Skip to main content
 -
Ricardo Kertzman nasceu em 1967. Um homem inquieto, irrequieto e inundado de sentimentos.

A lixeira da ditadura, foi para onde Lewandowski nos atirou ontem; entenda

Não sei o que é pior: se o surto ditatorial de um Ministro do STF ou a reação bovina da sociedade brasileira

Vergonha STF (Imagem: MBL / Google)

Eu tento, meus caros, mas a raiva não passa. Não consigo esquecer o episódio de ontem, quando o “amigo do Lula”  — temporariamente Ministro do STF —  Ricardo Lewandowski mandou prender um cidadão que lhe disse sentir vergonha do Supremo.

Nasci e cresci em Brasília, durante o período mais rígido do Regime Militar, e posso lhes assegurar: o que se viu ontem, naquele avião, foi uma reedição das “generaladas” daquele tempo.  Ou pior, pois de fato o cidadão não fez nada.

É inadmissível que um servidor federal, por mais alto que seja o seu cargo, não aceite uma crítica ou mesmo admoestação pública. Principalmente feita dentro do devido respeito e sem qualquer tipo de violência, seja física, verbal ou mesmo moral.

Certos Ministros do STF vêm atentando abertamente contra os anseios da nação. Soltam bandidos notórios como quem lê o jornal pela manhã. Rasgam nossa Constituição sem ao menos corar as bochechas. E Lewandowski é um deles.

Ao mesmo tempo em que deu voz de prisão a um inocente, seguiu feliz e saltitante para o Tribunal. Lá, como de costume, tratou de se  “solidarizar”  com mais um habeas corpus do presidiário Lula. Por ele, o corrupto e lavador de dinheiro condenado já estaria em casa.

Que raios de País é este, meu Deus do céu?  Que republiqueta bananeira dos infernos é essa em que vivemos? Pagamos as contas destes caras, ! Os assistimos fazerem o que fazem e agora seremos presos simplesmente por reclamar?

E que porcaria de imprensa é essa? Está mais preocupada com o filho da Sabrina Sato que com uma clara afronta à liberdade de expressão. Que porcaria de OAB e de Ministério Público são estes? Nem um pio, catzo!

E cadê o valente CNJ? Só serve para obedecer aos caprichos do PT e perseguir o Juiz Sergio Moro? E os tais Direitos Humanos, onde estão, porra? Onde estão os movimentos MBL e afins, que não convocam o povo para as ruas? Convoquem, caramba. Será histórico!!

Cadê os artistas e intelectuais que “lutaram contra a ditadura”? Cadê Chico, Caetano e Gil? Cadê os petistas e a imprensa estrangeira, que disseram que Jair Bolsonaro era uma ameaça à democracia? São todos uns covardes, uns cínicos oportunistas.

Eu também tenho vergonha deste Supremo. Tenho vergonha do nível intelectual, da história e do histórico de boa parte destes atuais Ministros. E daí? Eu posso ou vai mandar me prender, hein, Ó Deus Ricardo Lewandowski?

Aliás, eu tenho vergonha é de você! E de mais uns três ou quatro colegas seus também.

Leia mais.

Postagens relacionadas

As lições do futebol que a política não aprende... Precisamos entender que reza, choro e garra não ganham jogos. Como político só honesto, carismático e populista também não administra bem Paolo Guer...
Lula e o cheirinho de cadeia É bom o penta-réu criminal começar a se preparar: Curitiba está cada vez mais perto de se tornar sua nova cidade Tá chegando, Pixuleco Já não hav...
E ninguém nos diz ao menos: obrigado Parafraseando o genial Renato Russo, em sua não menos genial canção "Índios", gostaria de um simples obrigado de quem vive do meu suor Um guerreira ...
Copa do Mundo 2018: que falta de graça, né Duzentos milhões em ação, pra frente Brasil, do meu coração. Todos juntos vamos, pra frente Brasil, salve a Seleção Em busca do Hexa (Foto: Google I...
Publicidade

36 thoughts to “A lixeira da ditadura, foi para onde Lewandowski nos atirou ontem; entenda”

  1. Eu também tento, Ricardo, mas a raiva, a indignação não passam. O senhor deus da incoerência, senhor Ricardo Lewandowski, ultrapassa todos os limites. Mas, deixa estar, com certeza Sergio Moro e/ou Bolsonaro hão de um dia encontrá-lo em uma dessas voltas que a vida dá. Um abraço.

  2. Mas a Carmem Lúcia tinha dito:
    “cala boca já morreu, quem manda na minha boca sou eu”…
    Acho que ela disse exatamente isso aí, quando defendeu liberdade de expressão, pois é, parece que a Ministra terá que dar umas aulinhas para esse bobão, jucuzão.
    O Lula está preso babaca.

  3. Vamos lá, antes que a Mãe Diná do século XXI venha cá dizer um monte de asneira, aquela Mãe Diná D’arac, vou antecipar o texto dele tá bom, vai ser algo do tipo:

    – Olá Inundado, o povo de cá, nós socialistas marxistas, estamos com Lewandovski, ele nos representa, ele é um homem digno, excelente Ministro. E não fique bravão Inundado, pois nunca antes na história de Pindorama houve alguém tão digno quanto o nosso amado Lewandovski. O Lula é o primeiro amor da minha vida; e agora minha felicidade é extrema e transborda, pois eis que agora tenho o segundo amor de minha vida, o meu amado Lewandovski… E ele terminará o texto assim:
    – E você Rogério, é muito opressor, você é muito bravão, você deve ter umas duas garruchas e um facão… Putz, que fase da esquerda hein… Nuuu!
    É isso aí que o D’arac vai conseguir fazer, por aí. É um sabichão, sabe tudo. Mas eu entendo você viu oh D’arac, foi muito lixo marxista e pouco estudo, pouca aula, daí ficou bem fácil para o “Encantador de Jumentos” fazer um encantamento em você.
    O Lula está preso babaca.

    1. Olá Rogério, hoje na porção ternurinha, heim? Sim, pois, além de utilizar como ninguém a garrucha, sabe, quando quer, afagar.
      Deixemos de lado a primorosa atuação do Magistrado Lawandowski, você entende que é viável o cidadão aprovar e desaprovar a atuação dos agentes públicos através dos gritos? Esse método poderia se GENERALIZAR para todos os agentes públicos? Seria viável quando aplicado aos Ministros, Desembargadores, Juízes, Delegados de Polícia, enfim a todos que ocupem cargo público? (No que resultaria se a turma do atiço e do deixa disso se atracar dentro do avião?) É razoável concluir que não resultaria em boas coisas, e de outro ângulo ha outros mecanismos para legitimar ou desautorizar o desempenhos dos agentes do Estado!
      Minha sugestão é que seja utilizado a força do direito e não o direito da força. Bote esse quengo para raciocinar, você é capaz!

      1. Distorcendo os fatos de novo, como costumeiramente o faz.
        O cidadão foi educado e demonstrou insatisfação da maneira mais civilizada. O seu interlocutor, o ministreco, é que foi violento. Mas vocês sabem inverter situações, são mestres. Ah se toda manifestação petista, do MST, do Boulos, tivesse a educação daquele cidadão não é mesmo. Responde pra gente uma coisa, se Pesão e Cabral estão presos por corrupção, tal qual o seu Marginal Idolatrado, não seria também sensato e coerente de sua parte pedir:
        – “Pesão livreee”
        – “Cabral livree”
        Responde aí pra gente de maneira objetiva, pois ficar se apropriando do personagem da Escolinha de Chico Anysio, “O Enrolando Lero”, não é salutar.

        1. Olá Rogério, sem um mínimo de boa vontade não se dialoga. (Sou singular, não sou plural, vc, invariavelmente menciona-me como muitos) Eu não disse que o cidadão foi violento, bruto, mal educado dentro do avião com o ministro. O que questiono é o MODELO. Questiono a viabilidade, a funcionalidade de o cidadão, diretamente, em avião, repartições, restaurantes etc espinafrar, gritar, vaiar, chamar as falas as autoridades. Sacou o busílis da coisa?
          Numa sociedade plural e que se quer democrática não é interditado pedir, pleitear, requerer, clamar. É necessário, contudo, estabelecer como, quando, e onde.
          Quem acompanhou as peripécias de Eduardo no Encontro marcado não pode ficar com essas bobiçadas. Tome tento, rapaz!

          1. Pronto, já pode ser contratado como “O Enrolando Lero”. Preste atenção, pois já estás bem velhinho para fingir de bobo, bobiçada é defender “O ladrão de 9 dedos” e na mesma medida não gritar: “Pezão livreeee”, “Cabral livreee”. A incoerência é o seu “jardim das aflições”, se é que me entende.
            O marxismo é bem próprio da juventude, pois é natural que ele seduza os mais incautos e pueris, mas um senhor da sua idade se deixar levar por uma doutrina tão infantil e ultrapassada; é algo que está fora do seu tempo, fora de sua época.
            Um filósofo certa vez disse: “…é natural ser socialista/comunista na juventude, mas é impossível permanecer assim com a chegada da maturidade…”
            Sendo assim, tome tento sujeito homi, pois já és um ancião. Tente se ajustar à sua condição atual, pois não se pode ser hip a vida toda, já não existem mais Kombis rosas pintadas de flores circulando pela rua, por favor, raciocine, o movimento hip é de 1969, Dimi Hendrix tocou no Woodstock em 1972, por favor, são situações que vão completar 50 anos.
            Aqueles jovens que pediam paz e amor com um cigarro de maconha nas mãos já estão com mais de 70 anos de idade hoje.
            Cidrac, vou lhe pedir com educação tá bom. Por favor, saia de dentro dessa Kombi pintada de flores e venha para o ano de 2018, quase 2019. Faça essa viagem no tempo e saia da Kombi, isso lhe fará bem. Enquanto você não sair da Kombi e concluir a viagem de volta, não será mais possível dialogar com você, uma vez que o distanciamento temporal impede o argumento.
            Tudo de bom e tente ser feliz.

            1. Olá Rogério, tentar ser feliz é uma tentação na qual muitos caem, porém, ha bons argumentos no sentido que o fim do homem é a liberdade e não a felicidade….
              Por falar em Kombi me lembrei daquela de dentro da qual sempre sai uma fumacinha. Sim a kombi do Salsicha do Skoob. Ele invariavelmente de larica, sim larica e fumaça, signos de queimação de erva.
              Outro dia a gente fala da trinca Pezão, Serginho Cabralzinho Filhinho e o escritor de o Capital. (Se observares verás que nunca menciono, por minha iniciativa, o nome deste último)

      2. Rogério, é uma perda de tempo discutir com crentes religiosos, fanáticos e bêbados. A realidade dos fatos jamais irá penetrar nessa fortaleza criada na mente dp crente.
        Cidrac é um crente fundamentalista da religião lulopetista e um fanático devoto do Santo Pulha e da Santa Anta.
        Esse senhor padece de uma cegueira ideológica acintosa, indisfarçada: não importa que a realidade, os fatos desmintam, desmascarem os dogmas e os santos idolatrados de sua igreja política, sua adoração é fiel, incondicional, eterna. Sua adoração é tanta que o torna incapaz de nem mesmo vislumbrar o desastre econômico, administrativo, político, social e cultural a que os govs Lula e Dilma levaram o País.
        Para o crente idólatra, qualquer crítica, ressalva, qualquer fato/denúncia que contestem os dogmas de sua religião política significam uma ameaça àquela construção idealizada por sua idolatria: significa uma ameaça não à pessoa de carne e osso idolatrada e nem à sua igreja, MAS, SIM, ÀQUELA ENTIDADE SANTIFICADA/IMACULADA E AO MUNDO UTÓPICO CRIADOS NA MENTE DO IDÓLATRA COMO UMA RESPOSTA AOS SEUS FRACASSOS PESSOAIS .
        Tanto na Idade Média, como no séc XX das religiões políticas do marxismo e do nazismo, e nos tempos de hoje do fundamentalismo islâmico, a realidade dos fatos deve ser negada, e o “herege”, o “inimigo do povo”, o “inimigo da raça” devem ser eliminados não pelo que são, mas pela ameaça que representam.

        1. Prezado Robes, é deveras muito triste ver como a cegueira pode se apoderar de um ser desta forma. Como pode uma pessoa ser transformada em espantalho, sem qualquer condição de, minimamente, analisar a realidade que o cerca. Chega a ser impressionante e beira ao inacreditável.
          No “mito da caverna” de Platão tem-se os acorrentados no fundo da caverna, passando uma vida inteira nas sombras da ignorância, mas um dia, um dos agrilhoados consegue arrebentar as correntes e escapar, saindo das sombras, alcançando a luz e descobrindo toda a realidade fora da caverna, antes ignorada. Só nos resta torcer para que essas pessoas consigam arrebentar suas correntes e possam sair da ignorância das sombras em que vivem bem no fundo da caverna.

      3. Cidra, sua velha Raposa!
        “ocê entende que é viável o cidadão aprovar e desaprovar a atuação dos agentes públicos através dos gritos? ”
        isso se chama manifestação! ou vc acha que foi inviável os atos dos “ELENÃO” ???
        Ou dos atos do MST, invadindo , queimando pneus, quebrando imóveis públicos?
        esse Cidra! que figura!
        sei que nao tenho o direito, mas me sobra a curiosidade:
        qual seu ramo de atividade Cidra? pq se vc for funcionario, trabalha para rapinosos… se for empreendedor, é um rapinoso.. se for funcionário público, bem… aí temos q saber se vc eh da banda boa ou a banda do jaleco na cadeira…
        forte abs!

  4. Esse ministro, apadrinhado da falecida esposa do presidiário Lula, Mariza Letícia e notório descumpridor da Constituição Federal a qual jurou defender, mais uma vez coloca as manguinhas de fora. Ele foi o protagonista de um dos mais notórios casos desrespeitos à Constituição Federal. Ele simplesmente rasgou e jogou no lixo a Constituição, quando ignorou seu artigo 52 § único, ao não suspender os direitos políticos da ex-presidente, quando do impeachment da Dilma. O que ele vergonhosamente não fez, prevaricando, o povo Mineiro fez nas urnas! O STF é uma VERGONHA!

  5. Pessoal, acabei de ler a nota do gabinete do vergonhoso Lewandovski.
    A nota disse que “o vergonhoso” apenas defendeu o Supremo, pois o STF estava sofrendo uma injúria…. O QUE??? COMO ASSIM????
    Então agora, além de sentirmos vergonha do Lewandovski, podemos também chamá-lo de burro e ignorante? Será que podemos chamá-lo assim? Fica a pergunta.
    Aulinha rapidinha e básica de Direito Penal para ele, já que ele não sabe. Injúria só pode ser cometida contra pessoa física, como um cara que está no STF não sabe disso? Falar em injúria contra o Supremo? Injúria não pode ser cometida contra empresas ou órgãos públicos, pois são pessoas jurídicas. O ”vergonhoso ministreco” não sabe nada de nada com coisa alguma, vergonha para o STF ter alguém tão incapaz. Os alunos do 1º período de Direito sabem isso!
    O Lula está preso babaca!

  6. O STF só vai mudar quando os que lá estão morrerem… O advogado em questão, externou o que 100% da população gostariam de dizer ( menos o Lula e o Cidraac ) . Felizmente, este tipo de pressão popular está se tornado uma constante, fazendo com que eles tenham medo de andar até em portugal. Se encontrarmos um deles por aí, ou políticos safados, temos que abrir a boca mesmo! Eles nos tiram recursos , nós tiramos a paz social deles.O rapaz foi até educado.. muitos nao seriam…
    #CidraDoContra

    1. haha…. Oh Rodrigo, o Mãe Diná D’arac vai lhe responder assim:

      – Olá Rodrigo, há muito tempo, em Pindorama, quando eu li o livro “O Encontro Marcado” de Fernando Sabino, aquela parte que ele sobe no arco do Viaduto de Santa Tereza, fazendo peripécias até a Rua da Bahia, conheci Hélio Pellegrino, então nunca antes na história de Pindorama houve alguém mais culto, nobre, gentil e honrado do que o meu amado Lewandovski… Hein???

      Que fase essa da esquerda, nuuuu!!!
      Será que um dia alguém irá estudar a fundo o que o lixo marxista é capaz de fazer com a mente das pessoas? Será que o lixo marxista possui algum tipo de ácido que corrói os cérebros?
      The Lula is jail, asshole.

  7. Esse togado cara de pau está doido para soltar o antigo companheiro que antigamente pescava tilápia ensaboada nas represas Billings e Guarapiranga e depois foi desfrutar de peixes que passavam por um lava jato, num pesqueiro particular em Atibaia.

    1. Claudio,
      concordo com sua frase se acrescentar a palavra “EXTREMA” antes das duas direções. No fundo, a extrema se torna bem parecida uma com a outra.
      aabs

  8. Cada vez mais fica patente que esse cara faria parte da cúpula togada da ditadura petista, mas como sabemos deu merda.
    Como o partido da casa e dos aliados naufragaram por excesso de roubalheira, ele e o goleiro de porta de xadrez fazem as vezes de bote salva vidas.

  9. O PT antecipou conforto em troca de votos, criou o maior contingente de dedo de obra apertando teclado de Smartphone do mundo, em vez de mão de obra com cultura e inteligência produtiva.

  10. O povo brasileiro está revoltado,você está expressando o sentimento de todos.Concordo plenamente;que raios de país é esse.O abuso do poder atingiu níveis intoleráveis.Li hoje que quase 50 milhões de brasileiros vivem com menos de 410 reais por mês,isso gera revolta e criminalidade também.

  11. Infelizmente homens ímpios e imorais dominaram as instituições e o governo desse país durante muitos anos. Com isso o povo padeceu e o país ficou prostrado diante de uma desordem moral e cívica sem precedentes!
    Espero sinceramente que tudo seja mudado e que os maus sejam extirpados desta nação!

  12. Eu também tenho vergonha do Supremo (embora, parece-me, os motivos mais relevantes de minha vergonha não sejam os mesmos do blogueiro). Mas tenho, mais ainda, vergonha das bobagens que escrevem alguns blogueiros.

  13. Esse supremo de porra nenhuma, lotado de velhos coiotes, já passou da hora de acabar, não serve pra nada, é um atraso para o Brasil. Só tem merda ali, herança maldita da esquerda.

  14. Prezados, li neste exato momento em uma coluna da Monica Bérgamo (Folha de São Paulo) que o sindicato dos advogados de SP Repudia a ação do magistrado em questao, alegando que sua fala nao condiz com a opinião da categoria. Alem disso o Grupo Prerrogativas – que reune alguns dos maiores advogados do país classificou a situação com “achincalhe” relativo a imagem do nosso querido ministro. Complicado né…parece brincadeira. Mas é uma triste realidade que envolve os três poderes desta nação, da qual temos como principal lema – Ordem e progresso. Neste caso, fica dificil imaginar um cenario possitivo, em que os nobres e excelentissimos domindores do “Brazil” burlam as leis, que são brandas e ultrapassadas e mostram o quanto estao se lixando para o povo e a tal “Democracia” que vivemos. Infelizmente me parece que estes dias assombrosos e sem perspectivas de melhoras não vão acabar tão cedo…

  15. De um lado está o Poder Judiciário como um todo, que necessita que continuem existindo bandidos e crimes para justificarem a sua existência. Do outro lado o cidadão de bem, que necessita que bandidos e crimes acabem para terem um pouco de paz. Esta dicotomia leva a este tipo de conflito.
    A frequência destas manifestações é diretamente proporcional ao nível de maturidade do pensamento liberal da sociedade. Expressões como “não existe almoço grátis”, aos poucos caindo na boca do povo, mostra pequenos passos nesta direção.

  16. É, blogueiro, o Reinaldo Azevedo não pensa assim. Eu o acompanho e observei que foi explicitamente complacente com o tal ministro do STF. Aliás, salvo estiver passado batido por mim, ele não se manifestou com uma linha sequer quando uma doida driblou a segurança e enxovalhou o presidente eleito com insultos do mais baixo calão dias atrás.

  17. Muitos brazucas são verdadeiros pulhas…..queria estar nesse avião e me solidarizar com o Advogado….em apoio contra os ministros das trevas. Mas os pulhas covardes que estavam no avião fingiram que não era com eles….bem ao estilo brazuca covardão de ser. Esperar o quê mais???? Uma imprensa quase toda ela “esquerdalhada”, omissa e covarde….instituições que deveriam nos representar….são coniventes e benovolentes com as ações da politicalha amiga do rei……até mesmo de um rei deposto. Sem falar nos pseudo artistas que usam isso aquí como quintal….terreiro….pois adoram é viver, passear pelas ruas, degustar os vinhos e os cafés de Paris, Lisboa, Milão. Um viva à Revolução Francesa e à guilhotina!!!!

  18. Muitos brazucas são verdadeiros pulhas…..queria estar nesse avião e me solidarizar com o Advogado….em apoio contra os ministros das trevas. Mas os pulhas covardes que estavam no avião fingiram que não era com eles….bem ao estilo brazuca covardão de ser. Esperar o quê mais???? Uma imprensa quase toda ela “esquerdalhada”, omissa e covarde….instituições que deveriam nos representar….são coniventes e benovolentes com as ações da politicalha amiga do rei……até mesmo de um rei deposto. Sem falar nos pseudo artistas que usam isso aquí como quintal….terreiro….pois adoram é viver, passear pelas ruas, degustar os vinhos e os cafés de Paris, Lisboa, Milão. Um viva à Revolução Francesa e à guilhotina!!!!

  19. Se temos vergonha deles, confesso que tenho vergonha até de mim mesmo por ser brasileiro, ter de enfrentar petistas e não petistas desonestos em toda parte enquanto que na França, um ‘simples’ aumento no imposto dos combustíveis resultou em enormes protestos e até em violência no país inteiro até o preço voltar ao que era.
    Aqui, vivemos cercados de todos os tipos de ladrões, não conseguimos combatê-los e nem tomamos providências para extermina-los, só ficamos vendo ferrenhos defensores de criminosos e benevolentes apoiadores de erros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.