Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Com a chave na Copa do Brasil

Não apenas por ser outra competição, com critérios e regulamentos diferentes, mas em se tratando de outra partida o confronto de domingo já ficou para trás. Naquela oportunidade, de maneira brilhante, o Galo superou ao urubu e somou mais três pontos na classificação. Agora, após o fechamento da rodada, estamos sete pontos de distância do líder. De volta ao G4, abrimos outros sete do primeiro na zona do rebaixamento. É sim um alívio, mas ainda vou chorar muito por resultados inaceitáveis nas primeiras rodadas.

A vitória, inegavelmente, deu novo folego ao Torcedor, ao time e – de maneira especial – ao treinador El Turco que estava na tampa da beirada. Sendo assim, fundamental será voltar a superar o Flamídia, abrindo – quanto mais gols – bom saldo para o segundo jogo no Rio de Janeiro em 13 de julho. Lembrando que na Copa do Brasil, já tem alguns anos, o gol qualificado (fora de casa) não é mais critério de desempate. Só mesmo o saldo de gols nas duas partidas. Nosso time deverá entrar em campo, exceção de Jair, com a mesma formação de domingo passado.

Paralelo a isso, nos bastidores as informações são reaquecidas a todo momento. Se saiu Godín, que poucas vezes atuou, Jemerson está sendo repatriado. Pavón, ao que sei, deverá iniciar seus trabalhos no início de julho. Cresce ainda a possibilidade de chegar Alan Kardec e sair Fábio Gomes. Em princípio as trocas me parecem boas, em que pese ter defendido e até depositava esperança na recuperação do zagueiro uruguaio. Alonso, emprestado até o final do ano, ainda depende de renegociação para a metade da próxima temporada. Seguro que estou do Mundial de clubes, o paraguaio será um grande reforço.

Mas, como hoje é dia de Copa do Brasil, vamos virar a chave. Espero que o time faça uma grande exibição, tal qual ou mesmo até melhor que no final de semana, frente ao mesmo adversário. Creio que Dorival estudou muito o Galo, espero que El Turco tenha feito o mesmo, não se baseando apenas no confronto que vencemos. O Flamídia, apesar do momento tenso que vive – em conflito com seus torcedores – é um adversário chato. Não bastassem aqueles “favorecimentos históricos”, tem um elenco qualificado. Jogadores experientes e até campeões mundiais.

Nessa Copa do Brasil eliminou o fraco Altos do Piauí, assim como nós o Brasiliense, com duas vitórias. A partir de agora, com o afunilamento, os confrontos passam a ser mais pesados. No caso, trata-se do maior clássico brasileiro de todos os tempos. O fato de eu estranhar, e até prova em contrário me manter em alerta, o Galo – em cinco decisões seguidas – tem decidido fora de casa. Ano passado, nas semi e final, vencemos os adversários – Fortaleza e Paranaense – por quatro gols de diferença, tornando o jogo de volta administrável e assim conquistamos a Copa do Brasil. Se se repetisse, seria o cenário ideal, mas nem projeto esse resultado. Temos de lutar, lutar, lutar!

Sendo assim, confiando no time e na reação tanto esperada pelo Torcedor, creio que Otávio deverá ocupar a vaga de Jair. Então o time deverá começar com Éverson; Mariano, Nathan Silva, Alonso e Arana; Allan, Otávio e Nacho; Vargas, Hulk e Keno. Sejam esses ou alguma(s) surpresa(s) do treinador, o que a Massa quer e espera é apenas comprometimento. Com isso, o resultado sempre acontece.

*fotos: Pedro Souza/Atlético

19 thoughts to “Com a chave na Copa do Brasil”

  1. Sou otimista por excelência, mas estou um pouco com medo desse jogo do nosso Galo lindo. Sou apaixonada pelo nosso querido Galo lindo, desde criança, mas acho difícil esse time carioca ser derrotado novamente, principalmente em sua casa, na lata de sua torcida.

  2. No blog do Chico Maia do facebook mostrando o Hulk dando orientação tática aos jogadores do Galo e depois fazendo uma palestra de motivação e o técnico El Turco só olhando igual o Messi fez com o Sampaoli na Argentina, estamos ferrados se depender dessa caricatura de treinador.

    https://www.facebook.com/blogdochicomaia

  3. Boa tarde!
    Não é por causa daquela bela vitória de domingo que passei a confiar no treinador e nos jogadores. A propósito, se eles resolveram jogar pra preservar o treinador, eles são muito é sem vergonha. Eu não confio neles. Confio na Massa que deverá mais uma vez empurrá-los pra vitória. Assim espero.

  4. Verdade seja dita, a equipe carioca virá com outra postura nesse jogo de logo mais, o time está sendo massacrado por causa da postura de seus jogadores dentro de campo e isso naturalmente força mudança de comportamento.

    O juiz escalado é do tipo “todo cuidado é pouco” senão apronta como já fez no passado, então, que o nosso CAM repita tudo aquilo de bom que fez Domingo, jogar com máxima intensidade, atenção redobrada no sistema defensivo, criar chances e fazer os gols necessários.

    De fácil, essa partida não vai ter nada, é sangue nos olhos e vai pra cima deles GALO… a torcida como sempre vai estar lá 100% no apoio!!!

  5. Que bom que o texto passou otimismo, o que acho politicamente correto. Mas não estou confiante assim não, o Turco é fraco, colocou Zaracho para jogar posicionado como um ponta tradicional, o que não se encaixa nas características do Zaracho. Depois colocou Jair avançado como um camisa 10 e Nacho recuado de volante. Nacho também não tem característica para esta função. Enfim, não confio no Turco, mas ele parece ter algum outro mérito, como a humildade, para contar com a sorte do destino. Quando Jair machucou o Turco foi obrigado a colocar o Otávio que é volante e colocar Nacho no lugar dele que é camisa 10 jogando no meio apoiando e subindo para o ataque. Posicionamento tão óbvio, mas o Turco não
    enxerga, precisou da ajuda do destino.

  6. Bom dia,

    Hoje tem Galo, isso já deixa o dia grande demais, como o jogo é as 21>30 hs, maior ainda.
    Essa sequencia de jogos com a mesma equipe nunca foi benéfica para a equipe que esteja melhor, o tempo do treinador adversário de estudar a outra equipe aumenta e costuma fazer diferença no segundo jogo, a mobilização também.
    Em se tratando de um clássico que estes jogadores que hoje estão no Galo com exceção talvez do Otávio, já sentiram na pele, então creio que a mobilização nunca diminuirá.
    Espero por um resultado que permita o nosso time ficar mais tranquilo para o jogo da volta, com a confiança de estar jogando muito bem fora de casa, exceção no jogo do Fluminense, espero por uma classificação.
    Não tem como deixar de mencionar o árbitro do jogo, um dos Sampaios, isso é uma afronta ao futebol Brasileiro e principalmente a importância deste clássico.
    Boa quarta e bom jogo a todos!

  7. Caramba ! Tomara que “El Turco” tenha lido sua análise e a aproveite para montar a estratégia do jogo.

  8. Eles virão REFORÇADOS do Gabriel (ele jogou domingo ? Ou ficou no bolso do Nathan ?) .

    O outro reforço deles é que David Chorão Luiz não joga .

    Fora os chavões da “virada de chave” que não quer dizer absolutamente NADA quando temos um grande jogo a ser jogado contra o Flamengaço , aguardemos mais uma vitória “na tora” pra cima dos caras .

    Quero nem saber de “subir marcação” , “jogador flutuar” , “atacar a profundidade” , “fazer a transição” , “ações com a bola” ( essa é de doer ) … tem que jogar é na porrada , metaforicamente falando .

    Chegar junto , dividir , espanar , porém sem CANELADAS daqueles de sempre .

    ‘Bora pro jogo !

  9. Bom dia Eduardo e amigos do Galo. Mineirão lotado, torcedor fazendo a sua parte, Galo motivado e voltando a jogar o futebol que nos tornou multi campeões, é este o cenário para o jogo de hoje a noite.Que os principais jogadores do NOSSO GALO tenham consciência de que este é o primeiro jogo, que o histórico para aplicação de cartões para os jogadores do Galo é preocupante. Um amarelo aqui, outro amarelo lá e o time pode chegar desfigurado para o jogo de ida. Vamos que vamos caminhando para o título.

  10. Bom dia xará e amigalos!!!!
    GALO tem tudo para despachar de vez o Time do Cheirinho de Urubu Carniceiro. Tem que entrar desde os primeiros minutos com “FOME DE GOL”. Atenção no adversário e no apito quase sempre inimigo. Éverson; Mariano, Nathan Silva, Alonso e Arana; Allan, Otávio e Nacho; Vargas, Hulk e Keno. Acredito também nesta formação para a partida de logo mais. E acredito na torcida empurrando os 90 minutos. Nosso GALO vai entrar determinado e atento para encher o CBFLA de gols. Volto a repetir que a sintonia entre nosso meio de campo e defesa é fundamental para a vitória. A segurança defensiva dá tranquilidade a Hulk, Keno e Vargas para furar a fraca defesa da Urubuzada. Essa é a receita de 2021 e que está voltando para 2022. VAMOS GALO FAZER ESSA MASSA FELIZ MAIS UMA VEZ!!!!!!!!!!!!!!!!

  11. Bom dia Ávila. O jogo hj não será fácil , meio campo sem Jair não é o mesmo, Otávio tem que entrar mais ligado e colar naquele arrascaeta , assim conseguiremos anular a Urubuzada. Ontem a mídia já começou soltar nota sobre a dívida do Galo tentando nos destabilizar, jogam sujo mesmo. Acredito eu que daremos uma boa resposta em campo hj . Abraço pra massa!

    1. De pleno acordo! Midia é o portal do Globo especificamente. A divida é realmente de 1,3 bi. Mas se abatermos 500 milhões do Shopping (com as devidas negociações para redução dos valores, como espero o Dr.José Murilo) mais 300 mi dos 4R’s, teremos uma divida de 500 milhões, que é quase nada, já que boa parte é fiscal e está equalizada. Mas vamos como sempre ganhar de todos! Vai Galô!

    2. Esquenta não amigalo, a reportagem é comida requentada que ninguém quer. Este tipo de maracutaia, já não surte mais efeito.
      O que vale é o futebol no campo e espero que hoje nosso time dê outra sapecada no protegido da mídia/CBF/STJD.
      Para isto, basta EL Turco repetir o mesmo esquema e nossos jogadores repetirem a mesma vontade da última partida.

  12. Bom dia, Canto do Galo!!!

    O Time do Flamengo:

    Provável escalação (4-4-2):

    Diego Alves, Matheuzinho, Rodrigo Caio, Pablo e Filipe Luís; Willian Arão, João Gomes, Andreas Pereira e Everton Ribeiro; Arrascaeta e Gabriel.

    Desfalques:

    David Luiz e Bruno Henrique.

    O jogo Rubro-negro:

    Na derrota por 2 a 0 para o Galo, no último domingo, o Flamengo correu muito errado.

    Ao tentar marcar a saída de bola no bloco alto com três jogadores para evitar a transição alvinegra a partir de Everson, o rubro-negro deu muito espaço nas beiradas ao time atleticano, inclusive para contra-atacar.

    Na perda da posse do Flamengo não se via o ataque à bola para recuperá-la tampouco a formação da linha de contenção dos volantes com meias para proteção da zaga. Com as linhas frouxas e distantes, sem compactação, o time mal armado por Dorival Júnior foi presa fácil para o Atlético que gosta desse jogo frouxo do adversário para jogar e vencer.

    Ocorre que Dorival Júnior parece ter enxergado o erro e decerto vai mudar a forma de jogar da equipe, que deve ser mais cautelosa, defensiva e atuar no bloco baixo para evitar tomar gols e levar a decisão para o Maracanã.

    Portanto, Dorival Júnior deve mudar o 4-3-3 para o 4-4-2, buscando com isso reforçar o meio-campo e mexer na lateral esquerda, trocando Ayrton Lucas, mais ofensivo, por Filipe Luís, mais defensivo. No meio-campo deve entrar com Willian Arão para dar mais proteção a zaga e qualificar a saída da bola e a transição.

    Em suma, o rubro-negro vai buscar cozinhar o jogo e tentar conquistar o empate para levar a decisão para o Rio de Janeiro onde o VarMengo é sempre muito forte.

    É bom lembrar que na Copa do Brasil o jogo é de 180 minutos e a primeira partida deve ser vista apenas como o 1º tempo do confronto que não apresenta favoritismos por essas nuances táticas e emocionais do jogo que é sempre clássico, emocional e muito pegado.

  13. Bom dia. Hj quero somente a vitória. Foco e determinação do time, atenção do treinador na escalação e na tática p sairmos com resultado positivo e se der com um certo alívio.
    Bora GAAALOOOOO!!!!

  14. Prezados Ávila, atleticanas e atleticanos!
    Vamos virar, momentaneamente, a chave do brasileirão e focar na copa do brasil. Temos time para impor mais uma derrota ao freguês urubu. Sem medo, vamos impor novamente o sistema do último jogo. O time do flamídia só anda quando o arrascaeta está inspirado. Basta neutralizar o arrascaeta para o time do flamengo se perder em campo. Provavelmente o time do flamerda virá modificado e muito provavelmente vão adiantar o arrascaeta para fazer dupla com gabigol. Isto porque vão povoar o meio-de-campo buscando um empate. Se o galo jogar com a intensidade do último jogo, venceremos com uma boa margem! Basta ter atitude, mas sem precipitação. Vamos novamente cozinhar “urubu” na panela de pressão marca GALO.
    Hoje e sempre, galo!!!

  15. Bom dia, prezados Atleticanos

    Tem sido dito desde a vitória do Galo por 2×0: “Será outro jogo, diferente”. Verdade. Só espero que o placar seja parecido. É mata –mata, jogo pegado.

    Eles virão modificados conforme divulgado. É preciso ficar ligado não só em quem será escalado, mas no novo desenho tático. Não vão jogar da mesma forma, pois as chances de nova derrota são grandes.

    Algumas observações: 1) Noticiaram que Arão vai entrar no lugar de Vitinho. Ou seja, vão povoar o meio campo para tentar dominar.

    2) Arrascaeta é o jogador mais perigoso deles. Só que nem ele, nem Gabigol e nem Éverton Ribeiro são velocistas de puxar contra ataques. Pode ser bom prá nós.

    3) Noticiaram, também, que Felipe Luis será o lateral. Savarino é que gostava. Felipe é técnico e inteligente com a bola, mas não aguenta velocidade.

    Vamos ver as estratégias dos técnicos. O Turco também deve sua “carta na manga.”

    Recado ao Allan e Nathan Silva: “nada de pontapé e cartão bobo, com os caras de costas pra nosso gol.” Vencer em casa, Gaaloôôô!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.