O cão calculista

Publicado em 5 Comentáriosblogueiros
Publicado em 5 Comentáriosblogueiros

Desde menino, ouço histórias de Sarampo, cachorro que pertencia a um parente distante de Araxá, Adolpho José de Aguiar. Conhecia as quatro operações matemáticas e só faltava falar. “Sarampo, quanto é 4+5+2?”, perguntava Adolphinho e o cachorro latia onze vezes. A gente costumava contar essas histórias e, diante dos primeiros risos de descrença, logo emendava para dar sustentação à narrativa: […]

Tempestade

Publicado em 1 Comentárioblogueiros
Publicado em 1 Comentárioblogueiros

As mãos deixaram o jornal cair sobre o colo e descortinaram um céu de cores dramáticas: um resto de azul, oprimido pelo cinza de pesadas nuvens, já não resistia e entregava-se à noite precoce. Uma parede de água e sombra vinha de lá. Grande e sólida em alicerces de pedra, a casa balançou seus encaixes, dobradiças, coxilhas e calhas. Era […]

O tempo

Publicado em Deixe um comentárioSem categoria
Publicado em Deixe um comentárioSem categoria

Alfredo tinha 8 anos de idade quando seu pai cruzou a soleira da porta de casa para nunca mais voltar. Passou a vê-lo com frequência no elevador do prédio, mas agora como um estranho. Mora dois andares acima, no apartamento de uma vizinha, de quem sua mãe gostava como amiga. Mas não gosta mais. A foto dela e do “falecido” […]

Silêncio

Publicado em 3 Comentáriosblogueiros
Publicado em 3 Comentáriosblogueiros

Num mundo que não faz sentido por si próprio, há de se procurar o sentido onde ele realmente pode ser encontrado. Em meio a escândalos de corrupção, rodeados por crise econômica, por radicalismos religiosos que matam em nome de Deus, onde o sentido? Presos a tantas ilusões, apegados a crenças e lógicas que secularmente nos distanciam da paz, consumidos pelo […]