Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Daronco não deu foi sono

O jogo foi horroroso em tudo, desde os dois times até o trio de arbitragem. Todos péssimos. Mas valeu pelos três pontos e a sequência de vitórias que, a cada rodada, aproxima o Galo ainda mais do G4. O blogueiro reafirma sua convicção de que o Galo estará entre os quatro primeiros colocados até final do primeiro turno, e a confiança no título ao final da temporada.

O gol logo no início da partida passou a falsa impressão de outra goleada Atleticana, como no domingo passado, no mesmo horário. Estranhamente o time caiu de produção depois de abrir o placar com Robinho (autor) e Clayton (coadjuvante), que na jogada do gol anunciavam uma manhã de gala, mas no decorrer do jogo continuaram devendo o futebol que o Atleticano ainda espera de ambos.

Este magro um a zero contra o América, que, repito, valeu pela pontuação, leva o Torcedor a refletir sobre a reação que o time vinha demonstrando. Preferindo acreditar que o débito se deve mais ao adversário que aos nossos jogadores, mantenho a expectativa de crescimento na tabela de classificação. O time do América não é lanterna por acaso. É péssimo mesmo e – se não reagir – merece o retorno à série B.

daronco
Fotos: UAI/Superesportes

Amanhã, na primeira postagem, faremos uma abordagem mais ampla do jogo de agora cedo. Não sem antes reafirmar que, a cada novo jogo do Galo, me convenço ainda mais de que existe má vontade da arbitragem contra o Galo. Talvez pelo histórico de “erros” do passado, sempre relembrados e reclamados, mas o gaúcho Anderson Daronco e seus auxiliares Marcelo Carvalho Van Gasse e Rodrigo Henrique Correa – ambos paulistas – reforçam a tese de um possível complô da CBF para prejudicar o Galo. Por pouco, os três pontos ficavam pelo caminho.

 

16 comentários em “Daronco não deu foi sono

  1. Creio que tudo que esta acontecendo esta dentro da receita do bolo, tivemos diversos desfalques com contusão e convocações, mudanças necessárias no comando técnico, vitórias magras sem convencer e assim subindo na tabela para entrar no grupo dos que irão lutar pelo título. E é nesta hora que jogadores irão jogar no limite, e jogadores cobrados desnecessariamente como no caso do Robinho irão desenquilibrar partidas e iremos conquistar o campeonato.

  2. nao vi nada de errado na arbitragem hoje, naoo. vi um time muito mal treinado, errando passes de meio metro.e desesperado pra segurar resultados..Patric, obrigado e tiau….Fred está na maneira dele de jogar..precisa mais de entrosamento.. E Cazares, uma grata surpresa

  3. Pelos comentários acima, tudo está péssimo no Galo. Nem parece que o time fez 9 pontos em 3 jogos. Pois, para mim, o time pode continuar assim, desde que continue faturando todos os pontos possíveis e subindo na tabela. Chega de derrotas gloriosas, jogando o fino da bola, como em 1977 e 1980. Que o time continue jogando mal e ganhando, pois eu quero é o título – é isso o que importa!

  4. Que furada esse Clayton.., pessimo dos pessimos… Datolo tambem tem entrado horrivelmente… Valeu pelos tres pontos!! Rodada otima para o Galao!!!!

  5. Por favor gente, quem tiver algum contato dentro do Galo, investigue por favor se tem algum patrocinador ou algum empresário no qual o Galo deva algum favor, pois, nada explica o Patric ter que entrar todo jogo, isso quando não é titular… Chega, não dá mais, o cara é muito ruim, não sabe jogar no ataque… Não há nada que justifique sua entrada em campo…

  6. Concordo em Gênero, número e grau com o Marcão, de Varginha. Além disso, o Leonardo Silva não aguenta mais correr, perde todas para atacantes rápidos e jovens e tem sido um desespero para todos nós! O Victor não é mais o mesmo desde a contusão e nos tirou da Libertadores em falhas grotescas para um goleiro de l,92 m que não sabe sair de debaixo da meta.

  7. Acima de qualquer suspeita, está a realidade da continuidade de Robinho no time. Não se admite um jogador de 1 milhão de reais produzindo apenas um gol. Com a chegada do Fred, a situação piorou. Os dois vão lutar para manter seus níveis de vaidade. Neste tempo, o restante do time não vai correr para suprir a lerdeza dos semi deuses.

  8. Não vi nenhum erro da arbitragem que prejudicasse o Galo ou sugerisse esse GOLPE. O time está é mesmo jogando mal. O Clayton acertou uma única jogada durante o tempo que esteve em campo. O Atlético jogou com do América, valha-me Deus! Como vamos bonito no campeonato jogando na retranca diante do Coelho. O América jogava pra frente com 4 e até 5 atacantes. Chutava a gol a toda hora. O Galo chutou poucas vezes, e deixou novamente o Fred sozinho lá na frente. Meus amigos estão me zoando, dizendo que o presidente do clube deu ordem proibindo chutes a gol pelos atleticanos… é brincadeira, eu sei… mas em campo uma triste realidade do time que o MO ainda não conseguiu acertar. GALO!!!

  9. Particularmente tenho certeza que Patric, Carlos César, Edcarlos, Tiago, Mansur, Carlos Eduardo e Hyuri jamais deveriam ter sido contratados pelo Galo… Patric não sabe realizar o básico de sua posição (cruzamento), tropeça na bola, joga olhando pro gramado, confunde as cores dando passes para o adversário, e com ele em campo, o Galo joga com menos um e ainda reforça o adversário…

  10. Eu assisti ao jogo e penso que o arbitro nao prejudicou em nada o nosso glorioso. Agora que eh inegavel que o nosso time sempre foi prejudicado pela arbitragem, isso eh. Mas podem parar com o chororo que hoje nao ocorreu nada de errado nao. Importante eh o galo jogar bola e pontuar para chegar na frente pra disputar o titulo. eh isso ai…fui..

  11. O cartão do Rocha foi errado pois foi falta normal. Patric não pode ser escalado fora de posição, não está numa fase boa e erra muitos passes que já foram fatais contra o Cruzeiro por exemplo. O Clayton tem se esforçado mas a camisa está pesando e também ele jogava pela esquerda e não a direita. Pratto e Luan estão fazendo falta neste timemuito mais pela combatividade e raça que contagia o time.

  12. Nos, verdadeiros torcedores do galo, temos que parar com esse discurso de perseguição da arbitragem. Já perdemos outros campeonatos porque o time entrava em campo reclamando do juiz e não jogava bola. Os árbitros erram para todos os times e esse discurso, na minha opinião, “apequena” o nosso time.

    1. Isso vai Além de torcer. Todo atleticano acha que foi prejudicado pela história. Ninguém reconhece a incapacidade de obter os resultados. Que juiz que nada, vamos jogar gente.

    2. Concordo com o comentário acima. disse tudo… a gente acaba indo na onda da imprensa mineira, principalmente a Itatiaia, que o Galo é prejudicado… precisamos preocupar mais em jogar futebol..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*