Despesas com segurança pública no País chegam a R$ 47,5 bi em 2010, aponta Anuário do FBSP

Publicado em Deixe um comentário

Fonte: Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e agências Cópia do Anuário e outros detalhes sobre as atividades e projetos do Fórum podem ser acessados em: www.forumseguranca.org.br Os gastos com segurança pública no Brasil totalizaram R$ 47,5 bilhões em 2010, um crescimento de 4,4% em relação ao ano anterior. O dado pertence à “5ª Edição do Anuário Brasileiro de Segurança […]

Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2011

Publicado em Deixe um comentário

Nesta quarta, 23/11, o Fórum Brasileiro de Segurança Pública em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, lançarão o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, edição 2011, durante a 2ª Conferência do Desenvolvimento (Code/Ipea), em Brasília. O Anuário mostra que os gastos com segurança pública alcançaram 47,6 bilhões de reais em 2010, valor 4% maior do […]

A prisão de Nem e a velha história do bode expiatório

Publicado em Deixe um comentário

            O governo do Rio e boa parte da mídia tentam “vender” uma história fantasiosa sobre a prisão de Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, 34 anos, comandante do tráfico de drogas da favela da Rocinha.            Para que a prisão do traficante não atrapalhe a pirotecnia da ocupação da Rocinha seria necessário, mais uma vez, recorrer a VELHA HISTÓRIA […]

CINEGRAFISTA MORTO NO RIO: De quem é a culpa?

Publicado em Deixe um comentário

É lamentável a morte do cinegrafista Gelson Domingos, da TV Brasil e da Rede Bandeirantes de Televisão, baleado na manhã deste domingo (6/11) durante uma operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope) contra o tráfico de drogas na favela de Antares, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro.Quero, neste breve artigo, propor uma reflexão: durante os últimos […]

Drogas: a guerra fracassou. Que tal outras estratégias?

Publicado em Deixe um comentário

A guerra contra as drogas fracassou. Ações meramente  repressivas (às vezes necessárias) simplesmente mascaram o problema. O mercado das drogas continua em franca expansão, em todo o mundo. E a lógica do mercado é clara: aumento do consumo (demanda) significa aumento da oferta (produção e distribuição). É preciso reprimir quem lucra com esse perverso comércio: o crime organizado em torno […]