Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Creio em ti meu Galão da Massa

Se não tivesse confiança e crença no seu poder de reação, na sua capacidade de jogar – ainda que distante – em sintonia com os anseios dos quase 10 milhões de Atleticanos, nossa relação teria capitulado nos primeiros tempos de convivência. O que nos faz diferente, e sabemos que isso incomoda a uma minoria e até a torcida do eixo, é nossa incrível capacidade de superação.

Quando eu era mais jovem, e essa fase já ficou bem distante no tempo, era comum, a cada mal resultado do time em campo e nas perdas de títulos – fossem por nossa incapacidade ou por aquela maracutaia que conhecemos – dar nossa relação por encerrada. Depois, sorrateiramente, voltava a te procurar e sempre era bem acolhido e seguíamos pela caminhada da vida.

Tivesse hoje vinte ou menos idade, seguramente estaria vivendo esse conturbado momento de separação. E sempre que isso acontecia, tentava vender caro meu retorno, mas derretia nos seus braços na primeira vitória seguinte. Hoje, não posso dizer que ainda não me chateia, mas já não me arrisco em anunciar nossa separação. Eita Galo!

Desde o fim de semana, quando o time conseguiu ser derrotado pelo América, numa sequência de maus resultados como os empates com Coritiba e Goiás, entrei num quase confinamento. Só não pude aderir essa condição de isolamento social, em função de trabalho e outros compromissos pessoais que não me permitiram. Paralelo a isso, conversando com gente do Galo e com Torcedores, sinto que a equipe há de reagir e mostrar aquele jogo que encantou à Massa e até mesmo adversários.

Espero que hoje, distante da Torcida, o time comandado pelo Mohamed – que ainda precisa provaram a que veio – mostre sinais claros dessa mudança de postura. Não só vencendo o jogo, mas também convencendo ao Atleticano que esse elenco e treinador merecem a nossa confiança.

A ausência do Hulk, será uma boa oportunidade de mostrar aos que ainda desconfiam do elenco, que temos substitutos à altura de buscar os resultados e títulos. Por falar no nosso ídolo e super herói Atleticano, aquele arremedo de STJD – como já fez em 2012 – recebeu denúncia e pretende enquadrar o jogador do Galo no artigo do Código Disciplinar por agressão física no jogo com o Coritiba. Já fizeram isso no passado, e esses calhordas, comprovam que o Tribunal – assim como a arbitragem – funcionam para massacrar quem ameace a hegemonia do eixo no futebol brasileiro.

Recentemente, por reclamação do FluminenC, o departamento de arbitragem penalizou um árbitro de vídeo. Fizeram vistas grossas ao frouxo, ou mal intencionado, que corroborou com o juiz em campo e fingiram não ver que um jogador do Galo foi agredido num lance de jogo. Refiro ao lance de Danilo, do Goiás, que por pouco traria maiores complicações para a sequência de Guga na carreira. Assim caminha a cbf, aquela prostituta do futebol brasileiro.

Sem, então, Hulk – suspenso pelo terceiro cartão amarelo – e ainda Godín, que faz trabalho para recuperar sua performance física; e ainda com Mariano, Vargas e Dodô, todos no DM, o Galo seguiu para Bragança Paulista. Acredito que vamos de Éverson; Guga, Nathan Silva, Alonso e Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho; Keno e Sasha. É o que temos de melhor e disponível, assim entendo.

E se conseguir vencer, vamos ter uma partida a mais que os concorrentes, e sequer reassumir a liderança. O atual líder, Corinthians, quem diria, já fez 12 dos 15 possíveis e nós perdemos sete pontos para América (três), Coritiba e Goiás (dois cada). Pode isso?

*fotos: Pedro Souza/Atlético

18 thoughts to “Creio em ti meu Galão da Massa”

  1. Apesar da não derrota ontem, continuo achando que o Turco não é o treinador ideal. Tal afirmação não quer dizer que o fofoqueiro J J seja o ideal.

  2. Boa tarde xará e amigalos!
    Temos que ser otimistas porque o time é bom mesmo sem Hulk. Espero que Keno, Sasha e Cia resolvam logo no primeiro tempo porque contar com Savinho, Fábio Gomes e outros foguetes molhados do banco não dá…..
    GALO 1 x Braga 0

  3. Bom dia! Jogo duro hoje, em todas as anteriores partidas entre o Atlético-MG e o Bragantino, se não me engano, nenhum deles conseguiu sair vitorioso. O Galo está sob pressão, o resultado adverso pode gerar um crise e terminar definitivamente a “lua de mel” entre torcida e o time. Não vejo terra arrasada (termo muito em moda atualmente!), mas algumas mudanças tem que acontecer, notadamente no setor de meio campo, a marcação está “frouxa”, jogadores muito distantes uns dos outros e, ainda, vejo Allan sobregarregado. Cabe ao Turco promover as mudanças e ajustes necessários e aos jogadores serem mais efetivos e menos egoístas em suas escolhas diante do Gol. Quando STJD, é altamente questionável e suspeita a sua postura, porque a suposta agressão de Hulk foi analisada pelo VAR e imediatamente punida com o Cartão Amarelo, sequer foi mencionada na súmula do jogo, o mesmo aconteceu a clara agressão do jogador do Goias (cadê o diligente STJD?). Abre o olho Diretoria Atleticana, tem que barulhar, reclamar, mostrar o quanto existe de tendenciosidade no futebol brasileiro! Os adversários são muitos e estarão dentro e fora de campo! Que hoje começe a reação!

