Skip to main content
 -
Ricardo Kertzman nasceu em 1967. Um homem inquieto, irrequieto e inundado de sentimentos.

Ai, ai, ai, ai… Está chegando a hora!

Share on Facebook267Share on Google+0Tweet about this on Twitter0

 

 

10,9,8,7,6… Tal qual a contagem regressiva dos foguetes da NASA, estou aguardando o dia do juízo final, o dia do adeus, do bye bye, so long, farewell, do… Tchau, querida! Não vejo a hora de mirar aquela senhora pela última vez, como uma autoridade. Que alegria jamais vê-la autointitular-se “presidenta” novamente. Coisa mais brega!

Vou comprar uma bateria inteira de foguetes. Cinco minutos de pipoco! Vou fazer churrasco para os amigos e beber até cair. Dane-se se será segunda, terça, quarta ou quinta-feiras. Se for sexta, melhor! Sábado seria a glória. Domingo será bão também. O importante é ver a mandioca sumir, o vento desencanar, os cachorros livrarem-se das crianças e os homens e as mulheres sapiens poderem dormir diuturna e noturnamente em paz.

Putz, que alívio! Nada nunca mais será igual àqueles terninhos vermelhos, àquele caminhar de quem sofre com brotoejas, àquelas frases desconexas, ao olhar e as falas autoritárias. Chega, já deu, ninguém suporta mais. Adeus, Dilma! Adeus, Lula! Adeus, PT! Sigam pra longe de nós.

Uma pena que ainda não será possível dar adeus também à corrupção e ao fisiologismo. Esta turma que aí está não difere muito nestes quesitos. Óbvio que um bilhão de vezes melhores em economia, planejamento, postura e compostura. No trato com o português (a língua, hein!), então, nem se fala. Mas convenhamos: Temer, Jucá, Calheiros e outros são os doutores desta turma que está para ser defenestrada. Uma gente ainda mais nociva. A fila tem de andar e esta gente tem de seguir o mesmo rumo da rua. Mas uma coisa de cada vez. E cada vez a seu tempo. Por ora, agora, é beber até cair. Comemorar sem parar. Bora lá…

Contem comigo: 5,4,3,2,1…

Share on Facebook267Share on Google+0Tweet about this on Twitter0

Postagens relacionadas

Pronto. Lula se entregou! “Só aquele casaco dele daria para comprar os dois cisnes da Marisa e os dois barquinhos que ela tem”. (Lula, em palanque, fazendo comício para Haddad...
O Brasil cheira mal, mas Minas está fedendo Um odor podre cobriu Belo Horizonte nesta segunda-feira e não foi culpa da poluição, não. Ou melhor, foi sim: da poluição moral que nos cobre de vergo...
Uma coxinha gigante! Para o desgosto dos "mortadelas", o Brasil tornou-se -- ainda bem! -- uma imensa coxinha. E agora, manés? Vão dizer o que? Brasil Que coisa! Até ...
A esquerda não tolera nada. Nem a própria… e... Dois jornalistas de esquerda, do portal de esquerda UOL, foram agredidos por manifestantes de esquerda. Há alguns dias, depredaram a sede do grupo de ...
Publicidade

4 comentários em “Ai, ai, ai, ai… Está chegando a hora!

    1. Infelizmente, não existe maior praga no mundo, do que aquelas, que se julgam alto suficiente e totalmente capaz de fazer julgamentos que não soma para a melhoria do País. Vão procurar o que fazer suas corjas! Se não ajudam, não julguem, seus bandos de prepotentes! Se acham que é fácil governar, sendo perseguida, sendo julgada, sendo impedida de governar, vão lá vocês, seus bando de vazio de amor, de paz, de misericórdia, de perdão… Aquele que não tiver pecado, atire a primeira pedra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.


*