“Passava de oito horas” ou “Passavam de oito horas”?

Publicado em 14 ComentáriosConcordância Verbal

“Passava” ou “Passavam”? Como fica o verbo “passar” na indicação de horas? Vamos entender? Então, observe as frases a seguir e, depois, identifique aquela que foi escrita corretamente:   Passava de oito horas quando ele chegou ao trabalho. ou Passavam de oito horas quando ele chegou ao trabalho. No singular ou no plural? Bem, acho que o verbo “passar” fica […]

“Cujos” ou “Cujos os”?

Publicado em 10 ComentáriosPronome

Normalmente, o pronome “cujo” é empregado em escritas mais formais… Ele não se faz presente no dia a dia, não é verdade? Mas, aí, quando surge uma situação formal e precisamos escrevê-lo, pinta a dúvida: devemos ou não utilizar artigo definido após “cujo”? Para responder a esse questionamento, proponho a leitura, no “Dia dos Professores”, deste pensamento de Rubem Alves: […]

“Cem reais é pouco” ou “Cem reais são pouco”?

Publicado em 8 ComentáriosConcordância Verbal

Estamos diante de um caso de concordância verbal que costuma gerar dúvida, não é verdade? Como fica o verbo “ser” na frase a seguir? No singular ou no plural? Cem reais é pouco. ou Cem reais são pouco. E aí? O verbo concorda com o sujeito no plural “cem reais” ou com o termo no singular “pouco”? Bom, quando o […]

“Meio-dia e meio” ou “Meio-dia e meia”?

Publicado em 12 ComentáriosConcordância Nominal

Bom, normalmente dizemos, por exemplo, que são duas (horas) e meia, três e meia, quatro e meia… Mas, aí, quando aparece o substantivo masculino “dia” na indicação das horas, surge a dúvida… Devemos dizer:   É meio-dia e meio.  ou  É meio-dia e meia. “Meio” ou “meia”? “Meio” porque concorda com “dia”? Não! É “meia”! Mas, por quê? Para entendermos […]

“Leva cuidados a pessoas” ou “Leva cuidados à pessoas”?

Publicado em 18 ComentáriosCrase

Para entendermos mais sobre o emprego ou não da crase, peço a você que leia o texto, transcrito a seguir, que nos conta sobre a abençoada ONG “Médicos Sem Fronteiras”: Nossa história Médicos Sem Fronteiras (MSF) é uma organização humanitária internacional criada em 1971, na França, por jovens médicos e jornalistas. Desde então, MSF leva cuidados de saúde a pessoas […]

“João-de-barro” ou “João de barro”?

Publicado em 16 ComentáriosHífen

O uso ou não do hífen é um assunto que costuma gerar dúvidas, não é verdade? A maioria das mudanças, relativas à “Nova Ortografia”, diz respeito a esse sinalzinho gráfico… Na escrita dos nomes de espécies zoológicas, devemos empregar ou não o hífen? De que modo você escreveria a frase a seguir?   O joão-de-barro é um habilidoso engenheiro! ou […]

“Pedir para” ou “Pedir que”?

Publicado em 26 ComentáriosRegência Verbal

“Pedir para” ou “Pedir que”? Bom, para entendermos como funciona o emprego do verbo “pedir”, proponho a leitura deste reflexivo texto, escrito por Ignácio de Loyola Brandão:   Estranha é a cabeça das pessoas. Uma vez, em São Paulo, morei numa rua que era dominada por uma árvore incrível. Na época da floração, ela enchia a calçada de cores. Para […]

“Uma dó” ou “Um dó”?

Publicado em 32 ComentáriosDicas de português

“Uma dó” ou “Um dó”? E aí, pessoal? O substantivo “dó” é feminino ou masculino? De que modo você diria esta frase? Sinto uma dó quando vejo um cão abandonado! Sinto um dó quando vejo um cão abandonado! Bom, é muito comum ouvirmos pessoas dizendo que sentem uma dó quando querem expressar o sentimento de pena, piedade ou compaixão. Certamente, […]