Skip to main content
 -
Ricardo Kertzman nasceu em 1967. Um homem inquieto, irrequieto e inundado de sentimentos.

Corruptos nas ruas ou na cadeia? É o que decidirá o Supremo a partir de hoje

Bons tempos em que precisávamos apenas tomar cuidado com os bandidos nas ruas. Hoje, nossa atenção divide-se com Brasília

Os conchavos do Poder (Foto: Edilson Rodrigues/ Agência Senado)

Recentemente o STF decidiu que furto de celular, desde que não à mão-armada, é considerado delito de menor potencial ofensivo e portanto não passível de pena de prisão. O nome técnico é “Princípio da Insignificância“.

Meses atrás, o Tribunal de Justiça de São Paulo colocou em liberdade um ladrão que havia assaltado uma grande rede de varejo. O meliante roubou algumas caixas de chocolate, delito também considerado “insignificante” (economicamente) diante do porte da empresa lesada.

Há uma falácia no Brasil, dentre tantas outras, que diz que o País prende muito. Dados oficiais dão conta que 700 mil pessoas estejam presas neste momento. Isso nos torna a terceira maior população carcerária do mundo.

Parece muito? Só para os propagandistas da impunidade.  É pouco!  Muito pouco. O Brasil possuiu a quinta maior população do mundo, ora. À sua frente encontram-se China, Índia, Estados Unidos e Indonésia.

Dentre os países mais populosos, todos admitem a Pena de Morte como medida punitiva. Além disso, Estados Unidos e China prendem mais que o Brasil. Outro país gigantesco, em tamanho e população, a Rússia prende praticamente o mesmo que a gente.

Prisão reduz a criminalidade? Bem, todos os dados mundiais dizem que sim. Elimina? Claro que não.  Mas quem disse que este é o objetivo da prisão?  A meu ver, inclusive, não é nem a tal ressocialização do encarcerado.

Prisão serve para afastar das ruas alguém que nos ameaça a integridade física e patrimonial. Pronto! Qualquer argumento fora deste simples ponto é retórica e proselitismo. O Estado de São Paulo é o que mais prende. Também é o menos violento do Brasil.

Os estados do nordeste apresentam os piores índices de mortes violentas. Igualmente são os que menos prendem. E notem, leitores, que há cerca de 150 mil mandados de prisão que ainda não foram cumpridos. Principalmente nos estados onde há superlotação carcerária.

O Brasil não só prende pouco como prende por muito pouco tempo. Para piorar, os ladrões dos milhões, diferentemente dos ladrões dos pães, ficam ainda menos tempo presos, já que amigos dos togados. Principalmente dos supremos.

Aliás, o País inaugurou uma nova categoria de presos: ex-presidentes. O corrupto e lavador de dinheiro Lula cumpre pena em uma suíte na PF de Curitiba. Por lá, recebe três visitas por dia, engorda e comanda sua quadrilha política.

O dia em que não emitir uma nota fiscal, sonegar impostos, avançar sinal, estacionar em local proibido,  dirigir bêbado ou drogado,  agredir alguém, depredar patrimônio público e privado, impedir o ir e vir das pessoas, enfim…

For verdadeiramente punido, independentemente da relevância do ato criminoso e de sua consequência, acreditem, senhores leitores, não precisaremos acompanhar uma sessão do STF em que se decidirá se o presidente pode ou não indultar corruptos nojentos.

Até este dia — e temo que nunca chegue — só nos cabe mesmo é vigiar a corja engravatada (e togada!) de Brasília. Do contrário, periga amanhecermos em 25 de dezembro cercados por Lulas, Cunhas, Vaccaris e companhia.

Leia também.

Postagens relacionadas

Antes de melhorar, piora. Descubra quem é você nes... Dois minutos de leitura que te farão entender o que se passa e quem é você neste tiroteio eleitoral Imagem Google O debate político está mesmo al...
Ódio é a palavra da moda para definir indignação c... Não se trata de "ódio" ao PT, mas, sim, de indignação ao que essa quadrilha vem nos fazendo passar durante os últimos 16 anos Ódio é apelido (Foto: ...
STF julgará ensino de religião nas escolas pública... As mesmas pessoas interessadas em banir Cristo das salas de aula, querem ver sexo, drogas e funk no livros didáticos Sub Judice, outra vez! Pois ...
Onde estão os líderes do bem O Congresso Nacional inteiro está a um passo da desmoralização total. A depender do que fizerem nestes próximos dias, será irreversível a imagem de um...

24 comentários em “Corruptos nas ruas ou na cadeia? É o que decidirá o Supremo a partir de hoje

  1. Olá Inundado, a gente ia ao Mineirão torcia, gritava, vibrava e ainda soboreava o tropeiro. Como não ha almoço de graça o Estado custeava. O futebol tem muito a ver conosco.
    O tempo passou e a bola continua redonda, mas num é que inventaram uma tal de PPP. Acabaram com a geral, sumiram com o tropeiro, o os pernas de paus se encheram de poses, mas os bancos entraram na jogada e não dividiram o lucro. Assim, o Itaú e outros bancos querem cobrar mais do Estado, em verdade de nós, pois somos nós que vertemos tributos. Em resumo; não melhorou o futebol,m não melhorou o estar nos estádios, que agora recebe o nome cafonérrimo de arena. Os Zé Coisa Nenhuma não entra lá, o futebol não empolga e os bancos faturam alto e chantageiam o Estado. Mais uma invariável maldade da elitizinha rapinosa, extrativsta e predadora penta centenária.

    1. Cidra, meu amigo, você está bem? Acho que o seu comentário saiu errado… Misturou futebol, banqueiros e a sempre presente Elite rapinosa… kkkkk.
      O josé de alencar era deste Elite Cidra?
      A Gleise, com seu patrimônio, é patroa de vários empregados.. ela é da elite? O Lula era? Pq só andam de carros importados, passam férias no exterior, tomam vinhos caros e vestem roupas de luxo..
      Sem xingar hein?
      Forte Abc e Deus no Coração!

    2. Eu te avisei Cidrac, sobre os perigos dos recursos copiar e colar do Word. Vou te indicar um livro, “Como ser criativo, mesmo sendo um petista”, não sei o autor. Seu instinto petista vai resistir, mas tente resistir mais que ele. Se isso não te redimir, pelo menos pode evitar que você passe vergonha.

  2. Ricardo, seu melhor texto!
    Simplesmente assim!
    Antes de se ressocializar alguém, deve-se punir e dar satisfações para a vítima!
    Se tiver ainda qualquer tipo de prejuízo público ou privado, o bandido deveria ainda trabalhar na cadeia até ressarcir o valor.

    Um abraço!

    1. Olá Gian, penso que prioritário ao punir é não ter de punir. País e povo desenvolvidos são aqueles onde não se tenha de aprisionar, ou se inevitável que seja o mínimo do mínimo. A liberdade é tão boa e o aprisionamento custa caro a quem como eu trabalha duro ha tantos anos.

  3. Uma parcela dos brasileiros, infelizmente, ama e idolatra quem os rouba, pois:
    – fazem vigília em apoio à quem os assaltou;
    – fazem ajuntamento de pessoas para gritar “bom dia senhor ladrão”;
    – rogam a Deus para que um marginal que os roubou seja solto sem punição.
    Nunca vi um povo que adora exaltar gente do mal como aqui no Brasil; mas o bom é que estamos mudando. O voto da maioria demonstrou isso.

    1. Olá Rogério, e por falar em parcela ha ao menos mais duas. Uma é formada daqueles que se ajeitam com o MPF e PF, sob beneplácito do Poder Judiciário, negociam colaboração premiada, ajustam os mínimos detalhes, ainda que para isso demande meses de idas e vindas e saem para charlar, não raro, em mansões lá pros lados de Cabo Frio, Búzios e adjacências. Nesta se incluem gente suspeitas e ou acusadas de grandes crimes. A outra parcela, essa bem grandona, são daqueles que não observam essas particularidades ou ainda que observem, mas não a leva em consideração, pois, querem mesmo é que a carga da perseguição recaiam em dois gatos pingados, contanto que sejam do PT. E pra acabar de completar acreditam que essas trapaças conduzirão o país a melhores condições. Ah se a estupidez conhecesse limites!

      1. O cunha é do PT?
        João Cláudio Genu?
        Gim ARgello?
        Luis Argolo?
        posso citar um monte se quiser.. nenhum do PT.. se não me engano o PP é o partido mais atingido pela Lava Jato..
        Cidra, Cidra… muita gente foi presa.. Marcelo Odebrecht… nem todos são do PT. Falta a vocês o Mea-culpa. O Pt participou sim da orgia, como TODOS OS OUTROS. Agora é obvio que os do PT chamaram mais atenção por ter sido o governo atual da época e por ter se auto-proclamado “um partido diferente e honesto”. Já te falei mais de uma vez: o PT tem que mudar, se alinhar e fazer uma política de oposição descente. Se ficarem mistifcando o Lula e seus comandados até a morte, vão morrer.
        Forte abs!

        1. Olá Rodrigo, veja, incesto e orgia não são crimes no Brasil e na maioria dos países democráticos.
          Não se deve confundir rifle ali na mesa com bife a milanesa. Ha anos ouvimos a gritaria acerca da corrupção. A Dilma foi retirada do cargo por ter praticado pedalada (quem sabe o que é isso, aliás, essa palavra com tal conotação só foi ouvida naqueles dias). Em síntese mero pretexto. Tal e qual Lulinha Paz e Amor que esta sendo condenado por um bem do qual não é proprietário nem possuidor, não teve a posse do bem num por trinta segundos.
          Assim não dá!

  4. Já não bastava o gilmarzão, goleiro de porta de xadrez do STF a combater o judiciário de baixo clero, o “Togadão”, primo do “Quadrilhão” tenta escalar no último mês do governo, o ex-vice da Ensacadora de Vento para atuar como plantonista na UTI da Safadeza para indultar lavajatenses aprisionados.

  5. A GIGANTESCA LATA DE LIXO DO BRASIL
    Gilmar Mendes, Alexandre Moraes, Lewandowski, Toffoli, Marco Aurélio, Lula, Dilma, Lindbergh, G. Hoffman, Pezão, Aécio, Azevedo, Celso de Melo, Eduardo Cunha, Sérgio Cabral, Pimentel, Renan Calheiros, Sarney, Temer, Eunício de Oliveira, Requião,Suplicy, Geddel, Haddad, Maria do Rosário, Boulos, Paulinho da Força, Janot, Kalil, Jaques Wagner etc e etc.

    1. Olá Matos, tem outro avô que avisa: as grandes penas são para os pequenos delitos e a lei e as serpentes só picam a quem anda descalço.

      1. Um bom exemplo é o Pulha da Silva. O cara amealhou mais de 29 milhões em propinas (sem contar a grana roubada que rolou pro tal de instituto Lula), enriqueceu toda a família Pulha,
        e comandou a maior roubalheira de dinheiro público da história.
        Só levou 12 aninhos até agora.
        Pode isso, Arnaldo?

        1. Olá Mendes, “e comandou a maior roubalheira de dinheiro público da história”. O que comunica esse grupo de palavras? Ela nos informa que ha pessoas que se permite dizer qualquer coisa sobre qualquer coisa. O detalhe é que em concreto não se provou nem mesmo a propriedade de um cafona tripec. Como dizem meus pais, tou a pelejar.

  6. Meu falecido avô quando criança, nos de anos 1940, morando na Mooca tinha um comandante da Polícia que lhe dizia: “Não roube carteira que isso dá cadeia. Roube grandes quantias que não dá em nada.”
    Triste ver que 3/4 de século depois continua a mesma coisa.

  7. E por falar em bandido solto. Essa semana a esquerdalha derrubou mais um avião e matou mais um cara, alias, vários caras e uma cara. Dessa vez, o meliante que morreu nem chegou a ser apresentado, não deu tempo. Não vai demorar muito para esses bandidos esquerdalhas registrarem um Cnpj para essa nova modalidade de prestação de serviço, derrubador de aeronaves. Penso que o Slogan será, “Derrubamos qualquer coisa que voe levando delatores” e o nome da empresa deverá ser, “Derruba a Jato”.

  8. À FORCA! O melhor procedimento!
    Nos enforcaram durante 2,5 anos, pagamentos congelados, escalonados…
    Com a língua pra fora, grito:
    ___ tirem a corda do meu pescoço e a transfere para os chacais, lesadores, trocistas.
    À FORCA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.