
    O BRASILEIRÃO É O TÍTULO MAIS IMPORTANTE EM DISPUTA , NÃO SE PODE COMETER A IRRESPONSABILIDADE DE POUPAR JOGADORES E DEIXAR ESSE IMPORTANTE CAMPEONATO EM SEGUNDO PLANO.
    BRASILEIRÃO EM PRIMEIRO LUGAR.

    1. Parece que foi Elias que roubou a bola e deu o passe pro gol do Ricardo Oliveira no último jogo.
      Problema cardíaco no Adílson e lesão grave no joelho do Blanco foi culpa dele?
      O peladeiro José Wellison sai do time e a culpa é dele?
      Assim fica difícil,amigão.Ajuda aí.

  16. Bom dia a todos atleticanos e atleticanas de todos os matizes!
    Infelizmente sábado teremos um “ouvido” no peixe. Não haverá transmissão pela TV. Paranaense x (dispensa comentários).
    Sou contra essa histiria de poupar jogadores. O adversário é muito bom, e a posição na tabela faz por metecer titulares. São profissionais e muito bem preparados para fazerem o que são pagos para fazer.
    A diferença para quem vem depois de nós na tabela, também é pequena.
    Todos os titulares são necessários ( mera opinião minha).
    Ouçamos o próximo jogo. Será dificil opinar baseado na audição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*