WRR: o rali do Brasil vai aparecer para o mundo…

Publicado em Sem categoria
Não é fácil atrair as atenções do mundo do automobilismo para uma modalidade em que apenas agora somos presença constante nos primeiros lugares, temos grids maiores e respira-se ares internacionais. Na década de 1980, quando precursores como Jorge Fleck, Paulo Lemos e Sady Bordin resolveram encarar o rali na Europa, brigar por títulos sul-americanos, o país das pistas era visto com desconfiança na terra, como um peixe fora d´água. Passou o tempo, o mercado se abriu, ganhamos em profissionalismo e hoje temos representantes nos principais campeonatos. O baiano Daniel Oliveira resolveu encarar o Europeu inteiro, no continente não fazemos feio e não faltam duplas capazes de fazer bonito no WRC caso tenham a merecida chance. O Rali de Erechim, que abrirá o Sul-Americano em maio, já bate nos 60 inscritos e o Brasil ganha força como candidato a receber os melhores do mundo em um futuro não muito distante. Quem acompanhou o Rallycross nos X Games de Foz do Iguaçu viu como a modalidade chegou com tudo…

Pois o que se faz por estas bandas não tinha o devido reconhecimento internacional. E este que vos escreve resolveu juntar a fome com a vontade de comer. Foi descobrir que a Associação Internacional de Pilotos de Rali (IRDA) procurava alguém para administrar a página do World Rally Ranking (WRR) no Facebook e eu me candidatei. Algumas mensagens trocadas e cá estou eu com a nova missão: aproveitar a chance proporcionada pela entidade, sediada na Itália, e abastecer o espaço com fotos, vídeos e notícias. Conto com a ajuda de todos, curtam o endereço https://www.facebook.com/pages/WRR-World-Rally-Ranking/ e ajudem a dar ainda mais vez e voz ao rali brasileiro…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *