Skip to main content
 -
Evaristo Magalhães é Doutor em Psicanálise pela UFMG, Psicanalista Clínico e possui dois livros publicados: Crônicas para amar e A vida dói?

O AMOR SÓ FUNCIONA POR PEDAÇOS …

Ninguém ama tudo de ninguém. Só amamos o outro por partes.
É por pedaços de tempo, ideias, sentimentos e toques que mantemos algum vínculo com o outro.

Estou agora com quem amo. Isso não significa que estarei daqui a pouco. Não consigo conversar sobre todos os assuntos ao mesmo tempo com quem quer que seja. Posso tocar o outro durante um beijo. No entanto, só consigo tocá-lo em um ponto de cada vez.

É exatamente isso que nos angustia no amor. O outro nos preenche. Contudo, sua presença tem tempo de validade. Ao fim desse tempo, não temos qualquer garantia de que o teremos novamente.

Até gostaríamos de marcar ele todo – corpo, mente e sentimentos – de nós mesmos: especialmente quando ele está muito marcado em nós.

No entanto, não podemos deduzir que estamos todo em alguém só pelo fato desse alguém estar todo em nós.

Infelizmente, ainda não temos o poder de saber como existimos dentro de quem amamos. Não existe uma máquina capaz de nos assegurar de que estamos latejando de tesão dentro do outro – do mesmo modo que ele lateja dentro de nós.

Esse é um drama que é intrínseco à todos os amantes. Só temos as pessoas no exato espaço e tempo em que elas estiverem conosco. É por isso que temos que aproveitar esses momentos.

Jamais saberemos o que está se passando conosco dentro de quem amamos. Esse lugar é inacessível. Só o acessamos por fatias. Depois disso, só nos resta contar com a sorte!

Evaristo Magalhães – Psicanalista
Atendimento por vídeo chamada pelo WhatsApp: 31 996171882
Instagram:@evaristo_psicanalista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *