Skip to main content
 -
Ricardo Kertzman nasceu em 1967. Um homem inquieto, irrequieto e inundado de sentimentos.

Políticos desgraçados

Share on Facebook293Share on Google+1Tweet about this on Twitter0

Quando tudo parecia caminhar para uma ligeira melhora, eis que surge o onipresente e onipotente caráter do político brasileiro

Verdade! Não haveria putas o suficiente

O Brasil viverá anos duríssimos, daqui pra frente. Sim, amigos. Ainda pior do que estes últimos, infelizmente. O estrago econômico que o lulopetismo produziu será fichinha perto do que está a se desenhar.

A inflação havia arrefecido, o desemprego havia retrocedido, a recessão dava sinais de estafa. Reformas muito importantes para o país estavam em vias de aprovação. 

O cenário externo melhorara significativamente: risco em baixa, juros decrescentes, crédito voltando. Pois é. Foi tudo por água abaixo. Acabou-se o que era doce.

E por quê?

Por causa dos eternos filhos das putas que infestam a política deste país há anos, há décadas, talvez há séculos. Por causa dos ladrões que tiram a comida do prato dos mais pobres, o leito dos doentes, a escola das crianças. Por causa de uma gente mesquinha, escrota e moralmente leprosa.

Por causa dos Lula, Palocci, Mantega, Cabral, Sarney, Collor, Aécio, Dilma, Pimentel, Calheiros, Lobão, Temer, Jucá, Barbalho e tantos outros vagabundos da espécie, espalhados pela política nacional.

Por causa dos Odebrecht (Norberto, Emílio e Marcelo), Batista (Eike, Wesley e Joesley), Gutierrez, Mendes Júnior, Pinheiro e sei lá mais quantos bilionários espúrios que indevidamente nominam-se empresários. São ladrões, isso, sim.

Por causa de mulheres que trocam uma criança morta, num hospital público qualquer, por cartões de crédito internacionais. Por causa das Adriana Ancelmo, Marisa Letícia, Cláudia Cruz, Gleisi Hoffmann, Andréa Neves, Roseana Sarney, Rosane Collor, Carolina de Oliveira e outras “mães” (muito entre aspas mesmo!!), com suas comprinhas modestas na Chanel, Dior, Louis Vuitton, Louboutin, com dinheiro roubado, enquanto sua vítimas, milhões de brasileirinhos, vivem em condições subumanas.

Por causa de juízes injustos, corruptos e omissos. Por causa de parlamentares que não endurecem as leis penais, ao contrário, as abrandam em benefício próprio. Por causa de uma expressiva parte de uma imprensa vendida, corporativista e ideologicamente atrasada, que promove ladrões a heróis do povo, como fez durante anos, com Lula e Cabral, por exemplos.

Milhões de desempregados, em franco desespero. Milhões de pais e mães, insones com as contas a pagar. Milhões de micro e pequenos empresários, desesperados e sem rumo.

Doentes, velhos, aposentados, crianças, bebês miseráveis, todos sem amparo ou mínimo auxílio que seja, de um Estado omisso, ausente, corrupto, incapaz, cruel, tomado por tiranos corruptos e insaciáveis por dinheiro e poder.

São todos uns desgraçados, malditos, cancerosos de alma e coração. Asquerosos, porcos, nojentos que merecem o pior que a vida e o inferno possam lhes oferecer.

E ficarão todos soltos ou presos, em suas mansões, por uns dois ou três anos; se ficarem. Os Batista, da JBS, nem isso. Delataram em troca de nenhum tipo de punibilidade, apenas uma multa de ridículos R$ 250 milhões. Depois seguirão com as vidas prósperas, fartas, tranquilas, enquanto aqueles de quem roubaram tanto padecerão eternamente na doença, no medo, na necessidade, na angústia, na depressão e na pobreza — extrema por vezes.

É isso, meus compatriotas e companheiros de má sorte (de ter nascido aqui). Só nos resta aguardar e torcer. Aguardar e rezar. Aguardar e acreditar.

Leia também.

Share on Facebook293Share on Google+1Tweet about this on Twitter0
Publicidade

6 comentários em “Políticos desgraçados

  1. RIcardo, essa é exatamente a sensação que tenho, concordo 100%. Tenho hoje 50 anos, e acho que não vou viver para ver o país sair desse buraco, infelizmente. Gostaria muitíssimo de estar errado, aliás torço para isso, pelo bem dos meus filhos, mas infelizmente mesmo…

    O brasileiro não tem a educação para ver o que está acontecendo, e vai acontecer. Tem um monte de coitados que pegam dois ou três transportes públicos de madrugada para ir trabalhar, para colocar comida na mesa, completamente alheios ao que essa cambada de filhos da puta (políticos e corruptores) estão fazendo com o Brasil, com o Tesouro Nacional, com a Previdência, com a saúde, etc. O único caminho é pela educação, e ela vai de mal a pior, então a nossa perspectiva realmente não é boa.

    Agora, uma coisa não podemos esquecer: esse FDP’s não vieram de Marte… São todos brasileiros, e de uma forma cruel, representam o que é o povo brasileiro. Quem está lendo isso e se sentir –
    legitimamente – ofendido, converse com seu travesseiro. Se o papo for ok, então você está fora da “maioria ignóbil”… Entretanto, faça um exercício de simulação: imagine-se que você ofereça aos seus conhecidos (todos teoricamente honestíssimos) um “esquema” semelhante ao mensalão, mas com 100% de chance de ficar livre. Quantos não topariam?

    Já prestei serviços para redes de hospitais públicos, e me cortava o coração ver aquelas crianças chorando, as mães sem saber o que fazer, os médicos sem condições de ajudar, e eu via o dinheiro ser desperdiçado internamente com, no mínimo, ineficiências. Não existe nada mais triste que o choro de uma criança…

    1. Luiz , vivi até hoje lamentando o fato de o ser humano ser tão facilmente corrompível … o fato de o Brasil ter enraizado este método como cultura .
      Hoje , com 55 anos , não quero mais lamentar , quero SIM acreditar que vou viver para assistir e participar desta luta sem precedentes em derrubar valores morais degradantes que engoliram este valioso país . Finalmente e felizmente … pelo povo brasileiro !

  2. Mais uma vez, parabéns Ricardo. Você expos a única verdade deste país.
    Só nos resta apagar a luz e fechar as portas daquele maldito STF.
    O Brasil acabou. Não pelo mercado que continua rolando aos trancos, mas pela verdade que este país perdeu definitivamente.

  3. Ricardo, dolorosa, triste e lamentável a situação do país! Como durante tantos anos fomos surrupiados por essa casta inescrupulosa e sem limites! Têm o ego tão ou maior que nosso Torrão de Terra. Torço para que não sobrevenha tanta desilução com os “capa-pretas”, nossa última trincheira de esperança!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.


*