Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

De olho nas tramoias da competição

Aguardando o Cuiabá amanhã, sem medo de ser feliz, o Galo está de olho no Maracanã na noite de hoje. Inegavelmente que estamos secando o segundo colocado, nem tanto pelo time rubro negro, mas – exclusivamente – pelo esquema violento e histórico de favorecimento. Sim, os clubes do eixo – notadamente – o Flamídia do Rio de Janeiro, sempre contaram com o indiscreto favorecimento da cbf. Desde a arbitragem, passando pelo tribunal e até mesmo na confecção de tabela e ordem das partidas em cada rodada.

Diante disso, considerando o momento mágico que a gestão Atleticana – dentro e fora dos gramados – vem passando, essa gente pernóstica, promíscua e nociva ao futebol brasileiro vem reagindo num indisfarçável encurralamento. É perceptível, tanto dentro da entidade máxima do futebol quanto na escrota mídia capitaneada pelos interesses comerciais da emissora que compra os direitos de transmissão.

O Galo, sob a égide de uma gestão moderna e contando com o apoio decisivo de Atleticanos da gema, passou a preocupar esse sistema foda e podre. Antigamente, em meio a tantas aberrações, tínhamos que os adversários eram esses clubes do Rio de Janeiro e São Paulo. Perdemos títulos para esse Flamídia, FluC, Curíntia e SumPaulo – todos eles – com a mão amiga do apito, tribunal e de indiscretas decisões administrativas.

Mineiramente, por anos e até décadas, fomos superando e adiando nossas comemorações. Muita dor e inconformismo tivemos de superar para chegar inteiro nessa virada que estamos presenciando. Custamos a perceber que os inimigos não eram os adversários, mas sim outros poderosos interesses econômicos de grupos que dominavam essa instituição falida que levou o Brasil a ser vergonhosamente derrotado em terras brasileiras pela Alemanha – a goleada histórica de uma Copa do Mundo – e até mesmo Argentina na recente Copa América.

O Atleticano, sempre resignado e acreditando na boa fé – que nunca existiu – acordou nos tempos recentes. O grito e o levante foram dados pelos Torcedores, por setores da imprensa – este blogueiro sente orgulho (vaidade já disse não é condição de Galista) de estar participando ativamente deste momento -, da diretoria, comissão técnica e jogadores. Não aceitamos mais toda essa podridão que esculhamba com princípios morais e éticos que deveriam nortear as competições.

Até, entendo eu, que o desespero verbal e mesmo nas ações de alguns pseudoisentões que são atores dessa comédia sem graça, se justifica. Afinal, com um bom time, eliminado nas semifinais da Libertadores por força do regulamento, depois de fazer a melhor campanha da competição. Aliado ainda por ser quase finalista da Copa do Brasil e liderar o Brasileiro com relativa folga, essa gente começa a entrar em desespero.

Com as finanças impecáveis, salários absolutamente em dia – tem time devendo meses da folha salarial – um estádio com as obras em ritmo acelerado, o Galo está credenciado a ser uma potência no futebol mundial. Em Minas Gerais, o maior do Estado; no Brasil, a situação nas duas competições registram essa afirmação; nas Américas – mesmo eliminado – foi o melhor time da Libertadores. Isso causa muito desconforto aos campeões de audiência. O Galo está incomodando. Um Atleticano incomoda muita gente, dois Atleticanos incomodam muito mais, três Atleticanos ainda mais, nove milhões de Atleticanos então deixam jabazeiros e cartolas desorientados.

E essa reação Atleticana, quer na área administrativa/financeira e ainda do campo, não entram nessa pilha, reagindo com boa gestão e ótimo futebol. Ai entram os nossos atores, dirigentes, comissão técnica e jogadores. A imprensa mineira, a exemplo dos homens públicos de Minas Gerais, é formada por pessoas honradas que dignificam nosso estado e nossa gente. Os nove milhões de Atleticanos, espalhados pelo Brasil, pelo mundo e concentrados em Minas e em Belo Horizonte, já deram o grito de “chega”.

Podemos não conquistar os títulos sonhados, mas desde que decididos dentro das quatro linhas do campo. Acabou a época do apito amigo, dos tribunais parciais e das tabelas e rodadas marcadas em conluio com os clubes interessados. Por isso, reitero, vamos aguardar o Cuiabá amanhã e de olho no jogo do Maracanã.

Que esses sopradores de apito fiquem atentos. Os critérios da arbitragem devem ser padronizados. Não se pode mediar uma partida de futebol com a interpretação tão duvidosa quanto aconteceram ao longo dos tempos e se repetiu em rodadas recentes. Temos o treinador Cuca pendurado com dois cartões amarelos e os jogadores Nathan Silva, Alonso, Nacho, Hulk e Sasha. Espero que o goiano, de genética que já nos incomodou, não tenha trazido os nomes deles numa cadernetinha de recomendação dos interesses suspeitos. De olho no apito!

Respeitem a competição e o torcedor de todos os clubes, sem favorecimento nojento e seletivo aos queridinhos e protegidos por interesses escusos. É o que se espera e que a cbf justifique sua sigla ser mencionada com letras maiúsculas.

O sistema é tão foda e tão podre, que os atores coadjuvantes da cbf e mídia do eixo não conseguem mais dissimular. Esses calhordas, das duas vertentes da bandidagem, falam muito do gol do Arana. O juiz Bráulio teria apitado e sinalizado escanteio com a bola em movimento e ela morreu na rede do leão do norte. Deveria anular? Prejudicar, de novo ao Galo? Ora, vão todos se phu…! Esses mesmos vagabundos, nada dizem, do Paulo Roberto no jogo Galo e peixe. O cara veio pra BH com a missão de tirar pontos do Galo. Resta saber se por conta própria ou cumprindo determinação hierarquicamente superior. A meu juízo obediente. Pau mandado.

Pra cima deles, Gaaalooo!

Em tempo: Hoje, sábado, seria dia de teste da Covid para ir ao jogo. Minha idade e as duas doses já tomadas, me imunizaram de passar pelo exame. Entretanto, como já disse aqui noutras oportunidades, me tornei amigo das moças do Hermes Pardini. Vou passar lá só pra dar um bom-dia e sentir a motivação da Massa para o jogo de amanhã. Gaaalooo, sempre!


*imagens já utilizadas no blog e extraídas das redes sociais.

19 thoughts to “De olho nas tramoias da competição”

  1. Boa Noite,

    Passando só para conferir.
    Com a vitória amanhã ficaremos a 13 pontos do Flamengo e a 11 pontos do segundo colocado e um jogo a menos.
    A faca e o queijo estão na mão, é só servir.
    vamos Galôoooo!!!!

  2. Que chocolate o Flamerda tomou hj do Fluminense, chupa Renato Gaúcho arrogante e nem é tudo isso como treinador e pensar que quase acertou com o nosso galo doido, mas Deus é muito bom e trouxe o Cuca como técnico do nosso galo

  3. Vai Galo, vai Manso, “mengo” eh o caraio! Viva o Galo vencedor e fuck o “futebol arte”. Galo, minha pátria! SAN

  4. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    Estamos nas semi-finais do sub 20. Ontem despachamos o fogão por 2×0. Vamos em busca de mais um título.
    Hoje vamos secar o Flamerda . Diferentemente de outros jogos vamos a campo amanhã sabendo do resultado do Fla x Flu.
    Amanhã haverá domingo! O galo joga.
    Hoje e sempre, galo!!!

  5. Hoje vou falar do jogo cbflu x cheirinho , 19 hs , com transmissão da lixo tv com a equipe de narradores/comentaristas/torcedores do mulambo já preparada. Nosso objetivo : secar o mais favorecido. Amigos atleticanos, eu vou secar por dever de ofício, mas não me iludo e voces também não devem se iludir. Lá não existe rivalidade , a única rivalidade que lá existe são travadas no extracampo, nos tribunais “esportivos”, lá se ganha quem rouba mais, quem é mais exxxperto , é var/arbitragem versus advogados com especialidade em viradas de mesa, evitar rebaixamentos acontecidos nas quatro linhas e derrubados fora delas, inclusive tem advogado de lá que cita até Saint Exupery, do pequeno principe , pra consumar a falcatrua anunciada . diante de um corpo de jurados que se emociona e “legitimam” mais uma tramoia Este embate fora do campo é jogo de cachorro grande , cada um melhor que o outro. Aí vem a Alemanha, tirando o pé e sapeca 7 a 1. O cbflu virá reforçado da ausencia do cone , baita reforço e o cbfla, com presença da torcida, votado em carater de urgencia urgentissima pela matrona cbf, terá, a sua dispsiçao o reforço substancial do var e arbitragem , vamos ver o que virá, ter que torcer pra cbflu é, antes de mais nada, prova de amor ao Galo. .

  6. Bom dia. Preocupa e muito esse tanto de gente pendurada. Ainda mais quem são. Alonso, Nathan, Nacho e Hulk serão fundamentais num jogo importante e difícil contra o flamidia. Não esquecendo ou menosprezando o Cuiabá, que será bem difícil, mas deixaria o Hulk e o Alonso no banco. Outra coisa que queria era ver 3 atacantes amanhã. Pra cima, mostrando pros caras que ficar lá atrás, vão tomar sufoco. Meio de campo com dois volantes contra o Cuiabá, meio campo congestionado e toque improdutivo pro lado (à la queridinho) não dá. Ganhar em casa será fundamental. Creio que com a presença da massa, o time vai corresponder.

  7. Bom dia, Eduardo.

    É isso aí! Pau na mulambada filadaputa do eixo podre, todo dia!
    Entre hoje e amanhã, a diferença estará em 13. Número mágico!

  8. Bom dia !
    Difícil a vida de torcedor do Galo.
    Resido no interior , 200 Km de BH, e tive que sair de minha cidade para resolver problemas na compra de ingressos- eu e minha esposa fizemos a compra às 19:10, com cartão de crédito, sendo que o valor pago entrou na mesma hora no app do nosso banco. Só que não recebemos o voucher dos ingressos. Tentei ligar para o GalonaVeia, mas não atendia. Fiz a reclamação online, mas não obtive resposta. Tive que viajar 200 km para ir e 200 para voltar, na expectativa de resolver pessoalmente. Após duas horas na fila da loja de Lourdes , a pessoa que nos atendeu disse que realizaria a devolução do dinheiro e teria que efetuar a compra novamente, ou seja, correria o risco de realizar novamente o processo, sem saber se os ingressos ainda estavam disponíveis para o setor , além de que, se conseguisse comprar não ter a certeza da efetivação do processo, como da primeira vez. Depois de insistir consegui que a pessoa que me atendeu fizesse o processo de compra dos ingressos naquele momento, pois se não, teria ficado sem os ingressos, porque logo se esgotaram.
    Difícil demais, mas domingo retorno para assistir ao jogo.
    Galo Campeão Brasileiro de 2021

  9. bom dia Eduardo e massa. espero eu que logo a mulambada e flor ficam no empate e se a flor vencer ainda é melhor. repito galo so perde o campeonato para ele mesmo só vencer todos jogos em casa e vencer um jogo fora que somos campeão. so não pipocar igual pipocou contra chapecoense e atlético goiano. então cuca e jogadores amanhã foco total e raça e vontade de ganhar estamos com o título do brasileirão na mão e não podemos deixar para a mulambada. só depende de nós este é meu pesadelo. rsrs.a galo nos deixa sonhar. vai galooo.

  10. Bom dia, Eduardo ! compartilho com suas desconfianças com os sopradores de apito e não nutro nenhuma simpatia pelos mesmos.Mesmo sendo aposentados do apito,mas dando sempre pitacos em redes de televisão e rádios.Esse apitador que cansou de nos prejudicar quando atuava,agora é comentarista da emissora que acompanho nas transmissões por causa do Caixa,o melhor locutor,porém o tal ex apitador,agora não deixa a transmissão seguir,quer da seu pitaco em tudo,e pitaco errado,num jogo, ele jurou que o Alonso fez pênalti,que só ele viu,virou até chacota.É um aparecido,sem brilho e sem credibilidade.O Menim tem que dar um basta,se não vai perder audiência.Amanhã o Galão 2×0, e hoje flamídia,empata.Abraços a
    todos.Ah!!!! quanto ao jogo de ontem, eu acho,não tenho muita certeza,foi 1×0 pro azul,mas o azul de lá,o daqui,( também não tenho certeza se é azul,tá mudando de cor da camisa como o nome toda hora) tá fazendo contas,alguns juram que ainda dá para classificar.KKKKKKKKK!!!!!

  11. Neste belo texto , que mostra sua atleticanidade e a serviço da lisura das competições , exalta o BASTA ! CHEGA ! , da roubalheira orquestrada por esta suja entidade que dirige e suga o futebol brasileiro , juntamente com esta imoral, perniciosa, criminosa, rede de tv que trabalha pra legitimar as tramoias , desmandos , dos sujos, fedidos , sombrios porões destas organizações criminosas , que dão uma banana pro povo brasileiro e enfiam, , goela abaixo da população , todo o lixo , a podridão Sempre, sempre a serviço dos interesses comerciais , que além do lucro fabuloso que retiram ,mes a mes , anos e décadas a fio , E QUE DEVERIAM IR , INTEGRALMENTE, PARA OS CLUBES, SEM ESCALAS . NÃO , ISTO NÃO ACONTECE. REPARTEM AS MIGALHAS E O QUE RESTA DEPOIS DA DIVISÃO DA AÇÃO ENTRE AMIGOS. A acrescentar , como sempre , desde a fatidica decada de oitenta , novamente o galo na vanguarda, time que nunca se ajoelhou e nunca sujou seu nome na suja cartilha destas duas nocivas entidades , não podendo dizer o mesmo do restante, principalmente os paulistas , que possuiam cacife pra barrar isto e nunca o fizeram. Cumplices e favorecidos , dando nome ao crime oranizado : EIXO , EIXO CORRUPTO, EIXO SUJO , INIMIGO DO BRASIL.

  12. Bom dia, Eduardo, atleticanas e atleticanos.

    Juízes, juízes, futebol à parte. O Galo não precisa se preocupar com juízes e coisas tais, desde que jogue futebol de verdade. Joga bola, Galo, só joga bola, nada mais. Quando você joga bola, ninguém te aguenta. Nem o tal Paulo Roberto não sei de quê e nem de onde, conseguiu te segurar. Então, joga bola, só joga bola.

  13. Bom dia Avila. Bom dia a todos. Acabou a luz em Bom Despacho. Alguém sabe me dizer o resultado do Avai ontem???? Kkkkk.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.