Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Cuidado com o VARgonha

Hoje é dia de maracutaia? Tomara que não tenhamos mais surpresas desagradáveis como as das duas últimas partidas, frente ao mesmo adversário de hoje, sendo uma pelo Brasileiro e outra pela Copa do Brasil. Na primeira delas e pelo campeonato nacional, a encenação ficou por conta do zagueiro Lucas Claro, que numa interpretação – com enredo de comédia dramática – levou o infeliz árbitro a providencial e aguardada marcação da penalidade inexistente.

Já a outra, desta vez pela Copa do Brasil, a encenação ficou por conta do jogador Nino. O árbitro até que, inacreditavelmente, não caiu naquela esparrela. Porém, o tal do inconfiável VAR entrou em ação e assegurou aquilo que todo mundo já sabia. Marca da cal. Foram assim os dois gols do tricolor sobre o Galo (1×1 e 1×2) nas partidas realizadas na capital federal da CBF, Rio de Janeiro.

Convém lembrar que, nos dois lances assinalados de penalidades inexistentes, um ator coadjuvante entrou em cena. Aquele ex-jogador do Galo, que aqui não deixou nenhuma saudade ou legado entre os Atleticanos, que foi encarregado de bater as duas penalidades. Ele, que nos deve algo em torno de 20 milhões de reais e já tendo esgotado todas as esferas judiciais tentando fugir dessa responsabilidade contratual, tem se notabilizado – além de mau pagador – por tentar apitar as partidas. Em todos os jogos do time carioca, esse – quase já – ex-jogador, não sai da cola do juiz pressionando a arbitragem. Via de regra, sem qualquer repressão dos sopradores de apito.

E é assim que vamos hoje, no Mineirão e sem a Massa, pegar mais um clube entre os protegidos por essa trama CBF/TV. Diria, antes de entrar no mérito da partida, que o saco do Atleticano está por um fio. Nessa reta final de três competições, caso essa palhaçada não mude esse roteiro, temo pela reação do Torcedor. Afinal são quase 50 anos de maracutaia em cima do Galo. Chega!

Para essa noite, como nas partidas anteriores da Copa do Brasil, não vamos poder contar com Nathan Silva. O jogador já atuou pelo Atlético-GO, enquanto esteve emprestado para a equipe goiana. No primeiro jogo, o treinador optou por escalar Igor Rabello ao lado do Júnior Alonso. Creio que essa deverá ser a zaga para a noite de hoje, embora Rever venha sendo – sistematicamente – utilizado pelo treinador em compromissos recentes.

O capitão da Libertadores, um dos ídolos da nossa história, vem sendo acionado nos finais das partidas para assegurar resultados fechando o sistema defensivo com três zagueiros.

Fora isso, qualquer pessoa que tem acompanhado o Galo já tem a formação que o treinador optou para essa maratona. Éverson, Mariano, como já disse Rabello e Alonso, fechando com Arana do lado esquerdo. Allan, Jair, Zaracho e Nacho. Creio que virá com Vargas e Hulk, embora eu sonhe com Diego Costa ao lado do nosso “incrível” super herói. Lembrando que Mariano e Jair estão suspensos pelo Brasileiro, por terem recebido o terceiro cartão amarelo. Não atuarão frente ao Sport no sábado próximo.

Para seguir na competição o Galo joga pelo empate, mas – time por time e mesmo considerando a ação nefasta dos fatores externos – temos condições de vencer e bem ao adversário carioca. Caso nossa classificação seja confirmada, nas semifinais – também decidindo na noite de hoje – o adversário sairá entre Fortaleza e São Paulo.

Que os Deuses estejam do nosso lado para fazer a Justiça Divina, pois aqui nessa terra, a dos homens que organizam o futebol brasileiro está no caminho oposto.

Que assim seja! Aqui é e sempre será Galo, po##@!

*fotos: Pedro Souza/Atlético

30 thoughts to “Cuidado com o VARgonha”

  1. Boa noite!
    Esperava uma goleada sobre esse time sem vergonha do fluCe, mas valeu pela vitória e classificação.
    Hulk é monstro. Disparado nosso melhor jogador.
    Diego Costa merece a titularidade. Vargas não fede nem cheira, eu acho. ..
    Savinho e os outros moleques voltaram pra base porque não é mais momento de experiências. Concordo. Porém, Keno tammbém devia ser emprestado e voltar ano que vem. ô sujeitinho sem vontade!
    Nosso meio campo com Zaracho, Jair, Allan, Nacho…tá esbanjando futebol.
    Galooooo!!!

  2. Hoje e sempre, é dia do Galo. Classificamos. 7,5 milhões no bolso. Bora escalpelar o Ixpó. Vamos fazer a mesma coisa na Libertadores, que fizemos na CB. Ganhar lá e aqui.

  3. Boa tarde a todos.
    Meu caro blogueiro, olha o que a CBF fez na véspera de um confronto com o Palmeiras.

    ” CBF admite erro de juiz que expulsou Patrick de Paula contra o Atlético-MG ”
    Qual interesse deles em revelar isso?
    E os demais erros que aconteceu inclusive contra o Galo, será que vão assumir que também erraram?
    Realmente, para sermos campeões esse ano temos que lutar contra o sistema e os esquemas escusos dessa instituição. CBF – ( Confederação Brasileira do Flamengo )

    1. Concordo integralmente com você. No exato dia que a Conmebol confirmou árbitro argentino para o jogo da Libertadores. Foi retaliação dessa CBF. Mas, acredite, as coisas mudaram. A maracutaia tá perdendo a força.

  4. Boa tarde Avila. Parece que o seu chororo deu resultado: indicado árbitros argentinos para o jogo da Libertas contra o Palmeiras . Só espero que não sejam torcedores do Boca, porque ai tamos lascados.kkkkkk …

  5. Bom dia,

    Como já disse, o juiz Cone mete mais medo do que o jogador, isso já faz tempo.
    No jogo contra o Juventude até no gol do Fluminense o cone já tinha feito sua arte da simulação.
    Esperamos hoje o time concentrado, no mais será dentro da normalidade.
    Coincidentemente só os nosso rivais mais comuns estão fazendo o mesmo nas competições da CBF, colocando torcida quando os adversários não podem fazer o mesmo.
    Falta de caráter também é comum nesse pessoal.
    Parece claramente que o Flamerda está sentindo a pressão e querendo melar a competição, próximos capítulos virão.
    Bom jogo a todos, com uma bela vitória.

  6. Bom dia para todos!
    Tenho duas dúvidas:
    Quando será marcado o pênalti roubado e as “justificativas ” da tal central do apito amigo. Esta última não saberei,pois não ouço essa gentinha chula.
    Saudações atleticanas!

  7. Eduardo e Canto do Galo, Bom Dia!!!

    O Time do Fluminense, o Tricolor do Eixo:

    Depois que perdeu para o Atlético pela Copa do Brasil, em 27/08/21, no Engenhão, o Flu fez mais quatro partidas, das quais venceu três e empatou uma, todas pelo Brasileirão.

    Os últimos quatro jogos do tricolor do eixo foram: Flu 2 x 0 Bah; Flu 1 x 1 Juv; Cha 1 x 2 Flu; e Flu 2 x 1 SP.

    Nos últimos dois confrontos o Fluminense teve menos posse de bola, porém foi mais efetivo que seus adversários.

    Contra o SP, no último domingo, no Maracanã, o Flu teve apenas 42% de posse de bola e conseguiu, entre oito chances criadas, converter duas em gol, num futebol pragmático.

    O 1ºT contra o SP foi morno, contudo, na 2ª etapa, a partida foi mais movimentada e violenta (nove cartões amarelos).

    Quando a partida estava empatada e caminhava para o final, o Flu, em jogada manjada e de contra-ataque com pivô em Fred, marcou o gol da vitória com o jovem e veloz atacante Luís Henrique.

    O primeiro gol havia sido feito pelo zagueiro Nino que desviou uma sobra de cabeça por Luccas Claro em lance resultante de uma batida de escanteio.

    E o gol do SP, ao empatar o jogo, foi de Reinaldo em batida de pênalti. Segundo a comentarista de arbitragem da TV, o zagueiro Nino, do Flu, deveria ter sido expulso no lance, porém o árbitro contemporizou a favor do tricolor do eixo dando apenas um amarelo para despistar e não ficar tão feio.

    Escalação provável do tricolor do eixo (4-3-3):

    Marcos Felipe, Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; André (Wellignton), Nonato (Arias) e Yago; Luiz Henrique, Caio Paulista e Fred.

    Oito são os desfalques do tricolor do eixo: Cazares; Manoel; Lucca; Martinelli; Gabriel Teixeira; Egídio; Ganso; Hudson e Nenê.

    Nenê teve o contrato rescindido amigavelmente com o Flu e assinou com o Vasco, sua nova casa.

    Sobre o bom momento do Flu, isso a priori e decerto decorreu da troca de treinador. Desde que chegou ao Flu, Marcão conseguiu dar nova motivação aos jogadores que parecem fechados com o treinador, um velho conhecido, aliás, do vestiário tricolor.

    Abre o olhoooooo, Diretoria!!!

    Vem aí o tricolor do eixo!!!

  8. Bom dia xará e amigalos!!!
    GALO hoje vai impor sua SUPERIORIDADE ABSOLUTA diante de um Fluminen”C” apoiado nas falcatruas de seu principal jogador, o FRED”SIMULADOR”CONE. Este ex jogador é a única esperança desta equipe que usa de artifícios de maracutaia para vencer seus jogos. Se eu fosse Cuca já partia pra cima deles com Keno, Diego Costa e Hulk no ataque para deixá-los malucos já no início da partida. Esse Fluminen”C” está merecendo uma coça a tempos!!! Apesar disso concordo que o GALO deve começar com Hulk e Vargas no ataque e Zaracho mais avançado. Esta tática de Cuca está dando certo e hoje teremos uma bela exibição e com isso a derrocada de mais um “queridinho da Confederação Brasileira de Falcatruas”. A mídia bairrista está engolindo seco!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  9. O presidente do Galo, o Coelho, até agora impecavel na sua gestão , invocou o fairplay esportivo pra não colocar torcedores contra este time que hoje enfrentaremos. Sou adepto, também , sem torcida lá. sem torcida aqui , justo , isonomia , pra usar o termo da moda, antes de entrar em desuso. Porém, contra adversario que ocupa o topo da cadeia alimentar da corrupção, do favorecimento, do roubo na mão grande , adversario que ocupa , junto com o outro famigerado classificadaço , a preferencia da entidade que tudo faz para favorecer , eu sou contra medidas eticas , eu sou a favor do jogo rasteiro, abaixo da cintura. O nosso time deve estar preparado hoje para enfrentar o antijogo, a retranca, o ferrolho na sua mais pura essencia, farão o antijogo , colocarão cem pessoas atrás, na defesa, incluindo os advogados do clube , que vez ou outra burlam as leis , a etica e a moral, catapultam este time pras divisoes de cima, substituindo o gramado pelo tepete , ases do tapetão, que a mídia do eixo chama de iluminados , genios do direito . Virão com chico buarque de libero , povoarão o meio campo e esperarão, como numa doença oportunista, um descuido nosso. Portanto, jogar do jeito deles , o que importa é a classificação. Time por time, estamos anos luz na dianteira. Começa hoje, galo , a nossa marcha pra vitoria , olho vivo, vivíssimo na arbitragem , no var

  10. Breve comentário sobre o Jair: bom jogador, tem garra, é efetivo, mas comete faltas escandalosas. No domingo, deu um carrinho por trás, perto da linha divisória, num adversário que estava de costas para nosso gol. Chegou feito uma carreta desgovernada. Resultado: cartão amarelo. Merecia cartão vermelho. Temo que, mais dia, menos, ele vai cometer uma falta dessas, vai ser expulso e vai comprometer time em alguma partida decisiva. É só esperar para ver. Eu, se estivesse no lugar do técnico, não o colocaria para jogar até que corrigisse esse defeito.

    1. Prezado Carlos Manoel,

      Percebi o mesmo e concordo plenamente. O Jair de hoje está se comportando como o Alan de pouco tempo atrás. Pontapés pelas cortas, carrinhos irresponsáveis ilustram suas faltas descabidas e grosseiras.

      Como vc bem observou, na maioria das vezes, o adversário está de costas pro nosso gol e sem oferecer perigo nenhum. Só Jair que tá vendo o perigo.

      Bom jogador, boa técnica, mas tá precisando de um “puxão de orelhas” a lá Telê Santana, que não permitia isso. Era bronca certa. Além disso, ele costumava por o cara no banco, até ele tomar jeito e praticar o futebol limpo. Um abraço e juntos pelo Galo hoje e sempre.

  11. bom dia Eduardo e massa. hoje vencer e vencer mas cuidado com a flor vão jogar retrancado e brigar por uma bola. então hoje raça e vontade de ganhar e por esta cbfluminence no lugar deles. galo 2×0.a galo nos deixa sonhar. vai galooooooo.

  12. Temo que seja marcado um pênalti hoje contra o Galo.
    Contra o FLU tudo é possível… Já vimos esse filme antes.
    Então Galo, decide logo a classificação, mata o jogo e não dá chance pro azar.
    Graças a Deus vou ver de novo o uniforme tradicional.. Ufa.

  13. Por falar em conspiração, não adiantou nada clamar por juiz estrangeiro para o jogo contra o Palmeiras pela Libertadores. Escalaram um juiz argentino que deve ser torcedor do Boca e está com o Galo entalado na guela. Simples assim.

    Quem espera perda de pontos do Flamengo nos dois jogos atrasados no Brasileirão, pode tirar o cavalinho da chuva. Os urubus vão treinar agora contra o Grêmio, que já foi goleado em Porto Alegre e será novamente no Maracanã e contra o genérico paranaense que ontem eliminou o Santos e vai “disputar” com eles a semi final da CB. Desse jeito, Galo e Flamengo vão decidir a CB. Galo campeão, é claro.

    No Brasileirão, basta ao Galo vencer os urubus no Maracanã e manter os cinco pontos de vantagem até o final para ser campeão. Quem se preocupa com o mengo pensando que ele vai encostar no Galo é porque acha que eles vão ganhar tudo, de todos até o fim. Ledo engano.

    E, na Libertadores, não só desejo, como tenho certeza que o Galo vai disputar e vencer a final contra o Barcelona de Guayaquil.

    Conspirar é bom, pois, desenvolve o raciocínio ficcional, desde que não fique repetindo a mesma coisa a vida inteira. Mas o que vale mesmo é time bom, diferente, inteligente, aguerrido, que não dá sopa para o azar e derruba qualquer articulação dos reis da malvadeza. Qualquer semelhança com o Galo de hoje não tem nada de coincidência.

  14. Bom dia a todos!

    O time tem nos passado bastante confiança com o comprometimento de todos em campo, passando a nítida impressão que estão todos com o mesmo objetivo, que é ganhar os jogos e em consequência os campeonatos. Se entrar assim, teremos enormes chances de passarmos rumo à semifinal. Mas devemos manter os pés no chão, quietinho e caladinho, que as coisas vão acontecer.

    Sobre a arbitragem, sei que ela tem nos prejudicado muito, mas sou contra ficar batendo sempre na mesma tecla. Vamos seguir confiando no time, se tiver um penalti contra, vamos fazer dois. Sei que isso irrita muito e nem sempre o time será capaz de ignorar os erros. Até porque, a sequência de erros acaba deixando o time nervoso, o que atrapalha o futebol. Mas acho que mandar energia boa, não começar a reclamar antes do acontecido.

    Sobre a arbitragem, o jogo de terça será apitado por um juiz argentino. Já é um bom sinal.

    Abraços!

  15. Bom dia!
    Espero que o Galão entre com vontade de massacrar esse time de caloteiros. Devendo a C e o cone devendo os cofres do Galo. Jogadorzinho mal caráter, sem palavra.
    Quero ver gols de Zaracho, Hulk e Diego Costa, pelo menos.
    Galoooooooooo!!!

    Espero que muito em breve esse lixo de emissora não transmita mais nenhum jogo do Galo!!!

  16. Bom dia a todos!
    Jogo muito difícil hoje à noite frente ao fluminense. O time carioca vem crescendo de produção no campeonato brasileiro e exige muita concentração e dedicação dos nossos jogadores para poder alcançar a classificação.
    Que o time entre com a vontade e postura que teve frente ao River e que não dê sopa para o azar.
    Que venha a classificação, mesmo que com sufoco.

  17. ERNEST .

    “….. aí não resta outra opção que não seja a de cumprir
    a máxima do Hino do CAM que recomenda vingar cada
    ALEGRIA LEGÍTIMA ROUBADA ”

    VOCÊ BRILHOU !!!!!

  18. Gente do Céu , os laterais deles são o Samuel Xavier
    e o Egídio , ou então o Danilo .

    Seguramente os nossos caras já entenderam que o
    mapa da mina está por ali .

    Não existe nada que possa dificultar nossa vitória ,
    bastando a rapaziada partir pra cima deles .

    Hoje o Hulk deverá mostrar , mais uma vez , como
    é feito o “arrastão” do Bem .

    Nem nada dessa história de árbitro, de VAR , ou o
    que quer que seja .

    Joga bola e goleia .
    Simples assim .

  19. “Diria, antes de entrar no mérito da partida, que o saco do Atleticano está por um fio”.

    Não posso falar (e nem digitar) pelos outros, mas eu já estou de saco cheio. Enquanto os perdedores justificam, os vencedores comemoram. Espero estar no segundo grupo.

    Abraços!

  20. Bom dia a todos. Noite de jogar como final. Nada de dar moleza a sorte com empate. Ir pra cima e não deixar esse timinho respirar e garantir tb, pq não, mas dindim na conta do galo. Sobre isso ontem li apenas a manchete sobre a dívida e que um dos mecenas não cobrará juros do valor investido no galo. Não podemos é cair na história do parmeira na época da Parmalat, por favor. Temos que estruturar o time para que o clube se torne auto sustentável e possa gerir suas finanças sem depender , como hoje dos investidores nesse porte. Claro que o time sendo bom, seremos uma vitrine para investimentos, tanto em jogadores como na marca GALO.
    VAMO SIMBORA GANHAR MAIS UMA GAAALOOO!!!!!

    1. Vamos torcer com alegria. Nosso time voando. Ganha tudo. Ódio não. Botafogo é Botafogo, Selecinha é Seleção. Todos nossos adversários merecem respeito. São apenas adversários ,ñ são inimigos ñ. Arbitragem, cbf. ,televisão já tá chato.

  21. Bom dia, Eduardo, atleticanas e atleticanos.

    Hoje é dia de Galo. Dia sagrado e consagrado à melhor torcida do mundo. Tudo o que o Galo precisa fazer é entrar em campo e jogar o futebol pragmático que tem moldado o seu sucesso nesta temporada. Futebol inteligente, compacto, harmonioso entre os setores em campo, motivado e motivador de titulares e reservas, que encontra dificuldades, mas consegue solvê-las em campo e no tempo certo.

    Fatores extra campo que fogem do controle do Galo e do CAM, tais como CBF, TV, VAR, juiz, atleta caloteiro, CIA, etc. (ainda bem que a KGB foi extinta e não atrapalha mais), devem ficar no seu devido lugar, ou seja, não podem ser levados para dentro do campo. Que fiquem só na órbita da conspiração. O Galo e seus atletas têm futebol de sobra, aliado à uma consciência coletiva que tem feito a diferença e levado o time a jogar com raça, disposição e solidariedade.

    O adversário de hoje, tinhoso e versado nas manhas e artimanhas de complicar jogos, deve ser tratado como tal e o equilíbrio emocional do time do Galo deve se impor a qualquer atitude negativa desses atletas. Afinal, o Galo já entra em campo com a classificação garantida e não pode dar vez ao azar.

    O GALO ESTÁ VIVO E ATIVO, DIFERENTE E INTELIGENTE COMO NUNCA FOI E CAPAZ DE RESOLVER A SUA VIDA DENTRO DO CAMPO.

  22. Bom dia, prezados atleticanos

    Pelo futebol que o time está jogando, temos motivos de sobra pra confiar na classificação. Não só pela convincente vitória de 2×1 no Rio, mas pelo domínio do jogo, sem dar chances ao Flu. Os craques Nacho, Hulk, Zaracho, Allan e Arana jogaram demais.

    Se for preciso lançar mão do regulamento, tudo bem. Afinal, eles é que precisam da vitória com diferença de 02 gols. O empate é nosso.

    No entanto, a vocação deste time é buscar a vitória, é ganhar. E como complemento, o sistema defensivo está sólido, firme e eficiente, como não víamos há anos. Ou seja, é duro fazer gol no Galo. Os caras têm que batalhar muito.

    Essas qualidades nos proporcionam os melhores dos sentimentos: alegria, confiança, euforia, admiração e esperança. Aliás, muita esperança de títulos, no plural, sim senhor. Temos um elenco bom de bola e comprometido. Bora classificar, Gaalôôô!!

    1. Alvinho,

      Bem lembrado por você da consistência defensiva do Atlético, como há muito não se via.

      Depois que o Nathan chegou paramos de pedir a contratação de um zagueirão…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.