Skip to main content
 -
Evaristo Magalhães é Doutor em Psicanálise pela UFMG, Psicanalista Clínico e possui dois livros publicados: Crônicas para amar e A vida dói?

O QUE É GOZAR PARA O PSICANALISTA?

O gozo para a psicanálise é diferente do gozo para o senso comum. Para a psicanálise, o que goza de verdade é o que mais abominamos em nós.

Há o gozo existencial e o gozo social, contextual e histórico.

O gozo existencial diz respeito ao fato de que vamos envelhecer e morrer. Esse é um gozo que nenhum ser humano conseguirá se livrar. E, para piorar, ele não está lá na frente. Ele começa a partir do momento em que damos o primeiro suspiro.

Já, o gozo histórico, é evitável. Ou seja, ele pode não se tornar realidade. No entanto, ele está sempre à nossa espreita. Trata-se do gozo da violência, do autoritarismo, do fascismo e do genocídio.

O primeiro não é uma escolha nossa. No entanto, podemos dribá-lo ou tapeá-lo. O segundo, podemos execrá-lo do nosso meio. No entanto, não fazer isso é sobremaneira revelador do quanto estamos – subjetivamente e socialmente – adoecidos.

Evaristo Magalhães – Psicanalista
Atendimento por vídeo chamada pelo WhatsApp: 31 996171882
Instagram:@evaristo_psicanalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *