Fab Melo: aos poucos, correspondendo às expectativas

Publicado em

O Boston Celtics solicitou na tarde desta quarta-feira a reintegração do pivô mineiro Fab Melo, escolhido pela franquia na primeira rodada do Draft e que está aprimorando seu jogo na Liga de Desenvolvimento. O Celtics, que já o chamou outras vezes, vai aproveitar esta semana para avaliar a recuperação de uma concussão sofrida pelo atleta. Fab tem se destacado no Maine Red Claws e deve se tornar, em breve, o primeiro mineiro a atuar no principal basquete do mundo.

NOITE INESQUECÍVEL Em 22 de dezembro, o pivô de Juiz de Fora fez sua melhor partida pelo Claws. Na derrota para o Erie BayHawks (85 a 78), Fab conseguiu um triplo-duplo com direito ao recorde de bloqueios em apenas uma partida na D-League: 14. Ele ainda fez 15 pontos e pegou 16 rebotes. Foi apenas o terceiro triple-double da história da equipe.

ESTATÍSTICAS Fab defendeu o Red Claws em 12 jogos e tem média de 10,9 pontos, 6,9 rebotes e 3.8 bloqueios. Nas últimas três partidas, fez 32 pontos contra o Idaho Stampede, 12 diante do Sioux Skyforce e um duplo-duplo (13 pontos e 10 rebotes) em outro confronto com o Skyforce. Ele ficou fora do último jogo por causa da concussão.

LONGO PRAZO Aos poucos, Fab está apagando da memória dos torcedores de Boston o desempenho ruim pelo Celtics na pré-temporada, quando cometeu alguns erros infantis durante os poucos minutos que jogou. A franquia percebeu que não deveria apressar o desenvolvimento de Fab. A aposta é para longo prazo.

CARACTERÍSTICAS Em maio do ano passado, quando cresciam os rumores da entrada de Fab Melo na NBA, conversei com o Matheus Barcelos, que o treinou nas categorias de base do Olympico, em BH. Ele me disse que o Fab era “um jogador muito alto e coordenado” e que “se destacava bastante pela inteligência em quadra.” À medida que está se soltando, Fab tem mostrado exatamente isso: excelente tempo de bola e posicionamento no garrafão.

PACIÊNCIA O melhor agora, acredito, é não apressar a entrada de Fab Melo na liga. O Celtics vive momento de instabilidade, está apenas em nono lugar na Conferência Leste e dividir o garrafão com o ego de Kevin Garnett em momentos delicados não parece uma boa ideia. Certamente, um atleta draftado na 22ª escolha gera expectativas na torcida, mas o Celtics acerta em ser paciente com Melo. E Melo está retriuindo a confiança

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *