Skip to main content
 -
Jornalista e Sommelier de Cervejas formada pela Doemens Academy de Munique através do Senac SP. Criadora e apresentadora da coluna Pão e Cerveja na Rádio CDL FM. Colunista do jornal Estado de Minas e da Revista PQN Notícias. Sócia-fundadora e professora da Academia Sommelier de Cerveja.

Lançamentos de estilos clássicos de cerveja dão a tônica do verão

No meu último post eu comentava sobre o artigo do Garrett Oliver sobre as New England IPA, que para alguns são modinha, para outros vieram para ficar. Hoje, no sentido contrário disso, falo de alguns lançamentos que tive oportunidade de experimentar. Lançamentos de cervejas que obedecem a estilos clássicos, ou seja, passam longe do que é taxado de modinha. Me chama a atenção um estilo em especial: English Barley Wine, que por sinal eu adoro. No último mês 3 novas cervejas nesse estilo foram lançadas por cervejarias bem conhecidas ( são 3 que eu saiba, deve haver outras Brasil afora …):

Cabral, da Cervejaria Backer

Capa Preta Vintage Barley Wine

Nosferatu, da Cervejaria Tupiniquim

Um estilo elegante, potente, que, em minha opinião, não combina muito com o calor  tropical. Digo isso, porque estão sendo lançadas em pleno verão, na contramão das cervejas refrescantes que costumam fazer a cabeça do consumidor nesta época. Acredito que as cervejarias tenham motivações específicas para lança-las neste momento. Para mim tanto melhor, pois como já disse, adoro Barley Wine! As minhas estão guardadas, reservadas, para daqui a uns meses ( quem sabe um ano) serem abertas.

Outro lançamento que foge aos estilos modernos em voga, é a Oroboro, da Cervejaria Verace. Uma Belgian Dubbel maturada em carvalho, mais clássica impossível. E vinda de uma cervejaria que tem se destacado com prêmios para suas Double IPA e IPA com fermentação láctica, que estariam mais de acordo com o que alguns chamam de modinha.

O que sei, e  o que de fato importa, é que todas essas cervejas citadas são boas. Muito boas de beber. Não importa o estilo, ou a motivação do cervejeiro em produzi-lo, mas sim a construção de uma bela cerveja. E isso, todas as cervejarias aí conseguiram muito bem! Belas pedidas para presentes de Natal!!

 

 

 

Me siga também nas redes sociais

Twitter@paoecerveja

Facebook.com/paoecerveja

Instagram@fabiana.arreguy

Ouça as colunas Pão e Cerveja

https://www.mixcloud.com/fabiana-arreguy/colunas-pão-e-cerveja-dos-dias-14-a-18-de-novembro-de-2017/

Publicidade

4 comentários em “Lançamentos de estilos clássicos de cerveja dão a tônica do verão

  1. Prezada senhora, eu, embora filho de uma mistura de vinhos-mãe filha de italiano e pai filho de francês sou amante das cervejas. Para o meu paladar somente cervejas que tenham cor (brown, escuras, red, peroladas) mas com certeza não gosto das ditas claras (p.ex: pilsen). Residi 12 anos nos Estados Unidos e via nas prateleiras de cervejarias e supermercados, uma infinidade de cervejas vermelhas (red), brown, escuras ou peroladas. No Brasil eu vejo poucas com estas colorações, suaves e saborosas.Então quando compro cervejas em supermercados por exemplo, onde a maioria dos brasileiros também compram, eu “batizo” a minha cerveja misturando alguma outra escura. Não está na hora das nossas cervejarias produzirem cervejas mais escuras:::: .

    1. Olá Sérgio, temos muitas cervejas no perfil que você prefere sendo produzidas no Brasil. Infelizmente os PDVs não dão prioridade a elas, preferem cair na opção mais fácil de vender. Depois, com mais tempo, vou lhe passar uma lista de cervejas assim, ok? Pode me cobrar!

    2. Bom dia !!!
      Ivan aqui da Cervejaria D di Prosa.
      Acho que tenho o que vc está procurando. Tenho uma American Stout com 7%de álcool.
      Sabor acentuado de café.
      Feita com maltes tostados, chocolate, caramelo e rapadura.
      A avaliação e ficha completa vc poderá ver no site Advogando com cerveja.
      Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*