Skip to main content
 -
Dani Costa é jornalista por profissão e mãe de pets por amor. Sempre antenada para trazer notícias quentinhas sobre a bicharada. Ativista contra os maus-tratos a animais domésticos, silvestres e exóticos.

Já pensou em fazer um plano de saúde para o seu pet?

Com um faturamento de 20 bilhões ao ano, o mercado pet brasileiro é cada dia mais promissor e segue acompanhando as tendências mundiais. Contudo, apesar de contar com aproximadamente 52 milhões de cães e 22 milhões de gatos, o alto custo dos produtos e serviços voltados para o setor é queixa recorrente entre os proprietários. Na capital mineira, o valor de uma consulta veterinária varia entre R$ 120 e R$ 180, fora despesas com exames, vacinas e vermífugos.  Junto a isso, a ausência de hospital público veterinário fez com que um novo nicho de mercado fosse explorado: o plano de saúde animal.

A primeira empresa do ramo, a Dog Life, surgiu há treze anos em Belo Horizonte, tornando-se pioneira na atividade em todo o país.  Criada em 2006 por profissionais da área de seguros, em 2015 recebeu novos investimentos e tornou-se S.A. Dois anos depois, um novo choque de gestão resultou em uma nova identidade visual e em uma moderna plataforma online. “Nosso objetivo é expandir nossos serviços para todas as capitais do país”, diz o diretor presidente, Antônio Starling. E o que antes parecia inimaginável para muita gente, tornou-se realidade. Os pets passaram a contar com rede de clínicas, hospitais, consultórios e laboratórios credenciada para atendimento rápido e com melhor custo-benefício.

O valor dos planos disponibilizados varia em função do porte e idade do animal, sendo de 0 a 5 anos, de 5 a 7 anos e a partir dos 8 anos de idade, com custo inicial médio de R$ 45,00. A prática dos planos, trouxe aos donos a consciência da importância da prevenção para garantir o bem-estar dos bichos. A partir do momento que se tem um plano de saúde mensal, que cabe dentro do orçamento do dono, com direito a consultas e exames, entre outros benefícios, os check-ups passam a ser feitos regularmente, e sem imprevistos para a conta bancária.  Assim como nos planos de saúde para humanos, quanto maior o valor pago, mais serviços são disponibilizados.

Em 2015, a empresa Porto Seguros decidiu apostar forte no mercado de pets, comprando a Health for Pet, especializada em planos de saúde para os animais e com rede credenciada em âmbito nacional. Outras seguradoras seguiram a tendência, a exemplo da Mapfre que lançou a rede Meu Pet Protegido e da SulAmérica com o Assistência Pet. Outro destaque no ramo é a empresa Dr Pet, que disponibiliza planos variados com atendimento em todo o país.  Antes de contratar os serviços, verifique os pacotes disponíveis e qual a rede credenciada em sua cidade.

Fonte: https://www.revistaencontro.com.br/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *