Skip to main content
 -
Psicólogo graduado pela Universidade FUMEC, Pós-graduado em Psicologia Médica pelo departamento de Psiquiatria e Neurologia da Faculdade de Medicina da UFMG e Mestre em Educação, Cultura e Sociedade pela UEMG, tendo desenvolvido dissertação na área de Violência Contra a Mulher.

Meu marido é agressivo e me traiu. Como faço para deixar de amá-lo?

”Boa noite! Tenho 30 anos e estou com meu esposo há 11 anos (isso contando namoro e casamento), e hoje temos duas  filhas. Ele sempre foi muito frio. Nunca demonstrou me amar como eu sonhei, nunca foi aquele homem romântico. Aceitei, mesmo me doendo, mas quando engravidei da nossa primeira filha começou o inferno na minha vida. A mãe dele pediu para eu tirar a criança, então me afastei da família dele totalmente, mas continuamos juntos. Ele nunca ligou para os meus sentimentos. Eu e nossa filha nunca fomos bem-vindas. Toda vez que ele ia para a casa da mãe dele se afastava de mim, chegava agressivo, me dava alguns empurrões. Passaram-se os anos e ele começou a melhorar. Realizamos o sonho da casa própria e tivemos mais uma filha. Estava tudo indo bem, até que em agosto desse ano eu descobri uma traição. Foi o pior dia da minha vida , não estou sabendo lidar com essa situação. Estou tentando, por nossas filhas, por gostar dele. Mas, quando vou conversar, ele não aceita. Se insisto, começam as grosserias. Tenho a foto da amante e ele fala pra eu fazer um quadro com ela. Depois disso, nunca mais fui a mesma. Quando me vejo sozinha choro muito, meu sorriso é falso, me sinto a pior mulher do mundo. Parece que gosto mais dele do que de mim mesma. Parece que tê-lo perto de mim é o suficiente. Preciso de ajuda, estou caindo em uma tristeza sem fim. Queria me amar mais, queria saber desprezá-lo. Como deixar de amar uma pessoa assim? Queria ser forte.”

 

Envie sua dúvida para perguntaUAI@gmail.com   Não identificamos os autores das perguntas

Instagram: @douglasamorimpsicologo

Inscreva-se no nosso canal do youtube:

youtube.com/douglasamorimpergunteaopsicologo

 

Resposta no link logo abaixo:

Um abraço do

Douglas Amorim

Psicólogo clínico, pós-graduado em Psicologia Médica, mestre em Educação, Cultura e Sociedade

Instagram:@douglasamorimpsicologo

Consultório: (31)3234-3244

www.douglasamorim.com.br

 

Basta clicar para visualizar a resposta!        

 

 

 

 

 

 

 

2 comentários em “Meu marido é agressivo e me traiu. Como faço para deixar de amá-lo?

  1. O que aparece de mulher aqui falando que o cara é frio, a trata mal, etc e mesmo assim casaram não é brincadeira. Será que isso é medo de morrer solteira? O que leva uma pessoa a unir sua vida com quem a maltrata?
    Entendo que tem gente que é realmente fria e não vejo isto como um defeito (nem qualidade, vejo como apenas uma característica). O que não entendo é uma pessoa romântica casar com uma pessoa fria e depois ficar sofrendo por isto.

    Esse pessoal é doido demais.

  2. Boa noite eu me chamo lynna e tenho 25 anos e sou casada a 1° ano e durante esse um ano de casados logo no começo foi um mar de rosas e com o tempo ele foi começando a esquece mais de nós eu tenho um filho com ele e ele me trata de uma forma que eu me sinto tão pra baixo me sinto um Lixo ele diz pra mim que ele não me trai mais eu desconfio sim que ele tem outro alguém por fora de nosso casamento ele é frio comigo até mesmo nas horas dá relação sexual é só quando ele quer é se eu pedi ele inventa qual que desculpa diz que tá cansado que não tá assim ele gosta muito de fumar maconha eu nunca fui de usar nenhum tipo de drogas e com o passar do tempo eu fui querer saber que gosto tinha aquilo é fui fumando com ele essa maldita dá droga pra ver se ele me via como esposa que sempre lutei pra ele ser feliz tirei ele da rua ele usava todo tipo de drogas e agora graças a Deus não usar mais somente a maconha mesmo mais o que mais doi e quando ele me despreza me bate e mesmo assim eu não consigo deixa ele eu a amo muito o pior erro meu é aceita as agressões dele

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *