Melo perde batalha de 2h12 e Brasil completa sete derrotas em Melbourne

Publicado em

Após a eliminação de Fabiano de Paula, Marcelo Demoliner, Ricardo Hocevar, Guilherme Clezar e Teliana Pereira, na primeira rodada do quali, e da vergonhosa e acachapante derrota de Thomaz Bellucci para o esloveno Blaz Kavcic (93 do mundo), na estreia da chave principal, o tênis brasileiro sofreu outro revés na madrugada desta quarta-feira – o sétimo em sete jogos no Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada.

O mineiro Marcelo Melo, cabeça de chave 10 ao lado do croata Ivan Dodig, perdeu a batalha de 2h12 contra o italiano Daniele Bracciali e o tcheco Lukas Dlouhy, com quem o próprio mineiro fez dupla em alguns torneios em 2012. As parciais foram 7/5, 6/7(1) e 7/6 (5). Como a quadra onde jogaram não tem transmissão, acompanhei apenas pelas estatísticas.

TRÊS NO PÁREO

O Australian Open é o único Grand Slam que o mineiro ainda não conseguiu chegar, pelo menos, às quartas de final. São seis derrotas e apenas uma vitória. A expectativa de triunfo brasileiro fica agora com André Sá (com Jonathan Marray), Bruno Soares (com Alexander Peya) e Thomaz Bellucci (com Benoit Paire). As três duplas estreiam na madrugada desta quinta-feira.

DAVIS

O capitão do Brasil João Zwetsch anunciou a equipe que vai enfrentar os Estados Unidos, de 1 a 3 de fevereiro, no retorno do país ao Grupo Mundial da Copa Davis. Marcelo Melo e Soares são as maiores esperanças. Bellucci é a principal força nos confrontos de simples e terá a ajuda de Thiago Alves, que retorna após cinco anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *