Can Font – história e modernismo na Costa Brava

Publicado em Arredores, Outras cidades

Para comemorar o quinto aniversário da associação Barcelona Travelbloggers, foi realizada uma série de eventos em Lloret de Mar, uma cidadezinha da Costa Brava, a 1h de ônibus de Barcelona. Uma das atividades que participei e mais gostei foi rota indiana, que nos contou a história e mostrou a influência dos “indianos” no município. Obs.: os indianos eram os que foram para a América em busca de melhores oportunidades e voltaram depois de ganhar bastante dinheiro por lá.

Um dos lugares que pudemos conhecer nessa rota foi a Can Font, uma casa modernista e que me fez ficar de boca aberta a cada cômodo visitado. O local foi construído em 1877, a pedido de Nicolau Font i Maig, um dos catalães que fizeram grande fortuna em Cuba. Faz parte do patrimônio da prefeitura e foi transformada em museu há apenas três anos e há 1 ano e meio está aberta ao público.

Olhando de fora, a Can Font não chama tanta atenção quanto, normalmente, as construções modernistas fazem. Mas é só passar pela primeira porta que você se transporta para o modernismo catalão. Uma enorme porta com vitrais coloridos e um teto espetacular te recebem.

Depois disso, é surpresa atrás de surpresa em cada cômodo. Tudo muito bem conservado e/ou reformado. O hall de entrada, as salas de música e de fumar, os quartos, o pátio, todos os ladrilhos do chão de cada parte da casa. Tudo encantador.

Mas, sem dúvida, o que me chamou mais atenção e me faria ficar horas ali observando cada detalhe é a suíte e a cozinha. O banheiro é coloridíssimo, gigante, cheio de detalhes no chão, nas paredes, no teto e até no espelho. A cozinha, super grande, é muito linda e interessante, principalmente pelos utensílios que estão nela.

A visita à Can Font é a última da rota indiana, que sai todos os sábados, às 10h (castelhano) e às 12h (catalão), de março a dezembro. Os ingressos podem ser comprados na página do patrimônio cultural de Lloret de Mar (link aqui). Sem dúvida, uma atração imperdível se você estiver na cidade.

Rota indiana – O passeio dura cerca de duas horas e passa por diversos pontos da cidade, com a guia explicando cada um deles e contando um pouco da história da cidade, desde quando era apenas um povoado. Aprendemos sobre os aventureiros de Lloret, as construções e as mudanças pelas quais o município passou, antes e depois dessas viagens à América.

O Museu do Mar, a prefeitura de Lloret, a Igreja de Sant Romà e a escola paroquial são alguns dos locais pelos quais passamos e fazem parte da história de Lloret de Mar.


Agradeço a toda comissão de organização do aniversário de cinco anos da Barcelona TravelBloggers por todo o trabalho lindo que fizeram neste fim de semana e ao turismo de Lloret de Mar por proporcionar passeios e atividades tão interessantes para todos os participantes!

 

Curta o Viva Barcelona no Facebook: https://www.facebook.com/blogvivabarcelona
Siga o Viva Barcelona no Instagram: @blogvivabarcelona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *