Skip to main content
 -
Evaristo Magalhães é Doutor em Psicanálise pela UFMG, Psicanalista Clínico e possui dois livros publicados: Crônicas para amar e A vida dói?

O que é a ética para a psicanálise?

 

Entendemos por ética a prática do bem-comum na construção de um mundo mais justo e respeitoso para todos. 

Para a Psicanálise, a ética é a capacidade de sobreviver e de ser feliz sabendo que tudo isso já está ficando para trás. 

Muito acreditam que ser ético é lutar pelo seus país, pela liberdade e pela justiça. Para a Psicanálise, ser ético é ser capaz de se sacrificar mesmo sabendo que tudo terminará em nada. 

Muitos lutam por seu país, pela justiça e pela liberdade porque querem guardar uma memória boa de si para os que virão. 

A psicanálise existe para nos dizer que, ao que tudo indica, não saberemos – sequer – se seremos lembrados. 

A psicanálise existe para nos dizer que viver não faz o menor sentido. Para ela, é exatamente esse não-sentido que está por detrás de nossas melancolias, depressões e ansiedades. 

A psicanálise quer nos expor ao que não sabemos para ver o que vamos fazer com isso. A ética, para a psicanálise, é algo absolutamente subjetivo. 

Como tudo o que somos e temos se sucumbirá ao que não-somos e ao que não-temos, a ética, para a psicanálise não é do domínio do ser ou do ter, mas do fazer. 

Para a psicanálise, somos o nada. O que vamos fazer com isso? Espera-se que façamos bem feito.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *