Skip to main content
 -
PCAlmeida é Cruzeirense, publicitário fanático, jornalista teimoso.

Jogões e desequilíbrio

Subitamente, o Cruzeiro tornou-se o time dos jogões. Em questão de dias, dois placares bailarinos (como diria Mauro Cezar Pereira) em jogos de campeonatos diferentes.

Em campo, duas coincidências: o numerário do placar (3×3) e, o mais preocupante, o desequilíbrio do time azul estrelado.

Se antes a equipe de Mano se notabilizava pela defesa segura e o ataque pouco inspirado, este rótulo se inverteu. Seja contra o Grêmio ou contra o Palmeiras, o ataque produziu muito e bem, mas a defesa (ai de nós!).

Esta mudança de característica deixa flagrante o desequilíbrio do onze estrelado. Mano Menezes parece não conseguir armar um time que ataque bem e se defenda com a mesma eficiência.

Aqui entra também o planejamento do elenco. O Cruzeiro tem dois zagueiros de alto nível: Dedé e Manoel. Na ausência destes, a torcida precisa se apegar a todos os anjos e santos desta e de outra galáxia. Leo e Caicedo protagonizam uma zaga que em nada deixa a dever a Victorino e Naldo na ruindade.

Porém, apesar da deficiência técnica, Mano precisa fazer a marcação encaixar de modo quebrar a bola, antes que ela chegue na área.

De toda forma, Mano precisa mexer na zaga. O garoto Murilo merece mais oportunidades. Nas partidas em que entrou, comprometeu bem menos que a dupla atual.

O placar foi bom para o Cruzeiro, apesar das circunstâncias. Não é nada fácil fazer 3 gols na casa de um adversário tão qualificado e experiente, quanto o Palmeiras. A decisão fica para o Mineirão, daqui a um mês. Até lá, se Deus nos abençoar, Manoel e Dedé estarão de volta. Aí sim, as chances de classificação crescem para o lado azul deste duelo de italianos.

FODAs

Postagens relacionadas

O jogo que eu não vi Vocês já foram no setor Amarelo Inferior do Mineirão em jogos grandes? Nesta quarta-feira eu cometi este erro. Um lugar onde você, simplesme...
O saldo da gestão Wagner Pires A nova diretoria do Cruzeiro iniciou a sua gestão em janeiro de 2018 sob a égide da desconfiança de parte da torcida. O panorama deixado pela g...
O desafio: fazer gols Um dos diagnósticos que a nova diretoria de futebol do Cruzeiro fez sobre o time é que os atacantes não sabem fazer gols. Um fato que se compro...
Barcos é anunciado e desperta o preconceito Bastou o twitter oficial do Cruzeiro postar na tarde de ontem (10) a contratação do argentino Hernán Barcos para ocorrer uma chuva de comentários....

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *