Quem Está no Controle?

Bruna Carla Borralho, Sargento do Exército Brasileiro, foi assassinada ontem na Baixada Fluminense, enquanto aguardava ajuda mecânica para o seu carro.

Não haverá faixas penduradas em universidades perguntando “Quem Matou Bruna?”. O movimento feminista não organizará uma manifestação contra esse “feminicídio”.

Deputados de esquerda não farão discursos raivosos denunciando a opressão e a violência do crime.

Não haverá “mexeu com uma, mexeu com todas”. Nenhum artista famoso vai declamar o obituário da Sargento Bruna em horário nobre.

Mas o pior de tudo, o mais revoltante, obsceno e doloroso aspecto dessa história é a impunidade garantida por lei aos seus assassinos.

Mesmo se um dia forem presos, processados e condenados, ficarão poucos anos na cadeia.

Como eu sei disso?

Foi o que aconteceu com os assassinos de Daniela Perez, Tim Lopes, João Hélio, Isabela Nardoni, Lucas Terra e milhares de outras vítimas cujos nomes jamais conheceremos.

No Brasil a impunidade é garantida por uma legislação ideológica que trata o bandido como uma pobre vítima.

Uma legislação concebida, produzida e promovida pela esquerda e seus agentes em todas as instituições.

Para os criminosos, todo o cuidado e proteção.

Para as vítimas, uma cova rasa e o esquecimento.

Que Deus receba a Sargento Bruna e ampare todos que combatem nessa luta desigual contra o mal.

3 thoughts to “Quem Está no Controle?”

  1. A esquerda conseguiu subverter todos os valores da sociedade; criou uma escala onde a retidão do caráter, a moralidade, o tradicionalismo cristão, as instituições da república, a honestidade e tudo o que a acompanha, estão ausentes ou no patamar mais baixo. No alto, bem lá no alto, colocaram a poder e a corrupção, custe o que custar.
    A morte dessa pobre moça não significa nada para eles, se fosse uma lider comunitária vermelha de 5ª classe da mais sórdida periferia dominada por bandidos, seria o maior escarcéu. Nós conhecemos bem a história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *