Buracos em Rua do Buritis fazendo aniversário.

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Ha aproximadamente 5 semanas, um buraco na descida da Rua José Rodrigues Pereira, no bairro Buritis, testa a habilidade de motoristas que transitam por ali, e que nao são poucos. O bairro é o mais populoso de BH com cerca de 45 mil habitantes. Seria um buraco qualquer a mais, dos milhares que existem espalhados pela Capital, não fosse o […]

Psicologia do Folião na crise, as véspera do carnaval.

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

O Brasil é mesmo um país emblemático. O comportamento do brasileiro foge a compreensão e ao princípio da razoabilidade. Explico: Como contar para sociedades civilizadas e aos que, mesmo aqui, não perderam a sensatez, o poder do carnaval no inconsciente coletivo nacional. O país está atolado em uma crise sem precedentes com mais de 22 milhões de pessoas sem ocupação; guerra […]

Quanta conversa mole a respeito da “Caixa Preta da BHTrans”.

Publicado em 1 ComentárioSem categoria

Quanta conversa mole em relação a “tal abertura da caixa preta da BH Trans”. Alguém precisa contar para o prefeito de BH que, em tese, o dono da “caixa preta” é o próprio presidente da BH Trans. O Prefeito nem sonhava em virar político, e as articulações para a licitação do transporte coletivo já estavam em curso em 2007, construida […]

Eike Batista não é santo, mas também não é o Diabo.

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

  A prisão de Eike Batista em uma cela medieval revela entre outras coisas a esquizofrenia do povo brasileiro. Muito mais do que a pretensa justiça que justifica a barbárie a um cidadão abastado, o que se vê é uma acinte ao direito inalienável à liberdade de quem não representa risco para o coletivo. Você consegue se imaginar na pele […]

NO MEIO DO CAMINHO TEM UM MURUNDU. TEM UM MURUNDU DO MEIO DO CAMINHO!

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

No meio do caminho tem um “murundu”; tem um “murundu” no meio do caminho. Buracos mal tampados, asfalto desnivelado, tampas de ferro de pernas para o ar, serviço de recapeamento feito “nas coxas”, sinais em cada esquina e sem sincronia, gargalos que se multiplicam, sinalizacao vertical e horizontal capaz de confundir até motoristas de táxi, e ninguém se manifesta. Janeiro acabou, […]

ACIDENTE QUE PARALISOU A BR 381 POR 13 HORAS, DEIXA LIÇÕES.

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Acidente na madrugada desta terça feira dia 24/01 com caminhão carregado de bois provocou um engarrafamento gigante que paralisou uma das maiores rodovias do país, a BR 381/sul. Teria sido apenas mais um dos muitos acidentes costumeiros neste trecho urbano da BR-381, (KM 487) não fosse o fato de a carga ser viva e ter espalhado pelo asfalto, fechando a […]

A CULPA NÃO É DA INCOMPETENCIA DE QUEM NOS GOVERNA, MAS DOS BOIS QUE NÃO MORRERAM…

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Um acidente na madrugada desta terça feira dia 24/01 com um caminhão carregado de bois provocou um engarrafamento gigante que paralisou uma das maiores rodovias do país, a BR 381/sul. Teria sido apenas mais um dos muitos acidentes costumeiros neste trecho urbano da BR-381, (KM 487) não fosse o fato de a carga ser viva e ter espalhado pelo asfalto, […]

A ENGENHARIA DIVORCIOU-SE DE BH, IRONICAMENTE POR CULPA DE ALGUNS ENGENHEIROS

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

BH divorciou-se da boa engenharia, ironicamente por culpa de alguns engenheiros. E isso não aconteceu da noite para o dia, foi um processo longo, que atravessou governos, independente de partidos. Por décadas, políticos e governantes não se preocuparam com a origem dos técnicos que pensavam a cidade, suas ideologias e a fonte de conhecimento usada para a formação da massa […]

PREFEITO DE SÃO PAULO DEVOLVE A FLUIDEZ NAS MARGINAIS, SENSATAMENTE.

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Bastou o Prefeito de São Paulo, João Dória Junior, anunciar sensatamente a mudança de velocidade das Marginais de 50km/h para 70km/km, o que ainda é baixo, já que trata-se de uma auto-pista sem trânsito de pedestre, para que a tropa de choque dos xiitas da mobilidade urbana entrassem em ação, defendendo o atraso e a mediocridade. Usando o argumento estapafúrdio […]