  4. Não estou com bom pressentimento para o jogo de hoje. Sei não. E a galoucura, que papelão, hein ? Depois de um político falar abertamente, para risos da platéia, que era cruzeirense e torceu para o América contra o galo, foi mendigar uma foto com o mesmo. Cada uma !!

  5. Bom dia, todos! Hoje é quarta, um dos dias em que eu mais gosto de assistir jogos do Galo. Depois de um dia de trabalho e de ter pago muitos impostos na minha pequena empresa, chego em casa, coloco a cerveja para gelar, preparo a carne de sol com mandioca e aí vou festejar mais um grande jogo do Galo. Ops me esqueci, não estamos mais em 2021, não tem mais nenhum grande jogo, agora é a versão sofrimento. Se o amor não fosse tão forte nem assistiria o jogo, mas lá estarei eu na frete da TV, xingando, sofrendo,mas se ganhar, a felicidade com o time retorna. Mais uma vez eu digo, não acredito no trabalho do Turco, mas estou torcendo muito para estar errado e que ele cale a minha boca, pois o Galo está acima de qualquer vaidade. Amanhã estarei aqui dando adeus ao Turco ou então pedindo ele na seleção brasileira. Sou torcedor, “especialista”, corneteiro, mas acima de tudo sou Galo com muito amor.

  6. Bom Dia! Em primeiro lugar, desejo declarar que respeito muito seus textos. Todavia, o assunto arbitragens, está sendo massacrante. Dia sim, outro também o assunto volta à pauta. Embora reconheço que nossos arbitros são fracos. Ontem notei que o Sr.Toski Marquês, já não tem o escudo FIFA. Nunca foi merecedor. passividade da diretoriadeve ser cobrada. Quanto ao jogo de hoje, vamos aguardar. Embora a desconfiança seja grande.

  7. Bom dia!
    Nessas alturas da vida, já não existe hipótese de minha parte, em terminar o relacionamento com o Galo, mas…tenho muita facilidade pra romper com treinador, diretor e jogador que não estejam fazendo bem o seu papel. Minha corneta está no jeito pra soar bonito contra El Turco e Rodrigo Caetano, se as coisas não entrarem no eixo a partir de hoje.
    Quanto ao STJD maligno, que nossos jogadores, especialmente Hulk, o chorão, fiquem espertos pois essa turma é do mal.

    1. Pois é, vai entender este tal de STJD, pois, que eu saiba, o STJD não se manifestou sobre a entrada criminosa do Danilo Barcelos no Guga. Saudades do Dr.Lásaro Cândido, como diretor Jurídico do Galo.

  8. bom dia Eduardo e massa. se galo não vencer hoje que EL turco não volta para Minas e que vaza para Argentina e leva Godin aposentado e Fábio bosta. e que está diretoria acorda.vai galoolooo.

  9. Bom dia Massa e Guru

    Uma das frases mais ouvidas no início de temporada era “O galo é o time a ser batido”.
    Faz sentido, pois nosso adversário de hoje, sem justificativa, poupou 8 de seus titulares no último jogo contra os Gambás, fato este desconsiderado pela imprensa do eixo para enaltecer a vitória de seu protegido.
    Mas o time está sob pressão e qualquer resultado senão a vitória o coro “FORA TURCO”, será cantado em alto e bom tom.
    Como já expus aqui, Turco deve ser cobrado assim como também os jogadores, mas pedir a cabeça do técnico é para mim sinal de retrocesso, e até hoje ninguém que está pedindo a cabeça do técnico, foi capaz de responder quem poderia substituí-lo.
    E quando alguém abre a boca para indicar o substituto, sai uma bizarrice destas: Ontem numa live à noite ouvi de um comentarista (que tenho até admiração e respeito, por sinal), solta a seguinte frase: Se a vitória não vier, Turco tem de ser trocado. Aí no chat alguém perguntou: quem seria o substituto?
    E o comentarista saiu com esta pérola: “qualquer um”
    Como diz o nobre amigalo Barata: “È pracabá”

  10. Brasileirão – jogo 06/38 – Bragantino (fora) – Preocupa ver como o sistema defensivo piorou.

    A facilidade com que o Goiás fez 02 gols deixou a Massa ressabiada. Da mesma forma, no gol da vitória do América, o cara surgiu livre, leve e solto prá finalizar. Assim fica difícil.

    Quando Everson está tendo que “operar” milagres é porque algo tá errado na marcação. Um time sólido evita que bolas cheguem ao goleiro.

    O Braga é jovem, adota muita correria e faz marcação alta. É pedreira, mas também uma oportunidade do time reagir e fazer um jogo digno do atual campeão.

    Vamos torcer por melhor acerto defensivo e aproveitamento das chances criadas, mesmo sem o ídolo Hulk.

    Nossos pontos perdidos: 05 (casa) e 02 (fora), num total de 15/114 pontos disputados. Pontuar fora, Gaalôôô!

  11. Bom dia, prezados Atleticanos

    Hulk está perdendo a vaga na Copa, por culpa exclusiva dele. As chances já são naturalmente remotas porque Tite e sua Comissão tem flagrante fidelidade ao grupo sistematicamente convocado.

    Hulk reclama demais da arbitragem, ao invés de jogar bola e ignorá-la. Recebe cartões amarelo em série por seu comportamento em campo e acaba prejudicando a si e ao Galo.

    De olho no juiz e seus auxiliares já estão: o VAR, as demais câmeras da TV, a imprensa falada e escrita, a Comissão de Arbitragem, a Diretoria, a torcida, etc.

    Ao insistir em utilizar seu status de craque para reclamar da arbitragem, Hulk fica exposto aos olhares de Tite (que não gosta deste tipo de atitude) e, consequentemente, fica cada vez mais longe de defender a seleção no Catar.

    1. Amigalo Alvinho

      Hulk perder a vaga na seleção, para nós torcedores é até favorável, mas as bizarrices de cartões amarelos também está contaminando os demais jogadores, como Allan no último jogo. Estamos a apenas na quinta rodada e quatro jogadores já cumprirão ou estão cumprindo punição.
      Mas uma pergunta: já que o Hulk é reclamão porque então não colocá-lo como capitão? Pelo menos os juízes serão mais condescendes nas reclamações dele.

  12. Bom dia, Eduardo e Canto do Galo!!!

    O Time do Bragantino:

    O Massa Bruta, a exemplo do Galo, mantém a base do time da temporada passada, quando terminou o BR21 na sexta colocação. O técnico Barbieri, há bastante tempo em Bragança, faz ótimo trabalho à frente do time.

    A equipe é jovem, rápida, organizada e está confiante, a despeito da derrota em casa para o Corinthians no domingo (0 a 1).

    Com muitos desfalques em razão de equipe poupada por causa da Liberta, além do treinador afastado por COVID 19, o Bragantino até jogou melhor, sem fazer um grande jogo, e poderia ter vencido o Timão. Com a derrota o time do Red Bull perdeu uma invencibilidade de 14 jogos em seus domínios.

    No BR22 está em 5º lugar com 8 pontos (2V, 2E e 1V), tendo feito 8 gols e sofrido 4, num saldo de 4. A equipe tem a melhor defesa da competição.

    Na Libertadores é o 2º colocado do Grupo “C” com 5 pontos (1V, 2E e 1 d), em posição desconfortável na tabela, mas a exemplo do Galo no grupo “D”, deve pular de fase (oitavas de final).

    Na Copa do Brasil venceu o Goiás por 1 a 2 como visitante no 1º jogo; o jogo da volta será em casa, devendo passar para a 4ª fase da competição (oitavas de final), a exemplo do Galo contra o Brasiliense.

    O jogo contra o Galo será às 20h30 no Estádio Nabi Abi Chedid, o Nabizão, com capacidade para 15 mil torcedores. O estádio, que passou por reformas recentes, pertence à empresa Red Bull e tem um ótimo gramado natural.

    O provável Massa Bruta, num 4-3-3 ofensivo, deve ser:

    Cleiton;

    Andrés Hurtado (Aderlan), Léo Ortiz, Renan e Ramon;

    Eric Ramires (Jadsom), Lucas Evangelista e Praxedes;

    Sorriso, Artur e Ytalo.

    Em Bragança Paulista, os jogos entre Galo e Bragantino são sempre equilibrados e o empate é o resultado que prevalece.

    Ano passado, no BR21 em Bragança, Bragantino e Galo empataram em 1 a 1 numa partida dominada pelo Atlético com o Red Bull se segurando atrás e saindo nos contra-ataques.

    Pelo momento ruim do Atlético e ausência de Hulk por suspensão, não há falar em favoritismo do Galo nessa partida.

    Se não perder o jogo, o Galo terá saído no lucro pelo ponto ganho fora de casa em caso de empate. Uma vitória seria importante para voltar a confiança abalada do time pelo momento de instabilidade na equipe e para compensar a derrota contra o América em jogo de mando de campo atleticano.

    Já em caso de derrota o ambiente de pressão e clima hostil serão inevitáveis na Cidade do Galo.

    Em suma, um joguinho perigoso e que não dá para cravar de antemão nenhum prognóstico.

    1. ERNEST ,
      pelo que tenho acompanhado , Aderlan , Jadson , Hyoran e Helinho são titulares do Red Bull .

    2. Caro Ernest!
      Suas análises, informações e prognósticos em relação ao adversário do Galo são sensacionais. Parabéns!! Você, em poucas linhas, dá um vareio de “bola” na mídia esportiva. Continue nos brindando com seu texto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.