Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Contagem regressiva para mais-valias

Além da decisão do Mineiro, no próximo sábado, o Galo está afiando as esporas para o início de uma verdadeira maratona de disputa de títulos importantes que fazem parte da nossa galeria. Logo na sequência, serão iniciados os jogos da Libertadores e do Brasileiro. Nos próximos 60 dias serão 16 jogos, entre os dias 02 de abril e 25 de maio, sendo sete pelo BR, dois pela CB, seis da Libertadores e essa decisão do estadual.

Maratona para time grande e que tem elenco. Não é qualquer clube, brasileiro ou não, que tem condições de enfrentar um longo período com jogos no meio e aos finais de semana, em busca de títulos. Somos os atuais campeões de Minas Gerais, duplamente do Brasil, e chegamos invictos nas semifinais da Libertadores da temporada de 2021. Campeões do Brasil da série A. Esse negócio de Segundona, “foi um rio que passou em minha vida”. Vapt vupt! Caímos e voltamos no campo com brilhantismo. Naquele ano, só para registro, fomos além de campeões da série B, recordistas de público do Brasil.

Nessa loucura de calendário do futebol brasileiro – inclui-se aí também as competições organizadas pela Conmebol, todas elas tem data para terminar antes pela famigerada e a cada vez mais sem motivação Copa do Mundo. Felizmente, ainda assim preocupante, temos um grande e competitivo elenco. Costumeiramente afirmo e até listo aqui que temos 20 jogadores em condições de titularidade para manter o futebol do Galo entre os melhores e mais vistosos do Brasil, das Américas – consequentemente – do Mundo.

Se os títulos distantes um do outro já incomodavam essa gente, agora com essa condição de multicampeão (inclua-se aqui a Supercopa) ainda tem de tolerar aquele instituto IFFHS – Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol – colocar o nosso time na lista dos melhores times do mundo. Recentemente, em suas últimas divulgações, o Galo oscilou entre a liderança e a terceira posição deste ranking. Galo, Chelsea e Palmeiras se alternam nas três primeiras colocações. Já entre os dez principais clubes de futebol do planeta, porém atrás do nosso Galão Querido, estão Ajax, Manchester City, Bayern, Real Madrid, PSG e o queridinho da tv e cbf, conhecido no Brasil como Flamídia.

Não é por acaso que a rede esgoto de televisão, que compra os direitos de transmissão e manipula horários ao seu interesse comercial sistematicamente em sua programação, insiste em ofender a imagem do glorioso Clube Atlético Mineiro. Como consequência disso, estamos assistindo a árbitros medrosos dentro de campo, não marcando lances claros em prejuízo do Galo. Foi assim que, ano passado, pelo Brasileiro, oito penalidades não foram assinaladas a nosso favor. A mais vergonhosa entre tantas – como duas na partida com o Santos – foi aquela com o Atlético de Goiás. Paulo Roberto Alves Júnior e Raphael Claus os nomes das duas feras. Pois que, essa mesma tv bobo, insiste em mencionar as 11 penalidades a favor. Ora, pois, as 19 foram claras. O Galo tem um ataque arrasador e só é parado em lances faltosos mesmo.

Pois agora, até aqui no território mineiro, algo estranho vem acontecendo. Ao que parece, o midiático comprador de time que vivia em processo quase falimentar, vem agindo para tentar levantar e justificar seus milhões utilizados na compra da instituição. Não sei ao certo quanto foi o investimento. Falou-se em 400 milhões, depois 50, mas parece que só colocou 23, e isso pouco importa. Isso é economia interna. Porém, querer levantar às custas de eventuais erros em campo, não! Jamais vamos admitir. Podemos perder, isso faz parte do futebol, desde que em campo. Com esse expediente de prorrogações até que saia o gol do interessado, reitero, aqui não! Foi assim frente a Caldense e Democrata, quase também com o Vila Nova.

A penalidade, chorada pelo dono do adversário e alguns de seus torcedores na partida do turno, foi claríssima e indiscutível. Porém, em função dessa sistemática e organizada orquestração, gastou o juiz ser chamado pelo VAR. Seria uma vergonha se deixasse o jogo seguir. Agora, nessa partida única – que coloca o primeiro e terceiro colocados em condições idênticas, a Massa tem se mostrado atenta a eventuais manobras.

Ano passado, na última partida, por pouco o Galo perde o título num pênalti inexistente. Pois, para quem ainda não sabe, o árbitro será o mesmo daquela oportunidade. Além dele, alguns outros profissionais da arbitragem daquela partida estarão em ação nessa final. Lembrando que, além do juiz principal, temos ainda dois bandeirinhas, quarto e quinto árbitros, inspetor, árbitro de vídeo, quality manager, AVAR e observador de VAR (esses últimos são hilários). Tudo isso no borderô da partida, cujo mando é da fmf. Pode isso, Arnaldo?

