Ausência preocupante (e vergonhosa…)

Publicado em Sem categoria

O projeto começou ano passado, já impulsionado pelo novo presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt: a criação de uma academia que testaria pilotos de potencial de todo o mundo, de pista e rali, sob a supervisão do austríaco Alexander Wurz (ex-piloto de F-1, duas vezes vencedor em Le Mans, ainda em ação com um protótipo Peugeot) e de Robert Reid, navegador do inesquecível Richard Burns.

Pois a entidade máxima do automobilismo revelou ontem a lista dos 30 escolhidos para a seletiva em Melk, na Áustria, que indicará os dois vencedores. Muito bom ver nações sem grande tradição como Malásia, Emirados Árabes, Líbano, Síria e Costa Rica representadas, mas a simples inclusão de pilotos da Itália, Grã-Bretanha, França, Austrália, Alemanha e Bélgica mostra que o objetivo da iniciativa é ser, acima de tudo, democrático, e premiar o talento, independentemente de onde venha.

E quantos brasileiros estão na lista, você haverá de perguntar? ZERO. Nenhum. Que não fôssemos escolhidos na lista final ainda vai. Mas não termos um piloto sequer lembrado, chega a ser vergonhoso. Que não estamos revelando talentos em quantidade é fato, mas temos gente que nos representaria bem em qualquer seleção. Feras como Nicolas Costa, Lucas Foresti, Victor Guerin, Guilherme Silva, Fabiano Machado, ou mesmo o ralizeiro Luccas Arnone. Faltou mandar o currículo, faltou fazer pressão política, marketing, ou o quê? De todo modo, é triste não ver o verde e amarelo entre as tantas cores. Em tempo, aí vai a lista dos “sortudos” 30 e suas respectivas idades e países:

Marius Aasen, 19 (Noruega)

Mohamed Al Mutawaa, 18 (Emirados Árabes)

Klaus Bachler, 20 (Áustria)

Andrea Bate, 22 (África do Sul)

Craig Breen, 21 (Irlanda)

Andrea Caldarelli, 21 (Itália)

Gabriel Chaves, 18 (Colômbia)

Jonas Gelzinis, 23 (Lituânia)

Joseph Ghanem, 21 (Líbano)

Parth Ghorpade, 18 (Índia)

Samin Gomez, 19 (Venezuela)

Richard Gonda, 17 (Eslováquia)

Ashley Haigh-Smith, 19 (África do Sul)

Yazan Hamadeh, 18 (Síria)

Muhammad Nabil Jan Al Jeffri, 17 (Malásia)

Michael Klitgaard Christensen, 21 (Dinamarca)

Jack Le Brocq, 19 (Austrália)

Michael Lewis, 20 (EUA)

Olivier Lombard, 20 (França)

Alexander Lynn, 18 (Grã-Bretanha)

Diego Menchaca, 17 (México)

Jose Andres Montalto, 21 (Costa Rica)

Thierry Neuville, 23 (Bélgica)

Andrea Nucita, 22 (Itália)

Ramon Pineiro, 19 (Espanha)

Brendan Reeves, 23 (Austrália)

Pontus Tidemand, 20 (Suécia)

Timo van der Marel, 22 (Holanda)

Sepp Wiegand, 20 (Alemanha)

Lewis Williamson, 21 (Grã-Bretanha)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *