Skip to main content
 -
Pedro Henrique é professor, blogueiro e cruzeirense fanático. Escreve desde 2012 e já teve passagens no Blog Azul Estrelado, Camisa 11, Lance Activo, Guerreiro dos Gramados e Bloguerreiro. Siga @RealPedrin no Twitter e acompanhe diariamente os comentários do blogueiro. Curta a fan page oficial do blog no Facebook: fb.com/blogsomoscruzeiro/

Os Cruzeiros de Mano Menezes

Técnico Mano Menezes tem usado dois times diferentes e agora precisará pensar em Thiago Neves. (Foto: Cristiane Mattos/Light Press/Cruzeiro)

Hoje eu tomei a liberdade de convidar um companheiro que gosta de fazer análises táticas bastante interessantes do nosso amado Cruzeiro. Convidei-o para escrever uma análise e publicar aqui no blog. Acredito que essa crônica vai enriquecer muito os nossos debates e o nosso conhecimento tático. Bom, para não tomar muito espaço, passo a bola para o Christiano Candian. O texto e a glória são dele a partir de agora. Leiam com carinho, divirtam-se e comentem com a assiduidade de sempre!

Análise tática: os Cruzeiros de Mano Menezes

Depois de dois trabalhos emergenciais, em que pegou o time no meio da temporada e com objetivo claro de fugir do descenso no Brasileiro, Mano Menezes pode finalmente começar uma temporada na Toca II. E, conforme ele mesmo vinha dizendo, a proposta de jogo para esta temporada é outra: um time veloz com a bola nos pés e agressivo sem ela, de forma a tomar as rédeas do jogo, de ser o protagonista. Em resumo, um futebol com mais a cara da escola cruzeirense.

Nas duas temporadas anteriores, o diagnóstico era o mesmo: o time sofria gols demais. Mas a razão era diferente. Em 2015, Luxa deixou terra arrasada, e Mano apostou num time marcando por zona, com as linhas mais retraídas e bem próximas. Já em 2016, isso era por opção: Paulo Bento usou um modelo de jogo de grande volume ofensivo, o que Mano destacou logo em sua primeira entrevista nesta segunda passagem. Ele reduziu o volume ofensivo, mas como o elenco era melhor que o do ano anterior, conseguiu produzir mais ofensivamente.

Agora, começando um trabalho novo, o time realmente parece diferente. Mano vem usando principalmente duas equipes, que ele diz não serem titulares e reservas. Pode até ser, mas está claro que um time joga melhor que o outro, tendo em vista o novo modelo de jogo. E, ainda assim, há pequenas diferenças em relação ao sistema, devido às características dos jogadores.

Análise tática: os titulares de Mano Menezes. (Foto: Christiano Candian)

Ambos os times jogam em linha de 4 com dois volantes, e à frente dois jogadores pelos lados e dois na faixa central. Para o time de cima, eu chamaria a formação de 4-2-4-0, pois a intensa movimentação do quarteto de frente não permite dizer quem é o jogador que fica mais à frente. Em tese é Sobis, mas ele não fica entre os zagueiros como um nove típico, se mexe bastante para ajudar na construção, e Arrascaeta também avança com frequência para finalizar. O uruguaio, por sua vez, não é o camisa 10 clássico, centralizado que fica distribuindo passes, é muito mais próximo de ser um segundo atacante. Daí o time jogar sem um homem de referência.

Robinho é ponteiro passador, ou seja, joga pelo lado, mas centraliza para pensar o jogo junto aos outros, abrindo o corredor direito pra Ezequiel ir ao fundo. Do lado oposto, Alisson é um ponteiro mais típico: veloz, bom no um contra um e entrando na área pra finalizar quando a jogada é do lado oposto. Também é o que se chama de “ponteiro de pé trocado”: um destro do lado esquerdo, o que faz com que seu movimento natural seja cortar pro meio e bater, ou mesmo se aproximar dos outros tentar uma tabela.

Mais atrás, temos dois volantes que sabem jogar com a bola. Aliás, nenhum volante do elenco do Cruzeiro é tipicamente destruidor, aquele cabeça-de-área clássico que fica desarmando e depois entrega para alguém jogar. Cada vez mais no futebol atual, essa posição é que faz o time jogar. Henrique e Cabral alternam com frequência no apoio, mas tipicamente o primeiro fica mais pra ajudar na saída, no primeiro passe, e o segundo aparece nos espaços pra oferecer linhas de passe e continuar a progressão.

Na última linha temos Léo e Manoel, mas não creio que essa será a zaga titular. A ideia, no futuro, será usar Manoel e Caicedo, ou mesmo Dedé e Caicedo. Isso porque o equatoriano é veloz, assim como Dedé e Manoel, e pra jogar com a linha defensiva longe da própria área, de forma a compactar o time ofensivamente, é importante ter zagueiros velozes, para poder ter uma boa recuperação em caso de bolas longas por cima da defesa.

Análise tática: os reservas de Mano Menezes. (Foto: Christiano Candian)

Já o outro time joga num 4-2-3-1 mais claro, muito por causa da presença de Ábila, um centroavante muito mais típico. Ele não possui o perfil de recuar pra ajudar na construção do jogo, e quando isso acontece, a probabilidade da jogada morrer no pé dele é alta. Pra mim essa é a razão pela qual ele não é titular: não é a falta de gols, obviamente, mas sim porque ele ainda não se encaixa bem no modelo de jogo que Mano quer para o Cruzeiro, de ter um sistema ofensivo veloz, maleável e sem posições definidas. Não é coincidência que esta formação tenha tido mais dificuldades em controlar os jogos.

Na meia central, o garoto Alex tem sido bastante utilizado. É um jovem, tem talento e boa visão de jogo, mas acredito que ainda se movimente pouco para ser um central nestes tempos de futebol tão sem espaço. Hoje em dia é preciso pensar correndo, ou mesmo pensar antes da bola chegar. Ainda falta mais intensidade ao garoto, de procurar um espaço, de sair de sua característica.

Nas outras posições temos características semelhantes à do time principal. Zagueiros rápidos, laterais com bom apoio, volantes que sabem jogar e um ponteiro mais armador (Rafinha) e um mais veloz (Élber). Apenas nas duas funções centrais do ataque é que existe uma diferença maior, como dito acima.

Diante disso tudo, cabe a pergunta: onde entraria Thiago Neves? Com o time de cima já azeitado e bem entrosado, me parece difícil tirar um jogador. Vejo quatro possibilidades:

1- na vaga de Alisson, com TN jogando aberto pela esquerda. Nesse caso, com dois armadores pelos lados, isso iria contra um princípio de jogo que Mano diz gostar, que é ter dois jogadores de lado com características diferentes: um mais armador e outro mais ponta típico.

2- na vaga de Alisson, com TN jogando centralizado e Arrascaeta como ponteiro esquerdo. Essa se aproxima mais do que Mano gosta, já que Arrascaeta é mais atacante do que meia, mas isso significaria tirar o uruguaio da posição onde ele rende mais, que é ter essa liberdade na faixa central.

3- na vaga de um volante e recuar Robinho pra armar de trás. É bastante improvável que Mano comece algum jogo assim, pois é uma formação desequilibrada, servindo mais pra circusntâncias de jogo como recuperar um placar adverso com o adversário bem recuado.

4- na vaga de Sobis, com Arrascaeta e TN alternando por dentro. Ainda mais improvável, pois TN é bem mais meia do que atacante, e faria com que Arrascaeta ficasse mais preso à frente, minando seu melhor rendimento.

Análise tática: pensando o Cruzeiro com Thiago Neves. (Foto: Christiano Candian)

Dessas, acredito que a primeira opção seja a mais provável. Não ter um ponta típico é uma coisa a analisar, mas isso pode ser compensado com a ultrapassagem dos laterais. De qualquer forma, é bom saber que existem muitas variações possíveis pela versatilidade que Thiago Neves possui.

Ainda é preciso mais tempo para que possamos ver se a nova ideia de Mano Menezes vai funcionar. As atuações do clássico e contra o Tupi chamaram a atenção pela imposição. Resta saber se isso se tornara uma constante. Uma coisa, porém, é certa: a ideia é respeitar a identidade da escola cruzeirense de futebol.

Publicidade

60 comentários em “Os Cruzeiros de Mano Menezes

  1. Muito bom PH por ceder a oportunidade e boa analise do Christiano. Boa leitura, bem imparcial e direta. Vamos esperar pra ver essa entrada do Thiago Neves! Espero que bote uma pilha fud… no time e iniciar com goleada amanha!

  2. Parabéns, PH!!! O Christiano Candian fez uma análise perfeita para encaixar o TN no time. Acredito que Mano vai escolher a primeira opção mostrada por Christiano. Em 2017, vamo que vamo … Zeeeeeeeeeeerooooooooooo

  3. Ótima análise. Só acho que ainda não da nem pra cogitar Dede como titular. Não temos ideia de como ele irá retornar. E Manoel tem jogado muito bem. Nosso melhor zagueiro até aqui, apesar de ter machucado.

    Na minha opinião a diretoria deve analisar opções no mercado para a posição de ponta típico, alguém com agilidade, velocidade e habilidade que possa vir para o Brasileiro. Apesar de gostar dos dois, Álisson e Elber não têm dado o retorno esperado.

    1. Me perdoe, Vinicius, mas eu duvido que alguem esteja gostando de ALISSOM fominha e ELBER horroroso. Deve ser figura de linguagem, pq. gostar do futebol deles até aqui, eu duvido.
      Mas concordo em prosa e verso com vc. precisamos de um velocista, que corra e pense ao mesmo tempo, diferente desses dois, que se pensam nao correm e correm nao pensam.
      Deve ser que o tico nao se conecta com o teco, aí fica esta bisonhice que estamos vendo , principalmente no insosso do ELBER.

      1. Helio, é mais aquele sentimento de ver que os caras têm potencial, vieram da base e tal e torcer pra que deem certo. Mas infelizmente nenhum dos dois têm correspondido até aqui. Elber esteve muito bem quando foi emprestado ao Sport, mas no Cruzeiro está devendo muito desde que voltou. Nenhum dos dois inspira confiança nesse início de temporada. Não sei se falta confiança ou futebol para os dois. Ou se foram as diversas lesões que os atrapalharam.
        Em temporadas passadas o Elber sempre entrava e incendiava o jogo pela direita, acertava os dribles e conseguia finalizar. Hoje ele não consegue passar nem do primeiro marcador, tenta e perde a bola.
        Já o Alisson sempre criou expectativas, parecia ter potencial e muito futebol, mas nunca deslanchou. Sempre naquele cisca-cisca que raramente consegue finalizar.

        1. Vinicius, é verdade, eu compreendo , Nós torcedores, embora às vezes nos falte paciencia com a base, nao é o caso do Alissom e Elber, pois tiveram e teem muitas chances e nao as aqproveitam. Mas a gente fica sempre torcendo para que dê certo a vida deles no nosso time.
          Hoje, ja acho que para a carreira deles, seria interessante que saíssem do Cruzeiro, pois la eles não aguentam o peso da camisa, da torcida.
          O time é muito grande para o potencial deles.
          Veja , não falaremos do Elber, pois este ja rodou por inumeras equipes e também é mais do mesmo.
          Mas e o Alissom?, conseguiu , nao emplacar no timeco do Vasco, como imaginar que um cara que não emplaca la, vai dar certo aqui.?
          Tem habilidade, mas não tem inteligencia para ser protagonista, e quando precisarmos realmente dele em uma partida?
          Vc. se lembra do Cru X Time de Vespasiano que ele deixou de nos dar a avitoria porque foi o ALISSOM? ou seja fominha?
          Em grande times, ha de ter sempre grandes jogadores que às vezes tecnicamente nem são tao badalados, mas importante para o conjunto.Lembra se do Dagoberto? nao era um primor de tecnica, mas a sua entrega em campo o fazia idolo da galera. É disto que estou falando, estes dois , caro Vinicius ja deu. chega.

    2. Perfeita colocação, Alisson e Élber podem ser bons de bola e promissores, mas, nesse tempo todo não conseguiram se firmar, não conseguiram emplacar uma sequência de bons jogos. O próprio Sóbis pode fazer essa função mas Mano não confia no faro do Ábila, uma pena viu… acredito que ele tenha condições de fazer uns 40 gols no ano.

      1. É isso aí Neto. Uol esportes de ontem: “Ábila atinge um gol por jogo com poucos toques e finalização quase perfeita”, 8 chutes, 5 gols. Ele faz gols, muitos, e gol ganha jogo.

  4. Sr. Presidente cadê Marketing do Cruzeiro, agora com a estreia de Thiago Neves, se tivéssemos um departamento atuante encheríamos com certeza o Mineirão quarta-feira, Enquanto isso o presidente está preocupado é com a Liga, renuncie já presidente,

  5. Uma coisa precisa ser corrigida, ao meu ver. O Cruzeiro sempre recua demais quando tá ganhando. Isso não pode acontecer, ainda mais se a diferença no placar for de apenas um gol, pois podemos desperdiçar muitos pontos tomando empate no final.

  6. Com esse time entrosando, é grande oportunidade para o marketing fazer o seu papel e retomar o crescimento do sócio torcedor. Estenda a ideia de boletos para todas as categorias, podemos chegar fácil aos 100 mil sócios ainda este ano.

  7. Interessante vocês não observarem que um time que tem tantos jogadores habilidosos e rápidos no ataque, não pode jamais ter um Ariel Cabral em seu meio campo. Quando a bola cai nos pés dele, dá preguiça. Muito lento. Nunca vai conseguir acompanhar o raciocínio de nossos atacantes. O pouco tempo que o Lucas Silva jogou, percebe-se como o jogo fica mais rápido.

  8. PH, também gostei da análise, ótimo trabalho. Concordo com o Vinicius, não sabemos quando teremos o Dede como titular, portanto no momento o Manoel é o mais seguro.
    Gostaria de fazer um comentário rápido em relação ao jogo do Cruzeiro de quarta-feira com o São Francisco, apesar de eu ser mineiro da gema de Brumadinho e Cruzeirense roxo , sou morador aqui de Belém e acompanho o futebol local, o São Francisco pode ser comparado com a equipe B do Bramadinho futebol Clube, é muito fraco.

  9. PH, gostei da análise, mas está faltando pensar em um esquema onde tenha que colocar Abila, Sobis e TN. Precisamos criar e fazer gol. Gostaria de ver esse trio juntos.

  10. Apesar de acreditar que o Tiago Neves vá entrar mesmo no lugar do Alisson (“sr. quase gol”), pela leitura da análise e descrição das características de cada time e jogador ficou, para mim, uma forte impressão de que seria apontada uma possibilidade do Tiago Neves jogar na posição do Alex no segundo time – ainda mais depois de se alegar que o time está tendo dificuldades de controlar o jogo por conta da presença de um centro-avante clássico. Acho mesmo que o Tiago Neves, caso jogue como sempre jogou no Fluminense, pertence ao time titular, mas me parece inegável que o encaixe mais natural seja justamente na posição do Alex. Agora, é bem animador olhar esses dois times do Cruzeiro e achar ambos fortes (principalmente caso a posição do camisa 10 do segundo time for melhor preenchida – que me parece ser a unica deficiência notável).

  11. Muito boa a analise do Sr. Christiano. Acompanha com bastante competencia as varias alternativas que se apresentam ao Mano. Gostaria de fazer dois comentários: 1) O sistema atual, utilizada no time A se afigura como um 4-3-3 tradicional. O robinho se posiciona como meia campista pela direita, como era o Williams no ano de 2015, na 1a. passagem do Mano. Alias os analistas misturam os numeros para denominar os varios sistemas que, entretanto não passam de 4-3-3 ou 4-2-4, tradicionalissimos. 2) A escolha de quem sai para a entrada do Tiago Neves depende inicialmente de saber a real forma fisica e tecnica do atleta. Se, em boas condições, acho que sai o Alissom apesar de ser o unico atacante aberto pela esquerda. Teria de ser bastrante ensaiada a participação do Diogo nas jogadas por aquele lado. Envolve diretamante o meio de campo e a zaga, para coberturas.

  12. Qualquer esquema tático do Cruzeiro que tenha como titulares….Léo (e o Caicedo também), Henrique e Ariel Cabral…não vai ganhar NADA !!! Vai jogar um jogo bem….e dois entregando a rapadura. Esse é o Henrique….O MAIOR VOLANTE ENGANADOR DA DÉCADA. O Cabral é o segundo enganador da década. Então, primeiro é preciso que o gauchão cego escale o time correto. Romero, Hudson e Lucas Silva (e até o Willians) SÃO MELHORES que os dois volantes enganadores citados. Na zaga….se o Dédé não voltar LOGO e BEM…..estamos FERRADOS….Manoel, Léo e Caicedo NÃO AGUENTAM O BRASILEIRÃO. Não possuem qualidade para encarar o Brasileiro e as fases decisivas da Copa do Brasil e da Sulamericana. E no ataque….se voces estão apostando em Rafael Sobis e Abila como centroavantes…..se voces estão apostando que estes dois vão resolver a PARADA lá na frente…então conhecem MUITO pouco de bola. Se eu fosse o presidente falastrão já estaria olhando no mercado um bom zagueiro e um bom centroavante para a “guerra” que vem aí !!!

    1. Toquem as trombetas, abram alas para os arautos do apocalipse, profundos conhecedores dos mistérios dá bola, detentores do diploma de técnico do curso dá federação vespasiana de futebol.

      1. Toquem as trombetas…a “Alice que acha o time uma maravilha” apareceu. Diploma de “desconhecimento total de bola”…..também….para achar Léo, Cabral, Henrique “jogadoraços” e achar que ISSO QUE TÁ AÍ é o certo….aí é phoda!!!

        1. Phoda é achar que estamos ferrados no início do ano, porque, segundo o senhor phodão, não temos zagueiros, não temos volantes e não temos atacantes. Ah, e não temos treinador, também. Realmente, só nos resta aguardar a eleição do dono do helicoca.

      2. Não é preciso ser conhecedor de mistérios. Na verdade não existe mistério algum. Muitos problemas estão escancaradas aí e qualquer um pode ver. Também não é preciso ser mago, vidente nem nada do tipo pra saber as consequências, pois já vimos o filme várias vezes!

    2. CONCORDO PLENAMENTE. O ponto fraco é : Henrique e Cabral. Tem que ser Lucas Silva e Hudson ou até Lucas Silva e recuar o Robinho. …..renovar com Henrique, dureza!!!! E o lerdo do Cabral….não dá!! ÁBILA TITULAR !

  13. analise correta, por opçao do tecnico, o cruzeiro e o unico time do pais, com exeçao do ibis, talvez, que joga sem volantes, pois os dois nao existem como jogadores, e ainda se da ao luxo de jogar com leo na zaga, ou seja joga com um zagueiro so. e a turma ainda diz que o caicedo nao e bom, jogando sozinho na zaga, querem o que. para o tecnicop o importante e manter a panela.

  14. O texto não conseguiu acertar o que o Mano faria para entrar o TN , por enquanto.
    ( Não que o propósito do texto fosse acertar o que faria o Mano).
    O que está no texto não é o que Mano fez hoje no treino.
    Por enquanto.

    No treino começou com Robinho centralizado, TN pela direita, Arrascaeta pela esquerda revezando com Sóbis de último homem.

    Apesar da previsão aqui, Mano começa o treino diferente das tantas opções colocadas aqui.

    Eu particularmente gostei mais da estratégia do Mano para os 4 da frente do que as apresentadas aqui.

    Vamos ver. Mano fará testes.
    Acredito que esteja aberto para mudanças.

    Saudações do Cruzeiro Cabuloso.

    1. “O texto não conseguiu acertar o que o Mano faria para entrar o TN , por enquanto.”
      “O que está no texto não é o que Mano fez hoje no treino. Por enquanto.”
      “Apesar da previsão aqui, Mano começa o treino diferente das tantas opções colocadas aqui.”
      “Eu particularmente gostei mais da estratégia do Mano para os 4 da frente do que as apresentadas aqui.”

  15. Bacana essa “mesa tática” aí, e muito boa análise do Christiano, só fico receoso do deslocamento do Arrascaeta para a ponta (vide o treino de hoje), a mobilidade que ele tem e as inversões de posição com o Sóbis estão funcionando perfeitamente. Estou curioso – e não menos ansioso – para ver a apresentação de amanhã, para debatermos no pós jogo do blog rs.

  16. P.H. gostei da análise tática ai do companheiro Cristiano, muito inteligente, porém, faço um adendo, junto com outros companheiros que já se expressaram aqui. Se faz necessário trocar algumas peças de fato. Léo, Ariel e Henrique, devem ceder seus lugares para Manoel, Lucas Silva e Hudson, acredito que assim e na forma aplicada ai pelo analista Cristiano, teríamos assim um grande time. Os outros ficam no banco para serem usados caso haja necessidade, em caso de se machucar algum desses jogadores titulares.

  17. Que piada foi essa? Alisson é veloz e bom no um contra um. Kkkkkk
    Quanto aos volantes, o Cabral me agrada, me lembra o Cícero, mas esse Henrique é uma lesma. Leo, me recuso a comentar.

  18. Parabéns Paulo Henrique. O seu blog é excelente. Mesmo postando todo dia, os artigos são sempre pertinentes, sem demagogia e com conteúdo que dá abertura para boas discussões. E ainda consegue aguentar um monte de gente mau humorada…rsrs.

  19. Uma coisa é fato: ÁBILA, THIAGO NEVES, ROBINHO, ARRASCAETA devem ser titulares e LUCAS SILVA TAMBÉM. Desperdiçar um matador como Ábila é éum absurdo!. O time deve ser RAFAEL, MANOEL (depois DEDÉ), CAICEDO, EZEQUIEL( OU MAYKE), LUCAS SILVA E THIAGO NEVES como volantes ROBINHO, ARRASCAETA, SORBIS( ALisson segndo tempo), ÁBILA, ÉLBER….simples assim….só ter coragem de deixar Henrique e Cabral no banco, pois são fracos!

  20. GETÚLIO EU TAMBÉM CONCORDO , AGORA O CRUZEIRO TEM UM JOGADOR DE MUITA VELOCIDADE NA BASE , QUE É O VITINHO O GAROTO JOGA PELA DIREITA E É MUITO RÁPIDO , QUEM O VIU NA COPINHA DEVE TER GOSTADO. SEM HUDSON E LUCAS SILVA NO TIME NÓS NÃO VAMOS A LUGAR NENHUM .

  21. Bela análise Christiano e parabéns pela iniciativa, PH, mostrando desprendimento e foco no maior de Minas. Com o trabalho, estão deixando, ainda, alternativas para o nosso técnico, que insiste em não perceber a necessidade urgente de desfazer a panela que montou: com Henrique e Cabral no meio não vamos a lugar nenhum e qualquer tática a ser adotada, com esses dois em campo, não será exitosa. Permita-me somente discordar de dois pontos: a) “um time veloz com a bola nos pés e agressivo sem ela, de forma a tomar as rédeas do jogo, de ser o protagonista…” – o Mano não parece querer isso e vou bater na tecla: quando esses volantes deram velocidade, mobilidade e força para o ataque? Só bolas para os lados e passes de meio metro, para melhorar a própria estatística de acertos; b) assim como falei sobre Bruno Edgar e nunca “Ramires”, que não poderia ter jogado como titular, e, inclusive, em 2016 fomos criticados e tachados “cornetas” e que não dávamos oportunidade à base, infelizmente, o Alex, com esse desânimo não vai emplacar, pois falta-lhe vontade, gana, além de ser lento. E olha que o Mano está dando várias chances, mas ele está perdendo oportunidade da vida. Lucas Silva tem que entrar no lugar de Cabral, pois a vaga do imexível Henrique (vou tachá-lo sim de cerca Lourenço) está garantida e continuaremos a apresentar falhas na marcação e proteção à defesa. No mais vamos torcer para que TN tenha um ano excepcional no Cruzeiro e como falaram aqui: essa área de Marketing é vergonhosa, pois em estréia do cara, que foi buscado por alguns no aeroporto, não há promoção ou algo diferenciado, principalmente pelo fato do adversário ser desconhecido e time de sei lá que divisão do futebol: ingresso a R$ 20,00 (sou sócio torcedor, entenderia, e não ficaria chateado com esse preço), além da lotação da área central do Mineirão, pois as frangas sempre enchem aquele local, que a Globo faz questão de mostrar vazia, nos jogos do Cruzeiro, pois Gilvan e Mkt não estão nem aí para isso.

  22. Penso que Álisson perde a posição, sempre o achei jogador para os trinta minutos finais. O negócio é testar o TN e perceber o melhor rendimento do mesmo sem subtrair rendimento dos outros companheiros de frente. Não gosto muito do Henrique e acho que o Ariel também vai perder a posição para o LS. Na zaga, entra Dedé aos poucos e teremos um time muito bom com um plantel que compensa a falta de um titular vez ou outra. Fábio, adeus. Saudações.

  23. Agora sem as minhas zoeiras tradicionais.

    Entendo que a análise do Cristiano foi muito bem feita e apesar do Mano ter treinado outra formação acredito que com o tempo serão titulares:
    (destaco, não é a minha vontade, é o que eu acredito que vai acontecer):

    O Fábio, Dedé e Lucas Silva .

    O Fábio pela sua história e experiência deverá barrar o Rafael. Caso isso se confirme, entendo que será um grande erro do Mano, correndo o risco de perder o grupo.

    O Dedé, pelo que já jogou antes de se machucar é o melhor zagueiro disparado. A incógnita é se voltará a jogar em alto nível. Manuel e Caicedo brigarão pela outra vaga.

    O Lucas Silva já está pedindo passagem. Não entendi porque não foi testado desde o começo contra a URT.
    Aliás, não entendi a logica do Mano em mesclar os dois Cruzeiros.

    Na outra vaga creio que o Henrique será o titular por mesclar características de volante de contenção e de saída de bola.

    No ataque, formarão o quarteto ofencivo: Robinho, Tiago Neves e Arrascaeta mais recuados com Sobis no papel de falso Nove.
    Com esta formação o Abila terá grandes possibilidades de brilhar também pois as bolas chegarão com muita frequência e com qualidade.
    Abila x Sobis – finalização ou participação tática? Esta é a dúvida do Mano.

    Nas laterais Diogo Barbosa é disparado o melhor dos laterais (LD e LE).
    Na direita, creio que com o tempo o Maike acabe sendo titular, mas hoje o Ezequiel está performando melhor.

  24. Atenção Nação Azul, quem não for ao Mineirão, vamos assistir o jogo no Sport TV 2, e quem for ao Mineirão, vamos protestar contra esse Bob Faria comentarista parcial a favor das frangas, A gobo Minas tem que entender que a Nação Azul não está satisfeita com o seu funcionário que só sabedenegrir o nome do Cruzeiro, haja visto que até o Galvão Bueno sentiu a força da Nação Azul.

  25. Jogo 10 da noite, contra um time que ninguém nunca ouviu falar, ingressos caros demais e nem assim o marketing do clube se mexe. Eta gente ruim de serviço viu! Seria jogo pra um bom público assistir; apesar do adversário ser totalmente desconhecido, deve ser semi-amador, teremos a estreia de Tiago Neves, a melhor contratação do ano e se houvesse um pouquinho de competência da diretoria e marketing, com certeza mais gente iria ao campo.

      1. Realmente o preço não é problema hoje. Mas por outro lado, deveriam fazer esse preço em outros jogos. Estava escutando o 98 futebol clube hoje e falaram justamente isso, que fazer esse preço em jogo 10 da noite, contra adversário desconhecido, jogo sem grande apelo para o clube é fácil e queriam ver fazer esse preço no Mineiro também, nos jogos sábado e domingo a tarde. Citaram o exemplo do atlético, fizeram esses preços no jogo contra o América e o resultado foi mais de 30 mil no estádio. Realmente o preço não é problema para o jogo de hoje. Se quiserem falar que o jogo é tarde, adversário desconhecido, tudo bem. Fora isso é corpo mole da torcida mesmo!

      2. Eu sou sócio cativo libertadores e tenho que pagar 80 temers pra levar alguém. E aí? Cativo tem que ter desconto tb. Agora quando levo minha filha ao campo tenho que comprar na hora pois ela paga meia. Um absurdo e uma burrice imensa desse marketing HORROROSO que o Cruzeiro tem.

  26. Um convite aos habitantes dos planetas recém descobertos:Hello brothers from outer space,i would like to invite you to our tiny planet to see the GREATEST SHOW ON EARTH TONIGHT AT 9;45PM:CRUZEIROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!

  27. – Pela retirada das cadeiras da curva sul e curva norte no dois andares….assim como arena dos gambás, arena grêmio, novo estádio do Lion, novo estádio do penarol. Até em Porto, a galera assiste o jogo em pé atrás do gol…
    – Pela retorno do gramados 110 x 75, para retorno dos dribles longos, etc
    – Pela volta da Supercopa dos campeões da libertadores
    – Pelo fim da copa sulamericana, assim como acabou a primeira liga, que não valia nada
    – Pelo retorno dos ingresso populares para o povão celeste que sempre acompanhou o Cruzeiro no Mineirão de 1965 até 2010…..após a reforma só elite azul comparece…..
    – Pelo fim da titularidade absoluta do Henrique, cerca lourenço da silva, que não toma cartões amarelos, muito menos vermelho, não machuca, não cria a nada, sempre toca para o companheiro mais próximo que está atrás, nunca recebeu proposta de outro clube, não suja o uniforme, e assiste o jogo do lugar mais privilegiado, (dentro do campo)
    – Pelo empréstimo do Alisson, Alex, Fabrício e Edmar para não atrapalhar nossos planos em 2017

    1. Concordo com você Nabuco! O Mineirão perdeu o charme. A dimensão do gramado ficou ridícula. Só favorecem equipes que praticam o ant- jogo.
      Um Abraço!
      Saudações Celestes.*****

  28. Meus parabéns ao grande Christiano Candian pela excelente análise dos dois times do Cruzeiro : o titular e o reserva ,embora o Mano rejeite essa definição.Ele foi muito embasada e detalhista .
    Eu acredito que o Cruzeiro vai ter um ótimo ano e que as perspectivas do clube são das melhores; com a continuidade do trabalho extraordinário do , com a qualidade do elenco, com a as ótimas contratações, sinto que o Cruzeiro tem tudo para desbancar os favoritos de 2016 e levantar, pelo menos, uma taça importante do futebol brasileiro .
    E meus parabéns a você também ,Pedrinho ,por ter tido a humildade e a generosidade de abrir espaço para o seu colega no blog. Eu adoreia iniciativa e tenha certeza de que o resultado foi maravilhoso para todos .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*