Grupo que comanda a BHTrans é o mesmo há 25 anos.

Publicado em Sem categoria

Se a sua sensação é a de que o trânsito de BH está piorando, não desanime, pois o pior voce não sabe, e está por vir.

A ordem é dificultar a vida de quem tem carro, alargando passeios, instalando sinais, radares, detectores de avanço, estreitando vias, deixando os sinais sem sincronia, aumentando o número de ciclovias inúteis, impedindo a fluidez do trânsito, negando que obras são necessárias e urgentes.

Tudo para desestimular o uso do carro, como se a cidade fosse servida de transporte coletivo em número, apelos e conforto suficientes para atender toda a população.

Não é ingenuidade, é maldade mesmo. Essa também nao é uma atitude simples, é uma ideologia, que pode ser considerada uma religião, com estratégias definidas, doutrina, e ritos seguidos à risca pelos seus sacerdotes.

Explico: calçados em discursos politicamente corretos, mas incompatíveis com a realidade de BH, o mesmo grupo de pessoas dirige a BHTrans, pasmem, ha 25 ANOS.

Detalhe, a maioria filiados ao Partido dos Trabalhadores, “companheiros” fiéis que trocam de lugar, são disciplinados, mas não largam o osso. Será que isso explica o por que do caos?

José Aparecido Ribeiro
Consultor em Assuntos Urbanos

SOS MOBILIDADE URBANA
31-99953-7945

26 comentários para “Grupo que comanda a BHTrans é o mesmo há 25 anos.

    1. Artigo inverídico – o próprio prefeito Kalil disse no último debate que o PSDB administrava a BHTRANS há 8 anos, e que o presidente da estatal era ligado ao Sindicato dos donos das empresas de ônibus! Falo isso ao vivo e na frente do candidato João Leite, que se manteve calado!

  1. Então está explicado , se a maioria na assembleia legislativa é do PT , ninguém sai! E se o povo não acordar vai continuar mais 25 anos. Cadê o prefeito Kalil que prometeu desvendar a caixa preta ?

  2. Pelo jeito não é só o PT que está nesta barca… O Kalil ganhou a eleição prometendo abrir a “caixa preta ” da BHTrans mas depois que sentou na cadeira nem tocou mais no assunto e ainda aceitou aumento nas tarifas de transporte público… Por que será????

  3. No governo Márcio Lacerda o PT não rompeu com o mesmo?Dê nomes aos bois. Senão fica muito genérico. Não ataca o problema de verdade.

  4. Vai me desculpar amigo, mas essa matéria é bem tendenciosa, na realidade o trânsito sempre vai piorar mais, e as soluções adotadas até agora tem feito a cidade mais humana, tem muito que melhorar, mas culpar o pt por isso, está parecendo critica partidária, diga qual seria sua ideia para melhorar a cidade? quais os pontos principais? é privatizar tudo também?

  5. Durante o debate eleitoral para prefeito, ouvi o Kalil afirmando que a BHtrans estava entregue ao PSDB juntamente com as empresas de ônibus. Agora é o PT que entrou na BHtrans?

  6. Ótimo e conveniente o artigo. Só ficaria ainda melhor se desse nome aos bois. A população merece ter essa informação. Qto ao prefeito Kalil, BO BA GEM! Não vai desvendar e não vai mudar nada nessa autarquia municipal. Conivência total, subserviencia ao vice, Lamac. Aumento de passagens, estações de ônibus precárias, funcionários mal educados, ônibus, com exceção do Move, sucateados. O que o prefeito fez?

  7. Ótima matéria. Precisamos de mais profissionais desta categoria para externar a insatisfação da sociedade. Onde está o prefeito eleito que prometeu abrir a caixa preta da BHtrans. Este elefante branco, deficitário, ineficiente e pesado para o poder público e sociedade.

  8. Você esta correto. BH é tratada por esta quadrilha como se fosse propriedade deles. Nos que temos que trabalhar com o carro somos massacrados por esse bando de incompetentes . que tem no sangue a ideologia comunista do PT, PC DO B. Infelizmente BH esta se distanciando cada vez mais de cidades como São Paulo, que hoje tem um prefeito com P MAIÚSCULO.

  9. se locomover de carro em BH realmente ficou muito difícil, além do que já foi dito, pagar o rotativo para estacionar e pagar ao flanelinha para não ter o carro arranhado é inconcebível. E depois que você deixa o carro estacionado e vai pelas ruas do centro, tem que se desviar dos vendedores ambulantes andando na sarjeta, sem falar do número de mendigos que fazem das ruas, banheiro, urina e coco para todo lado. BH está entregue ao desmazelo!!!!

  10. Parabéns.O único ponto,a meu ver,que merece reparo seria o fato de este grupo de “Gurus” que infestam a BHtrans está ligado a esta questão desde o final dos anos 70’s início da década de 80,isto é, a cerca de trinta e sete anos.Primeiro no Plambel- Superintendencia de Planejamento da Região Metropolitana de Belo Horizonte,depois na METROBEL,de triste memóriae agora na BHtrans onde estão desenvolvendo seu “sacerdócio”.A quetão principal é que tirar osso da boca de cachorro é muito dificil,principalmente quando não há ninguém com disposição clara de faze-lo.

  11. Artigo inverídico – o próprio prefeito Kalil disse no último debate que o PSDB administrava a BHTRANS há 8 anos, e que o presidente da estatal era ligado ao Sindicato dos donos das empresas de ônibus! Falou isso ao vivo e na frente do candidato João Leite, que se manteve calado!

  12. É claro q o bloqueiro tem direito de ser alarmista e ou provocador mas sabemos bem q não é nada disso. Para fazer algum sentido nas analises e nos comentários d diversos motoristas aqui é preciso ir mais longe nessa analise. Já pensaram se não fossem feitas obras viarias da tal Copa do Mundo. Já perceberam q se não é mesmo o volume de carros o transito não pára na Pedro I por motivo de acidentes “bobos”, absurdos, pois tem acertadamente controle d velocidade. E os moradores do Bairro Castelo com a obra do Bairro São José e a faixa exclusiva de onibus na Pedro II , tem-se varios, inumeros exemplos de melhorias . Mas como sempre a visão “parcial” e vendo só o seu lado atrabalha qualquer boa analise. Vejam o exemplo dito por um Sr aqui nos comentários do dia que ele saiu de Nova Lima para ir de terno a um lugar de festa chique passando pela Zona Sul(num dia de greves e chuvas) O cara é la de Nova Lima nem sei se paga IPTU lá e quer um transito só seu aqui.

    1. Oi, pode ter sido a mim que você se referiu. Não sendo, me desculpe. Mas se for, bem…
      1- Moro em BH e pago aqui meu IPTU, portanto, não em Nova Lima. E quero sim, além do trânsito e outras necessidades, qualidade pelo que pagamos e caro. 2- O trajeto escolhido, foi o de menor distância, independente de ser zona sul, norte, leste ou oeste. 3- A greve foi anunciada e “autorizada”, sem surpresas, portanto, faltou planejamento e plano B da BHTrans e PM. 4- As chuvas queimam SEMPRE os sinais de alta tecnologia… 5- Não era uma festa chique mas sim importante. Quando a festa não é chique o trânsito é melhor planejado? E se fosse chique o caos estaria justificado? Ah tá… 6- E se eu estivesse vestindo camiseta e short (parece que o meu terno incomodou) é para acreditar que os agentes de trânsito seriam vistos em ação? Tá bom…

  13. E mais muito mais. Quantos passageiros migram do transporte de onibus para carro particular, ainda mais agora com aplicativos de transportes, sem regulamentação minima, quantos carros a mais em horario de pico no Hipercentro ou Centro Estendido como queiram. Quantos profissionais da Aréa de Serviços/Comercial a mais em detrimento de outras areas como industria e afins que usam o carro como extensão do seu trabalho. E as mulheres? Quantas são a mais no transito e foram acrescidas no transito de 10 anos, de 5 anos pra ou seja tem muitas variáveis não consideradas para entender o “transito”. Para completar tentem fazer uma analise “rasa” como pode ser lido em dezenas de comentários aqui nos ultimos 10 dias de cada mês e verão q não será o que reclamam.

  14. Se tivéssemos um transporte coletivo em número, apelos e conforto suficientes a lenga-lenga seria a mesma. Certas pessoas não são capazes de deixar o carro nem para ir na padaria da esquina. Tem que investir é em transporte coletivo mesmo, isso é unanimidade entre os consultores de verdade.

  15. Você é muito desinformado e parece que nunca ouviu falar em Mobilidade Urbana. O mundo inteiro vai no caminho de alargar passeios e incentivar o uso de alternativas ao carro que é a grande desgraça das grandes cidades. E o pior, não sabia que quem gerenciou a BHTRANS nos últimos 8 anos foi o PSDB. Artigo muito raso o seu. Dê uma passada por Londres, Paris, Bruxelas, Amsterdã, Praga e pare de escrever essas asneiras.

  16. Muito boa matéria, José Aparecido.
    E você, como bacharel em turismo, tenho certeza, irá concordar comigo.
    A PBH tem insistido (deveria estar investindo) no turismo na Lagoa da Pampulha.
    Acontece que, próximo ao Parque Guanabara, Igreja da Pampulha, Mineirinho, Mineirão, ao chegar de carro você quase recebe um diploma de doutorado.
    São dezenas de “flanelinhas” te abordando “doutor, a vaga aqui.” “doutor, quer lavar?” etc., etc., etc..
    E a Prefeitura? E a BHTrans? não irão solucionar isso?

  17. Podem se preparar, a meta do típico conservadorismo mineiro é transformar BH em uma outra Ouro Preto, cidade que por ser cidade turística e de relevo bastante acidentado, restringe o acesso de veículos ao seu centro histórico. E só usa micro-ônibus, pq nas suas ruas tricentenárias os ônibus maiores não podem rodar.
    Enquanto outras capitais brasileiras tem alguma preocupação com o transporte público, BH terá apenas micro-ônibus no transportr coletivo e ainda irá fechar o metrô, ecolocando no lugar uma maria-fumaça turística por 100 mangos a passagem. E o acesso ao centro da cidade por carros, quase impossível, a exemplo da velha Ouro Preto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*