“Frescão” da Cidade Administrativa será extinto em 9 de novembro

Publicado em Integração tarifária, Move, ônibus executivo, Transporte urbano
Bruno Freitas/EM/D.A Press Com o fim da linha SE01 só restará a SE02 no transporte executivo de BH
Bruno Freitas/EM/D.A Press Com o fim da linha SE01 só restará a SE02 no transporte executivo de BH

Os consórcios operadores do transporte coletivo de Belo Horizonte e a BHTrans não desistiram de extinguir a linha SE01 (Cidade Administrativa/Savassi), o “frescão” da Cidade Administrativa. Novo comunicado divulgado pela Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte informa aos usuários que o ônibus executivo, com ar-condicionado e internet a bordo, deixará de circular em definitivo em 9 de novembro. A partir desta data outras duas linhas do BRT/Move passarão a atender os servidores nos dias úteis em horários de pico da manhã e tarde: 6030 e 6031. A linha alimentadora 642 continua com o atendimento em horário integral.

A tendência é de que usuários que fazem integração com o metrô e outras linhas de ônibus também migrem para as novas linhas diretas do BRT/Move. Quem se dispõe a pagar mais pelo conforto do “frescão”, agora terá de disputar um dos poucos assentos dos ônibus do Move ou viajar em pé.

Parece que nem o abaixo assinado e a pressão dos funcionários da Cidade Administrativa surtiram efeito, embora não faltem críticas à qualidade do transporte coletivo da sede do governo mineiro, como o longo tempo de deslocamento e a ausência de integração com outras linhas – problema que, por outro lado, pode ser resolvido com a integração com o Move. Os 20km de distância do Hipercentro e o isolamento na rede de transporte público são um desafio para quem depende do deslocamento diário.

Com o fim da SE01, só restará a linha SE02 (Buritis/Savassi) no serviço de ônibus executivo da capital mineira. Como o “frescão” tem configuração única (são coletivos menores, com poltronas estofadas e bagageiro, dentre outras características) não poderá ser realocado em outras linhas. Por isso, outra tendência é de que o serviço seja completamente extinto. Diante da queda de passageiros transportados, as empresas de ônibus buscam máxima eficiência na realoção da frota.

NOVA OPERAÇÃO A SE01 será substituída pela linha convencional já existente 6030 (Cidade Administrativa/Savassi), que será reformulada e estendida até a Av. Cristóvão Colombo, na Savassi, e a nova linha 6031 (Cidade Administrativa/Centro). Ambas operadas via corredor do Move – a 6030 via Av. Cristiano Machado, e a 6031, Via Av. Antônio Carlos. A 6030 terá paradas nas Estações de Transferência Sagrada Família e Minas Shopping, ao passo que a 6031 utilizará as ETs UFMG, Senai, São Paulo e Tamoios (as duas últimas no Hipercentro), com paradas na Estação Pampulha.

Durante os primeiros 90 dias de operação, a BHTrans ressalta que a 6030 e a 6031 estarão em fase de testes, podendo passar por alterações.

 

5 comentários para ““Frescão” da Cidade Administrativa será extinto em 9 de novembro

  1. Esqueceram de colocar que as linhas rodarão somente no horário de pico. Durante o dia quem tiver que chegar ou sair da CAMG terá que fazer baldiação na estação Vilarinho. Não pensaram nos idosos e outras pessoas que tem que ir a CAMG resolver alguma coisa. AS pessoas que fazem estas alterações não andam de ônibus. Total desrespeito com a população!

  2. Com completo desrespeito com os usuários!!!! As linhas 6030 e 6031 não fazem o mesmo percurso do SE01. Sem contar que os horários são reduzidos.

  3. O bom de virar MOVE que a TARIFA é MENOR, isso ninguém repara, só reclama.
    Fora que as linhas estão operando muito bem agora, com mais passageiros integrados. Estação Pampulha que não tinha integração pra CAMG agora tem, outras regiões da cidade podem integrar nas estações de transferecia, mas o bom era aquele onibus ruim, que o wi fi não funcionava, bancos ruins e tarifa alta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*