Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

Atleticano aprova Marcelo Oliveira

Caros companheiros galistas e amigos leitores deste espaço genuinamente Atleticano, confesso que havia tempos que não me deparava com tanta euforia pela contratação de um treinador. A última vez que a massa fez festa para técnico foi com o fiasco do professor Luxa. De lá para cá, embora tenham sido poucos, nenhum deles chegou ao Galo com tanta expectativa como o Atleticano Marcelo Oliveira.

Constatei apenas uma ou outra manifestação isolada de desconforto, a meu sentir, muito mais em função de sua passagem pelo lado de lá da lagoa, que foram por motivação técnica e/ou profissional. Li, reli, voltei a cada um dos comentários de leitores do blog e posso assegurar que o apoio incondicional da massa não irá faltar. E o comandante já acompanhou o time na viagem a Curitiba sem ao menos ter dado um treinamento. Isso é a mais pura manifestação de sua vontade de ganhar.

galo 210516 AB
Fotos: UAI/Superesportes

Destaco, aleatoriamente, 13 (número do Galo) comentários recebidos no dia de ontem com as postagens acerca da confirmação do nome de Marcelo Oliveira. Assim faço em homenagem aos fiéis leitores deste espaço – relembrando que “aqui é SÓ Galo” – e para que sirva de mais estímulo ao treinador – que tem a cara do Galo e no coração o sentimento Atleticano – neste início de missão.

Seguem:

Samuel Mizael:

“Nada como uma boa conversa, um olho no olho, uma aparação de arestas, um amor ao clube e um sentimento recíproco de fidelidade.”

Zé Carlos:

“É a melhor opção e não terá problema de adaptação, pois é da casa.”

Heitor Rocha:

“Sonho de todo Atleticano.”

Paulo Henrique:

“Depois da eliminação doída como a para o São Paulo, confesso que meu coração Atleticano abriu um largo sorriso.”

Tiago Lúcio:

“Agora, sim, alguém com o espírito Atleticano e que conhece nossa história.”

Roger Vieira:

“Agora, sim, o Galo será treinado por quem entende do ofício.”

João dahoraze:

“Marcelo + Galo = Brasileiro 2016. É matematicamente simples!!!”

Vieira:

“Atleticano é assim mesmo, ontem estava sentindo uma frustração danada, hoje a esperança por dias melhores é o sentimento mais latente.”

Zé Geraldo:

“Acho o Marcelo Oliveira o ideal para o Galo, além de bom treinador, tem a paixão Atleticana.”

Magno Oliveira:

“Aqui é a sua casa. Vamos pra cima deles Galoooo!.”

José Roberto:

“Que seja bem-vindo! Já tem o meu apoio.”

Texano:

“Espero que a torcida tenha paciência e deixe o Marcelo trabalhar. Agora temos técnico.”

Alvimar da Silva:

“Técnico no lugar certo, será vitorioso.”

38 thoughts to “Atleticano aprova Marcelo Oliveira”

  1. Obrigado, caro Dudu,
    Fiquei extremamente lisongeado por você tem lembrado deste humilde atleticano.
    Agora só falta o KALIL voltar.
    Abraços. Aqui é Galo Porra!!

  2. Marcelo, precisa ensinar este time do Atlético chutar de fora da área o time só quer fazer gol dentro da pequena área, e jogar com muita raça como é normal da camisa atleticana.

  3. Sou cruzeirense, e acho que o galo fez uma ótima contratação. O Marcelo é bom treinador, foi demitido covardemente pela diretoria do Cruzeiro ano passado, mesmo tendo treinado o time 1 semana antes com a mãe dentro do caixão sendo velada. Excelente profissional. Agora sim vocês são franco favoritos neste brasileiro, se o Marcelo arrumar a casa não vai ter time pra bater de frente. Já o Cruzeiro vai ficar no máximo entre os 8, isto se o Paulo Bento conseguir dar um padrão de jogo ao time, porque se não der vamos brigar pra não cair. Este ano vamos ter que dar uma de atleticano, viver de secar o rival…

  4. Meu grande amigo Eduardo (vulgo beato Salu). Aqui é o periquito. Fiquei decepcionado com o Nepomuceno. Se tivesse aceitado a demissão da primeira vez, com técnico interino ou não não teríamos saído nas semifinais. Um grande abraço.

  5. Marcelo seja vem vindo a sua casa novamente, presidente Daniel errou em querer mudar a cara e o jeito galo doido de jogar, saiu Levir e veio como Kalil tambem veio com Autuori e foi a lastima, queremos estilo de jogar para frente, como foi, galo se joga pra cima e marcacao alta, zaga aqui sofre no mano a mano, afinal aempre soi assim, Marcelo com o galo era covardia, Cerezo, Reinaldo, Marcelo e companhia, agora ele voltou pra fazer como foi com o mestre Tele, bom retorno gaooooooooo

  6. Estou feliz e esperançosa. Tomara que este ano sejamos campeões da Copa do Brasil e Brasileirão.

  7. Sinto cheiro de campeão brasileiro… Faço apenas uma ressalva: independentemente do resultado de domingo contra o paranaense, gostei da coragem e atitude do Marcelo para assumir o comando do time já neste jogo! Foi exatamente isso que faltou pro Aguirre durante todo o tempo que esteve no Galo. Aliás, tenho recordações muito boas de um certo Ronaldinho que chegou sem apresentação e foi diretamente para o C.T. treinar, sem festa, sem apresentação, sem perda de tempo. Ao receber a notícia de que Marcelo já estava comandando o treino do time, tive esta recordação do Ronaldinho… e o que veio depois disso todos nós já sabemos. Boa sorte Marcelo, boa sorte GALO!

  8. Técnico acho que é bom aqueles que são ousados, que sempre jogam para ganhar, logicamente atacando e se defendendo. Time que joga para empatar,já entra com tendência a perder jogo! Técnico, se ajudasse tanto, eles não seriam péssimos num time e no outro arrebenta! É tipo jogador também, vai da cabeça dele, da personalidade! O melhor técnico do Galo é o time dentro de campo; é bola no chão e não chute na canela time Leonardo Silva,Marcos Rocha e Leandro Donizete; cara feia, porrada, isso só demonstra o pouco futebol! E o Prato, o cara com a bola dominada, se é que consegue dominar bola, ele é ruim demais! O que ele fez com a bola do jogo contra o SPFC pela Libertadores foi o que sabe fazer, chutão, balão. Aquele chutão é a cara dele! Jogador tem que ser leve, ligeiro, inteligente, jogar no erro dos outros, sofrer falta ao invés de cavá-las, ou fazê-las! E sejamos francos, não tem coisa pior que ver um jogador se jogando, cavando falta, é vergonhoso para o futebol! Seja para meu time, seja de outro qualquer.

  9. Confesso que não fiquei triste com a queda na libertadores, pois vi aí maior chance para o brasileirão 2016. Nas duas disputas poderíamos perder ambas, e o Aguire poderia não ter caído. Agora com Marcelo vou encomendar a minha faixa.

  10. A euforia se deve ao que ele conquistou no rival??? Pq se não for, não vejo motivos…pois só lá ele fez algo positivo.

  11. Finalmente um treinador que joga pra frente!! eu já tava cansado de ver o time jogar com 3 volantes. Eu estou bastante otimista pro restante da temporada.

  12. Se é para o bem do nosso Galo doido, diga ao mundo que apoiamos. Vem ser campão Marcelo e seu filho Rafael irá chorar de felicidade, como nós.

  13. O que a torcida quer é ver o time jogar no ataque, exercer uma marcação apertada, ter velocidade tanto indo quanto voltando, praticar o chamado “futebol moderno”. Marcelo foi atacante, conhece a alma, conhece o espírito do CAM, conhece muito bem essa torcida que outrora tanto o incentivou. Tenho certeza que MO não deixará o Galo, quando ocorrer, sem ter ganho um título de expressão. Quem veste o manto do CAM fica eternizado. Por isso está de volta, reconhecido por Kalil de que os tempos são outros. Beleza de comentário, meu ex-presidente. MO com certeza tem apoio incondicional da Massa. Semana de tristeza e alegria. Aqui é só Galo, mais que doido!

  14. Era o que faltava para o Galo 2016/2017. Marcelo Oliveira, seja bem vindo à sua casa. A Nação Atleticana tem representante agora.

  15. Torço pelo Marcelo Oliveira… gente fina e muito bom caráter… Mas eu acho que ele não vai dar certo no atlético… No Cruzeiro foi diferente… Ele foi que montou o time(sem estrelas). No Palmeiras ele já não foi bem, quando deram pra ele alguma(estrelas). Como no Atlético ele vai pegar um bom time de (estrelas), tipo: Victor, Marcos Rocha, Rafael Carioca, Donizete, Prato, Robinho, vai precisar ter muito pulso… e isso ele já provou que não tem, aliás, não que não tenha, mas prefere usar de muita diplomacia, coisa que no Futebol, às vezes não dá certo. PS: Quando eu disse (estrelas), eu quis dizer: MANIA DE ESTRELISMO.

    1. Democraticamente postada sua mensagem, em que pese minha discordância. Conheço bem o Marcelo. Tem sim e muito pulso.

  16. Esperei muito para ver o Marcelo Oilveira treinando o GALÂO. Quando o O nosso grande Alexandre Calil , dispensou o Marcelo para contratar aquele tal tititi,foi a minha maior decepção.estou explodindo de felicidade .viva o Marcelo e viva o GAAAALOOOOOOOOOO.Eduardo Àvila fala de PATOS DE MINAS-MG,em seus comentários.GRATO.GAAAAAAAAAAAAAAAALOOOOOOOOOOOOO.

    1. Caro Suelicio, Patos de Minas é uma potência mineira, ai os torcedores – sejam do Mamoré ou da URT tem em comum a mesma paixão pelo Galo!

  17. Esperaram a casa cair, Se fosse contratado apos jogo com o tricordiano, não estariamos eliminados da Libertadores. Agora ,Rafael Carioca e Junior Urso devem sr punidos pelos cartões amarelos tomados contra o São Paulo.

  18. O meu maior descontentamento com o aguirre não foram suas escalações equivocadas, eliminações e perdas de título. Mas sim a arrogância e falta de identificação com o galo. No momento que ele, aguirre, disse que não devia satisfação a ninguém, depois de ter perdido o título mineiro em um mineirao com quase 50 MIL atleticanos que apoiaram e aplaudiram o time até o fim, vi que esse técnico não tinha nenhum tipo de ligação com a torcida e com o clube e, portanto, não ganharia nada com o galo. Por que por aqui, a emoção transcende a razão, e tem que se incorporar o espírito galo forte e vingador para alcançar o patamar único que o atlético mineiro proporciona. Foi assim com cuca e levir. Foi assim com ronaldinho gaúcho, tardelli, luan, dátolo, e vários outros jogadores. Se entra profissional, e sai torcedor. Não como nós, doentes de carteirinha que amam torcer para o galo, independente de títulos e times. Mas esses que incorporam o galo doido sentem pela primeira vez uma torcida que realmente ama o clube, que tem como maior orgulho não os títulos conquistados, mas sim fazer parte dessa maravilhosa seita que é ser atlético mineiro. O atleticano é feliz por ser atleticano. E se um jogador/técnico entra no time e dá tudo de si para com o galo, não importa se ele vai conquistar títulos, ele ganha apoio incondicional da massa por fazer tudo o que pode por um clube que essa massa verdadeiramente ama.
    Bom, apesar de ter-me perdido em divagações, o ponto que quero chegar é que sempre vi o Marcelo com esse espírito galo doido. Fui contra sua demissão em 2008, ele que sempre fez ótimos trabalhos na categoria de base, e sempre assumia o time principal em fogueiras e mais fogueiras. Mas o que realmente me deixou chateado foi ver seu semblante triste no dia que ele deixou o galo. Vi a diretoria mandar um atleticano embora. Claro, na época ele ainda não era o grande técnico que é hoje, mas sempre tive esse sentimento de injustiça com ele.
    Depois de ter rodado um bocado, Marcelo retorna. Eu não vou discutir seus últimos trabalhos, escalações, padrões de jogo ou inequívocos, nos seus últimos clubes. Eu só fico verdadeiramente feliz de chegar um técnico que já possui o espírito galo doido sem ao menos ter começado os trabalhos.
    Seja bem vindo de volta, Marcelo. Que você tenha condições de realizar um excelente trabalho. E que, principalmente, você tenha a oportunidade de mostrar seu espírito galo doido. Que você possa proporcionar novamente ao Brasil o que verdadeiramente significa ter um time, treinador e torcida seguindo pelo mesmo caminho, juntos.
    Treinador, time e torcida conectados – acho que já vi esse filme.

  19. Certamente o Marcelo era o melhor nome no mercado, é estudioso, inteligente e tem bagagem, mas se não viesse não entendo Atlético e cruzeirinho, buscarem técnicos sem expressão e ultrapassados, quando Givanildo deu um Show no David e no Aguirre, fazendo um time muito limitado, que com exceção do João Ricardo, não teria nenhum jogador titular em uma grande equipe da serie A, eliminar jogando bem os dois jogos Atlético e Cruzeiro, e a pergunta que não quer calar, porque não o Giva?

  20. Caro Sr Eduardo o Marcelo no Galo era o que faltava para sermos campeões, ora o elenco é o melhor do Brasil atualmente e creio que esse ano a fila anda, outro detalhe porque nossa diretoria não faz uma mega promoção para trazer o torcedor para o estádio, em jogos de menor expressão com um gasto relativamente pequeno uns R$ 15.000,00 se faz 300.000,00 explico o sorteio de 2 tv 55″ 1 home theater e 1 ano de PPV do Galo com sorteio no final da partida o sócio torcedor que comprar 1 ingresso concorre com 2 números comprou 2 ingressos concorre com 5 numeros torcedor comum concorre com 1 numero para cada ingresso adquirido, e ingresso com preço especial em jogo igual ao do Santos tinha lotado vejamos foram 5.403 pagantes com renda de 87.565,00 se fosse 20.000 pagantes a 16,00 que foi o preço médio do ingresso na partida anterior daria 320000,00 – R$ 15.000,00 do custo sobrariam 305.000 e na parceria com divulgação da empresa no banner da entrevista coletiva por exemplo estes prêmios podem sair bem mais em conta, e o lucro seria bem acima dos 87000 que foram conseguidos no jogo do Santos vale ou não vale a pena dar um mimo para trazer o torcidor para o estádio como existe muita burocracia no Brasil pode se fazer a promoção ligando ao sócio torcedor sei lá aí é o jurídico do Atlético, só sei que o marketing do clube tem uqe ver isso daí (com essa dica aí e mais a do pênalti já posso pensar em cobrar rsrsrsrsr)

  21. Questiono se Nepomuceno é realmente apto para dirigir o galo. perdemos a vaga na libertadores por falta de comando.
    Estou decepcionado.

  22. fala grande Eduardo sou seu fã pode crer, faz pouco que conheci este espaço, e cara e muito bom ,bom mesmo ,moro aqui em BH ha pouco tempo mas conhecer este blog foi muito bom leio todo dia de manha e a tarde e ate mais vezes as vezes comentou ou não mas não deixo de ler tenho um grupo de whatsapp com o nome aqui e galo com a galera la do interior cidade de são sebastião do anta quando puder posta ai uma abraço pro nosso grupo e principalmente pro grande atleticano e cabeleireiro Tasso massa

    1. E salve os Atleticanos de São Sebastião do Anta, a maior Torcida local e de Minas Gerais. Saudações ao Sidney, Tasso e toda a massa do Galo!

  23. Essas linhas que escrevo vao para aqueles que nao queriam o Marcelo Oliveira quando o ex-treinador(?) do Galo estava para sair e tambem para aqueles que pensavam (ou ainda pensam) que nao deveria haver mudanca de treinador. O ex-treinador(?) do Galo ganhou o que na vida? Nada, nenhum campeonato importante. Chegou a final da Libertadores com o horroroso time do Penarol e perdeu para o Santos. Pensando bem, para ser mais justo, ele conseguiu a incrivel facanha de ganhar um campeonato gaucho que, diga-se de passagem, eh infinitamente inferior ao nosso ruralzao. O Marcelo Oliveira ganhou dois brasileiros e uma Copa do Brasil alem de ter chegado a duas semi-finais de Copa BR com o Coritiba. Sera que isso nao o coloca em um patamar muuuuuuito acima do ex-treinador(?) do Galo?
    Agora sim, a massa tem que ter paciencia e APOIAR INCONDICIONALMENTE o Galao. Ate que enfim temos um treinador e com o elenco que temos certamente os resultados virao.

    1. Boas colocações, Aussie. A tal “liga” entre o técnico e a torcida é fundamental no futebol. Faz com que os jogadores se sintam mais responsáveis e produzam mais para o time. Diria que não apenas quanto ao aspecto técnico, mas também quanto `a falta de profissionalismo dos mesmos dentro de campo, fato que não raramente tem sido observado. Fazem de tudo para tomar cartões desnecessários, desfalcando e prejudicando o time. Cabe ao técnico e à Diretoria coibir esse mal. Inclusive por conhecer todas essas manhas, Marcelo traz um futuro promissor para o Galo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.