Em tempo: nem mencionei, ainda, sobre a zona na venda de ingressos ontem à tarde. Que desrespeito com o torcedor. Site que detonou muita gente que tentava comprar seu acesso. Ah! Não é causa própria, eu estarei lá como das últimas vezes: “vou de arquibancada pra sentir mais emoção!”

*fotos: Pedro Souza/Atlético

15 thoughts to “Contagem regressiva para mais-valias”

  1. Não podemos pensar em perder o titulo, o jogo é nosso, como sempre as marias irão tremer, vamos galo.

  2. Vai Galo lindoooo!!! Contra tudo e contra todos. Não aceito outro resultado final que não for o título, aconteça o que acontecer nos bastidores. Não tem gordão famoso e influente que vai nos intimidar.

  3. Depois daquele famigerado 6×1, a maior marmelada do futebol brasileiro de todos os tempos, eu não duvido de nada. Incrível como a mídia se cala sobre aquela partida, não é preciso ser nenhum expert em futebol para perceber que houve maracutaia para salvar as frangas. A escalação do juiz e de outros profissionais que não nos trazem boas lembranças justamente em mais uma final me faz ter calafrios. Precisamos ficar alertas para que a história não se repita. Olho neles.

  4. Sei não viu…
    Tô achando que essa FMF e essa tvbobo tão armando maracutaia pra cima do Galo, eles sabem que o csa MG
    não pode acabar de vez e vão tentar nos prejudicar pra ajudar o Ronaldo vender a Champios rural como se fosse uma Champios League. Tô sentindo cheiro de sacanagem,e por falar em sacanagem; ontem no crássico dos irmãos siameses safados do RJ parece que houve sacanagem em favor do ” mais terceirizado”

  5. Tenho certeza que o Galo já ganhou. Nosso time no primeiro clássico, era menos entrosado que esse, e mesmo assim massacrou o Cruzeiro, mas perdeu muitos gols. Estou confiante até em goleada, no sábado.

  6. Boa tarde amigos do Galo. O futebol que o NOSSO GALO está jogando, ainda está muito distante do que esperamos, principalmente considerando que temos o melhor elenco do Brasil, e que, o nosso time alternativo é de fazer inveja a muitos times da série A. Isto preocupa, porque as grandes disputas estão chegando, estamos a poucos dias do Brasileiro, Copa do Brasil,Libertadores etc., e eu, sinceramente não vejo o NOSSO GALO jogar e convencer, diria até, que o futebol apresentado dá para o gasto(Mineiro), mas é muito pouco para quem quer ganhar os principais torneios do futebol .

  7. Bom dia Eduardo e massa! Não gostei do horário de venda dos ingressos, eu particularmente estava trabalhando e apresentando projeto pro meu chefe as 16 hrs…acho que deveria começar ou na hora do almoço ou após as 17. Pois bem, acabei comprando depois um laranja superior por 190 mesmo, fazer o que.
    Muito feliz pela volta do Mineirão dividido, isso faz parte da mago do futebol e o clássico não é o mesmo com torcida única. Saudade da época do ‘empurra as bichas’, que sempre ocorria devido à nossa hegemonia nas arquibancadas. Quanto ao jogo, espero que os jogadores saibam o que significa…não se trata só de um título de um campeonato mineiro, acho até que isso é o de menos. Se trata de mostrar a diferença entre quem se acha o Maior de Minas e quem realmente é e sempre foi. Turco tem que entender que essa partida pode ser um divisor de águas entre o mesmo ter apoio incondicional da torcida ou não nos fortes desafios que teremos. Que o time jogue com raça e honre a camisa alvinegra, a maior e mais tradicional de MG

  8. Bom dia Massa e Guru

    O Atleticano tem motivos de sobra para confiar no título, afinal temos o melhor elenco, praticamos o melhor futebol, somos mais organizados e somos os melhores em todos os quesitos.
    Mas é bom colocarmos a barba de molho (não a sua nobre Guru), pois sinto que há um trabalho de bastidores por parte da imprensa, FMF, juntamente com esta tv lixo, para ressucitar um defunto azul e consequentemente fazer gracinha pro gorduxo.
    E nada melhor para esta propaganda do que um título encima do seu maior rival. E como eles estão enfiando os pés pelas mãos na tal SAF, um resultado positivo contra o Galo, seria um ótimo motivo pro Gorduxo aprovar as coisas do jeito que ele quer.
    Enfim, vamos pra cima deles e vamos acabar com esta bandalheira que se instalou no ruralito.

  9. Galo campeão de tudo ano passado foi disputar supercopa com a carniça que foi campeão da liga mangue. Além disso a disputa foi em campo “neutro” lá na pqp sem nenhum tipo de vantagem ao melhor time do Brasil. Agora, o melhor time do Brasil, também melhor em tudo na liga Alterosa, vai jogar em campo neutro, com torcida dividida e sem levar vantagem em nada. Isso é um acinte! Isso é uma vergonha! É o Galo contra tudo e contra todos. Que os jogadores em campo sintam o espírito de revolta da Massa e sapequem uma goleada nesse ex time conhecido agora como CSA-Maria!

  10. Bom dia Eduardo e massa! Não gostei do horário de venda dos ingressos, eu particularmente estava trabalhando e apresentando projeto pro meu chefe as 16 hrs…acho que deveria começar ou na hora do almoço ou após as 17. Pois bem, acabei comprando depois um laranja superior por 190 mesmo, fazer o que.
    Muito feliz pela volta do Mineirão dividido, isso faz parte da mago do futebol e o clássico não é o mesmo com torcida única. Saudade da época do ‘empurra as bichas’, que sempre ocorria devido à nossa hegemonia nas arquibancadas. Quanto ao jogo, espero que os jogadores saibam o que significa…não se trata só de um título de um campeonato mineiro, acho até que isso é o de menos. Se trata de mostrar a diferença entre quem se acha o Maior de Minas e quem realmente é e sempre foi. Turco tem que entender que essa partida pode ser um divisor de águas entre o mesmo ter apoio incondicional da torcida ou não nos fortes desafios que teremos. Que o time jogue com raça e honre a camisa alvinegra, a maior e mais tradicional de MG

  11. Olá amigos da bola!

    CHEIRO DE ARMAÇÃO NO AR!

    Eu, sinceramente, achei muito estranho Galo não pedir arbitragem de fora!

    Pior, ter aceitado juiz que todos dizem ser torcedor do rival. Que já nos prejudicou e muito!….

    Perceberam que “a mídia” força a barra, faz campanhas indiretas contra o Galo, e a favor do rival?Todos viram em campo e fora dele, o resultado…..

    Sabemos que nos bastidores do futebol ocorrem coisas escusas!….

    Não me surpreenderá, se o Galo perder o título. Lembram do esquema 6 a 1? Pois é!…..

    Penso que naquela oportunidade, a troco de muita bufunfa….. O presida “chefão” pede aos comandados para entregar.

    Os atletas indgnados com tal atitude, decidem perder de goleada.

    Todos viram os caras naquele jogo, andavam em campo. Triste recordação. Tentei até deixar de torcer para o Galo depois daquela entrega, mas, não deu! Uma vez Galo, sempre!…. Galo.

    Essa final, mais uma vez cheira a armação. Não faz sentido aceitar essa arbitragem, principalmente depois de tudo o que ocorreu ao longo da competição.

    Galo me parece conivente com tudo, de novo.

    Muito estranho!

    Tomara que seja apenas cisma de minha parte. Futebol/bastidores às vezes, são decepcionantes!

    Por isso, mais uma vez, não se surpreendam se formos derrotados!

    1. Prezado amigalo André,

      Eu penso o seguinte, quando o jogo é entre dois times no mesmo nível ou próximo disso eu concordo que um árbitro mal intencionado pode atrapalhar sim. Mas o cenário atual não é este, se o GALO jogar o que sabe o CSA-MG nem vai ver a cor da bola.

  12. bom dia Eduardo e massa. acabou a vida boa dos jogadores. etc.jogos 2 vezes por semana ou mais. já teve tempo para EL turco arrumar a equipe e saber quem são os 11 titulares. agora só penso eu que não entra com nacho preguiça e Godin aposentado no time titular se não a corneta vá piar nos ouvidos do EL turco. ainda penso eu que precisamos de lateral direito e esquerdo reservas para arana e mariano.otimo dia a todos amigalos. vai galoooooooooooo.

  13. Bom dia!
    Só peço que nossos jogadores entrem ligados, com a faca nos dentes, fogo nos olhos, e ao mesmo tempo com equilíbrio emocional pra não tomarem cartão de bobeira. Aí, meus caros, não vai ter pra essa orcrim, stjd, cbf, fmf, itatizeiro, globolixo, etc.
    Acho que nessas alturas El Turco já sabe com quem pode contar. Eu não confio em Godin. Prefiro Alonso ou mesmo o Réver. Mas…já estou mais tranquilo em relação ao Antônio.

  14. “Não sei ao certo quanto foi o investimento. Falou-se em 400 milhões, depois 50, mas parece que só colocou 23….” Na verdade, dizem, são 24.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.