Sobre a nova e a velha classe média

Publicado em Deixe um comentário

Não podemos generalizar. Afinal, uma significativa parte dos integrantes da classe média não é reacionária. Ao contrário, existem muitos segmentos da classe média que são progressistas e democráticos. Compartilham ideais de solidariedade e desejam a justiça social. Mas ainda existem muitos resquícios da velha classe média na sociedade brasileira. Nessas manifestações pelo Brasil isso pode ser observado. Sem o intento […]

Impressões sobre as manifestações populares

Publicado em Deixe um comentário

Sobre manifestações e violências OK. Manifestações são legítimas. Golpismo, não. Para além do voluntarismo e do desdém contra as instituições políticas tradicionais, é preciso ter a capacidade de proposições que desaguem no aprofundamento da democracia participativa e das suas instituições.  Fascistas, direitistas de plantão e setores conservadores, incomodados com a democratização da sociedade brasileira, estão aproveitando da situação que começa […]

Cartilha ensina como agir em caso de abordagem policial

Publicado em Deixe um comentário

Uma cartilha editada pelo Conselho Nacional do Ministério Público apresenta quais são os direitos e os deveres do cidadão durante uma abordagem policial. Numa sociedade cada vez mais democrática e plural, é fundamental que os cidadãos – compelidos ao cumprimento das leis – tenham seus direitos respeitados e garantidos. Neste sentido, todos os servidores públicos – inclusos, aqui, os policiais […]

Moradores de rua: NOTA DE REPÚDIO DO CNDDH

Publicado em Deixe um comentário

O Centro Nacional de Defesa de Direitos Humanos da População em Situação de Rua e Catadores de Materiais Recicláveis – CNDDH -, instituído pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos da Presidência da República em atendimento ao Decreto Presidencial 7.053 de 2009, vem manifestar seu expresso repúdio, indignação e pedido de providências urgentes contra as graves violações ocorridas em Belo Horizonte contra a População em Situação de Rua. O […]

Guardas municipais: legitimidade na construção da segurança cidadã

Publicado em Deixe um comentário

Quando o constituinte incluiu os municípios no capítulo destinado à segurança pública (artigo 144, parágrafo 8º), o fez considerando-o um ente federado, com a sua respectiva parcela de responsabilidade frente à segurança cidadã. Infelizmente, por incúria e imperícia de centenas de gestores municipais, as guardas foram sendo criadas por policiais militares reformados. Ao invés de guardas civis com parâmetros de […]