Skip to main content
 -
Dani Costa é jornalista por profissão e mãe de pets por amor. Sempre antenada para trazer notícias quentinhas sobre a bicharada. Ativista contra os maus-tratos a animais domésticos, silvestres e exóticos.

Coronavírus: cães e gatos não transmitem a doença

Segundo a OMS, não há evidências de que cães e gatos possam ser afetados ou transmitir a Covid-19. Foto: reprodução internet

 

Com o surto do novo coronavírus, uma dúvida recorrente é se os animais de estimação transmitem a doença. No entanto, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), não há evidências de que cães e gatos possam ser afetados ou transmitir a Covid-19. A propagação atual do vírus é  resultado exclusivo da transmissão entre seres humanos. Entidades de proteção animal de todo o mundo reforçam que é preciso ter cuidado ao propagar informações erradas que possam levar ao abandono ou eutanásica dos pets por conta da pandemia.

De acordo com a OMS, cientistas chineses que realizaram pesquisas informam que, até o momento, não há o menor risco de transmissão de animais de estimação para humanos. Os especialistas lembram que, em 2003, um outro surto de vírus causou pânico no mundo: a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS). Contudo, no final da epidemia, apenas oito gatos e um cão apresentaram resultado positivo para o vírus, mas não foi identificado nenhum animal que tenha transmitido a doença a seus tutores.

A Confederação Nacional de Defesa dos Animais (CNDA) da França divulgou nesta segunda-feira (16) um comunicado lembrando que em 28 de fevereiro, o governo de Hong Kong anunciou a descoberta de um cão com traços do coronavírus. Testes  confirmaram que ele é portador da Covid-19, mas com um “baixo nível” de atividade viral. O animal possivelmente foi  contaminado por sua proprietária que  havia sido infectada anteriormente através de contato humano. Como medida preventiva, o órgão recomenda que pessoas infectadas limitem o contato com seus cães e gatos e intensifiquem cuidados básicos de higiene.

Fonte: WWW.RFI.FR

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *