Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

O Galo que eu quero em 2019

Foto: Bruno Cantini/ Atlético

Por Marcelo Alvarenga

Bom, aproveitando o início do primeiro texto pós-anuncio da troca de comando do Blog, aproveito para agradecer ao Eduardo pela oportunidade de dizer sobre minhas convicções neste espaço, bem como escutar as contrapartidas dos leitores. Grande aprendizado para quem chegou, inicialmente, apenas para contribuir com imagens.

Com relação ao ano, já disse o que penso sobre os erros da diretoria. Um leitor, na semana passada, pediu que eu desse soluções, ao invés de bater na turma lá de cima. Pois bem, aceitei o desafio.

O que proponho?

Primeiramente é indispensável dizer que jogadores baratos são, na verdade, caríssimos para clubes de futebol.

Emerson Conceição, Marcos, Denilson têm salários “baixos”, mas custam caro ao torcedor. Por não agradarem, geram um passivo trabalhista para a instituição, que se vê obrigada a dispensá-los para dar satisfação à torcida.

Por isso, precisamos de jogadores que cheguem para jogar mesmo –  independente de custarem mais caro. Vai dizer que se somarmos o salário do Denilson, do Teranz, do Tomas Andrade, do Nathan, do Leandrinho e do Edinho, não conseguiríamos trazer um jogador de nível maior? Claro que conseguiríamos.

O meu entendimento de austeridade se baseia em um elenco enxuto e qualificado, mesclando apostas da base e jogadores que conseguem segurar o tranco. Emerson, por exemplo, foi uma surpresa da temporada. Ricardo Oliveira, querendo ou não, uma contratação certa. Seguindo nessa linha, conseguimos montar um time competitivo, sem sombra de dúvidas.

Além disso, precisamos rever os termos de empréstimos de atletas. A questão do Roger Guedes poderia ter sido um desastre, não fosse a pressa dos chineses em levá-lo. Precisamos garantir a presença dos emprestados pela temporada ou uma contrapartida alta em caso de venda. Isso precisa ser levado em conta.

Com relação à gestão do grupo é importantíssima a autonomia para que Marques tenha real controle do elenco.  Gostei muito da postura dele quando falou do Ruan e deixou claro que indisciplinas não serão aceitas. Da mesma forma, a transparência no caso Tardelli. Sem falsas esperanças e um natal dando F5 no Twitter do presidente.

Com relação ao treinador, Levir não era minha primeira opção, mas se é a opção da diretoria, que seja dado tempo. Independentemente do que acontecer na pré-libertadores ou no Mineiro, precisamos de continuidade no trabalho. É inacreditável que as peças do elenco sejam blindadas em detrimento dos duzentos treinadores que demitimos nos últimos anos. Precisamos acreditar no trabalho e manter uma linha coerente.

Com relação aos nomes que pediram para sugerir, eu iria atrás do Rodrigo Caio, do Messias (para compor o grupo) e de um meia com regularidade. Talvez não tão espetacular quanto o Cazares nos dias bons, mas que garanta algumas chances de gol criadas por jogo.

Além disso, um atacante de beirada para mudar jogo, como fazia o Neto Berola algumas vezes. Não estou pedindo a volta do Neto Berola, que fique claro, mas é importante termos alguém para colocar fogo em um jogo ou outro.

No mais, chegou a época mais chata do ano, em que os jornalistas inventam 99 mentiras para vermos uma verdade. Chega logo, 2019, porque 2018 já está fazendo hora extra!

Abraços,

Postagens relacionadas

35 comentários em “O Galo que eu quero em 2019

  1. Senhores boa noite. Contratação 2019 ate agora so o Marques né? So falta trazer o Guilherme. Infelizmente com esse amadorismo 2019 será sofrido viu. Continua tudo no improviso. Cogita nome de bons jogadores,,mais so chega bonde. Se pegar um time cascudo na pre libertadores não passa e ai, vamos ter que aguentar ne. Como deixaram o time voltar ao patamar de antigamente, com mexericas e cias, achei que nunca mais voltaríamos a isso, mais enquanto não aprenderem o que é o significado de PROFISSIONAL, vai ser isso.

  2. Boa tarde Eduardo e massa. O galo que quero que 90 por cento destes peladeiros fora do galo em 2019 mas isto não vai acontecer. Vamos que atulerar Elias. Fábio Santos. Cone 2.cazares. Gabriel. Nathan. Therans. Victor. E outras barcas. O galo que quero é um time competitivo para ganhar jogos e títulos. Levir vamos trabalhar você eo treinador e começa a fazer a varredura. Vai galoooooooo.

  3. Me parece que esse blogueiro faz parte da diretoria do Sô7,hum,hum(parece macumba e é). Ou então não entende bulufas do GALÃO!!!!!!!
    Ricardo Oliveira foi bom negócio??? Pra quem a não ser pra ele???? Tá de brincadeira.
    E só de falar do Berola percebe-se que “entende demais………………..
    Deus nos ajude………………………

  4. Antes das contratações, é imprescindível negociar, doar, aposentar, sumir com Elias, Fábio Santos e Ricardo Oliveira, e emprestar mais alguns, claro!

    Contratações:
    Zagueiros: Igor Rabelo, Rodrigo Caio e Messias (compôr elenco)
    Laterais: Victor Luís (troca pelo M. Rocha) ou Renan Lodi (Atl. Paranaense)
    Meias: Ganso (louco pra voltar da Europa), Jarlan Barrera (Jr. Barranquilla)
    Atacantes: Elkeson (China), Sassá (pelo R$ 10 mi do Cone)
    Apostas: Keslley e Alesson (Paraná)

    Elenco 2019:
    Goleiros: os mesmos de 2018
    Zagueiros: Léo Silva (pela liderança), Maidana, Igor Rabelo ou Rodrigo Caio, Messias (compôr elenco) e mais um da base
    Laterais: Emerson, Patrick (bom reserva), Hulk, Victor Luís ou Renan Lodi
    Volantes: Adilson, Zé Welison, Blanco, L. Cândido e Galdezani
    Meias: Cazares, Bruninho, Nathan (acho que ainda engrena), Ganso, Jarlan Barrera e Alesson
    Atacantes: Luan, Chara, Terans, Elkeson, Sassá, Alerrandro e Keslley

  5. Boa tarde massa e Guru

    Chega de lamentações, hora de sugestões:

    Goleiros : Jaildo – Palmeira / Douglas – Bahia
    Laterial direita :Jean – Palmeiras / Guga – Avai
    Lateral esquerda : Xiiiii
    Zaga: Moisés – América / Igor Rabelo Botafogo / Rodrigo Caio – São Paulo / Joel Carli – Botafogo
    Cabeça de área: Rodrigo Lindoso – Botafogo
    Camisa 10 : Yohan – Palmeiras/ Oscar Romero – China – Ernani – china / Guerra – Palmeiras
    Atacante camisa 9 – Gilberto – Bahia / Lendro Pereira – Chapecoense/Tardelli – China
    Atacante veloz – Marinho – Grêmio/

    1. KKKKK..me desculpe….não tem como não ri..
      Primeiro: nem sabe o nome do goleiro JAILSON.
      Segundo: Igor Rabelo o palmeira$$$$$ ta de olho.
      Terceiro: Ernani o lado de la da lagoa ja ta negociando
      Quarto: Leandro Pereira e Marinho…Não ficaram no lado azul…e agora que trazer pra ca.
      Quinto: Esses caras do Botafogo são ruim demais. É só a imprensa carioca que os exalta
      Sexto: Tardelli..o negocio dele é $$$$$ nada de amor pelo Galo. E quando vem fica falando que quer voltar.
      Risíveis suas indicações, cara!

      1. Boa noite meu nobre risonho. Seus argumentos são tão ridículos quanto deu humor. Realmente errei o nome do Jailson, mas qualquer um com um pouco de discernimento entendeu quem eu quis mencionar. Enquanto vc ri sai a noticia que o Galo ofereceu 12 pratas no Igor Rabelo. Ernani está negociando, mas já esteve em nosso radar. Quanto a Leandro Pereira e Marinho terem sido das Marias, vc se lembra de onde vieram Leo Silva e Nelinho?

        Quanto aos caras do Botafogo, são os mesmos que vieram aqui e quase nos tiraram da liberta. Seja criativo dê suas sugestões.

  6. Oi Eduardo, Marcelo e Amigos, boa tarde!
    Parece que os dois peixes grandes (BMG/MRV) irão tirar o escorpião do bolso para ajudar o Galo nas contratações.
    Já é unanimidade que precisamos de dois zagueiros TOP e um camisa 10 para o setor de criação. Isso é o mínimo.
    Se isso for verdadeiro, que a Diretoria tenha o pé no chão e sabedoria na hora de contratar. Valeria a pena darem uma olhada no mercado sul-americano.
    Alô “seu” Sette, muito cuidado nessa hora. Não vá rasgar mais dinheiro. Juízo!
    Saudações Alvinegras,

  7. Nunca li tanta bobagem escrita num texto só.
    Ricardo Oliveira contratação certa? O cara não jogou NADA o ano inteiro!
    Toda bola que vai no cara volta, não ganha uma jogada, não faz gols decisivos, finaliza mal. Sai de campo do mesmo jeito que entrou. Ficou uns 10 jogos sem chutar uma bola no gol. Pode ter sido um bom jogador no passado, hoje tem que sumir do galo o mais rápido possível.
    Ainda me fala de Neto Berola????
    O jogador que só fazia gol na URT, Caldense, etc. qualquer zagueiro mais ou menos anulava o cara. E ainda tinha gente que ficava pedindo aquele jogador horroroso( tão bom que atualmente tá no CSA).
    Cara deixa de ser inconsequente nos seus textos!!
    acho que estão precisando selecionar melhor os escritores desse blog, realmente não parece atleticano. Tá parecendo cara que vem escrever pra babar ovo desse presidente que só faz e só fala m…da.

    1. Pedro, já te respondi no outro texto, mas apenas para finalizar:

      – Já expliquei do Ricardo Oliveira.
      – já expliquei do Neto Berola (já tinha explicado no texto, mas pelo visto, não o suficiente).
      – Com relação à inconsequência, ela é obvia, uma vez que um texto em blog nada mais é do que uma opinião pessoal. A consequência dele, que é o que indica a palavra inconsequente, é nula. Estamos aqui apenas para debater. Rs.
      – Com relação a não ser atleticano, prefiro nem comentar. Não vale a pena.

      E com relação ao presidente, eu não preciso responder. Procure os textos das outras segundas, porque imagino, você não vem acompanhando.

      Grande abraço.

  8. Respeito mas o perfil dos medalhoes atuais é diferente. Sao tinhosos e dissimulados. Nao batem de frente. Em 2014 havia um Presidente na direção que respaldava as decisoes. Hoje o que temos? Marcelo a imprensa ta anunciando que Ricardo Guimarães e Rubens Menim irao ajudar o galo. Esses dois estão é tomando o Shopping pelas beiradas. Um cara como Ricardo Guimarães que investiu no Cruzeiro ( lembra do Goulart) e empresta dinheiro a juros ao galo, alem de ter rebaixado nosso time vai ser a solução? Me desculpe gostaria sinceramente de estar errado mas nosso clube está numa trajetória preocupante…

  9. Não entendi a parte do texto que fala do Guedes. O Galo foi beneficiado na ‘barriga de aluguel’, e havia a preferência na compra. O erro foi a ausência do valor fixado do passe, e talvez se tivesse ficado não teríamos passado tanto sufoco, assim não vejo “desastre”.
    O rombo deixado pelo Nepomuceno é maior que imaginamos. Agora esse incompetente (pode ser bom advogado, presidente de Clube, não!) parece querer disputar com Nepô um jogo dos “Sette erros”, se o antecessor teve a gestão marcada por contratações de medalhões e incontáveis técnicos, o “austero” encheu o Galo de peladeiros inúteis e insiste em mais um diretor inexperiente. De que adiantou reduzir a folha se foi montado um elenco incapaz de conquistar, sozinho, uma vaga no G6? E lá vem o Marques, com escudo de ser “ídolo”, brincando de Diretor; suas ações até o momento são risíveis. A dupla dinâmica Sette/Marques ainda vão aprontar algumas antes que um – ou os dois caiam -, temo muito por um 2019 pior, pois falta profissionalismo, experiência, comprometimento e respeito à nossa história. O Mestre Guimarães Rosa dizia “é junto dos bão que a gente fica mió”, se Marques e Sette são ruins, nossa tedência é que fique tudo PIOR. Socorro!
    Quando assumiu a presidência do Conselho Deliberativo, o senhor Rodolfo Gropen afirmou que iria “reformar e modernizar” nosso Estatuto com objetivo de ‘proteção administrativa e financeira’ através de regras de governança. Dois anos se passaram…
    Os irmãos João e Walter Moreira Salles encomendaram um estudo para auditar as contas do Botafogo, e elaborar um projeto que viabilize a compra do “futebol” do Clube. São Paulo e Paranaense também caminham nesse sentido de transformar seus Clubes em sociedade anônimas.
    No CAM, em 2017 o Conselheiro Wilson Brumer cogitou a possibilidade de uma SAF (Sociedade Anônima de Futebol), tal qual ocorre no PSG, Bayer, Colo-Colo, etc. O assunto foi “esquecido”, não podem matar a galinha dos ovos de ouro? S/A no futebol brasileiro será uma realidade, cedo ou tarde nossos dirigentes vão ter que encarar esse tema, até lá vamos contando com a sorte e sonhando com alguma contratação que preste.

  10. Domingos, você deve se lembrar bem que em 2014 existiam os líderes do elenco também. André foi dispensado, Ronaldinho substituido e questionado pelo Levir, e Tardelli foi para o banco junto com o Pierre, para só depois voltar. O treinador atual não é nenhum iniciante nessa arte de domar medalhões.

  11. SETTE CÂMARA ESTÁ APEQUENANDO O GALO.
    Em entrevista ao Superesportes ele disse que o seu plano é fazer GRANDES VENDAS DE JOGADORES. Como um Presidente de um time da grandeza do C.A.M. tem como meta só VENDER , VENDER , VENDER.
    O Atlético por acaso é uma loja Comercial ou um time de futebol. ATÉ O SHOPPING SETTE CÂMARA QUER VENDER. Se deixar VENDE até a alma do time.
    Para 2019 –
    FORA ELIAS.
    FORA ELIAS.
    FORA ELIAS.
    A TORCIDA do GALO precisa estar atenta ou essa diretoria vai Destruir todos os nossos sonhos que é um GALO GRANDE E CONQUISTADOR DE TÍTULOS.

  12. Caro MA,
    Concordo com relação à continuidade de trabalho de treinador, mas se o trabalho tiver sendo feito…de nada adianta o sujeito passar o tempo todo fazendo piada de japonês prá mineiro rir, folgando a rodo e mantendo 80% desse atual plantel. Esse é o trabalho do Levir. REFORMULAR o elenco. Manter esse plantel aí é assinar atestado de INCOMPETÊNCIA. Ñ vai dar certo.
    Agora, irmão, se a maioria do torcedor pensar como vc ñ vamos mais nunca chegar a lugar nenhum e o nosso Galo pode fechar as portas. Ñ é só questão de opinião. É opinião sobre fatos. 1º sobre jogador barato. O x da questão ñ é o jogador ser ou ñ barato. A questão tá no contrato (q nunca é PRO CLUBE). Vc percebe o equívoco na confusão AMADORISMO E FALCATRUA? 2º, Ricardo Oliveira foi contratação certa? Só se vc for da igreja invisível dele e tá ganhando uma benção fajuta do senhor? Ou então vc gosta do veterano PASTOR RO, boa forma física, impecável figurino, cuspe no cabelo, nunca se machuca, vai à igreja, convence de bom moço e dorme o jg todo, modelo prá todos, enfim, muita frescura. Esse PASTOR SEM VERGONHA é uma das maiores enganações q já passou pelo nosso Galo, Acredite, PIPOQUERAÇO da maior qualidade. 3º A contratação do Roger Guedes foi um desastre, irmão. Ñ seria pela conclusão do raciocíonio, ou seja, ele tinha q ter continuado ou a multa para tirá-lo tinha q ser pesadíssima prá quem quer q fosse…Ali eu vi q
    nosso 171 era um OTÁRIO. AMADORISMO E CHACOTA…
    NETO BEROLA?…
    Irmão, vc é Galo mesmo?
    Obs.: tem uma turma já fazendo campanha prá manutenção dessa base atual ano q vem, principalmente os veteranos VELHACOS. São marias serelepes.
    GALO SEMPRE!

    1. concordo 100%, VIANA.

      o cara vir escrever no blog do galo, e dizer que a contratação do ricardo oliveira( logo quem), “querendo ou não foi uma contratação certa”, depois do ano terrivel que tivemos, e quando digo terrivel nao é em questão de resultados, e sim de um futebol covarde, sem comando, sem padrão de jogo, e sem nenhuma evolução. Não bastando o cara me desenterra o nome de um dos maiores peladeiros que já vi no galo, Neto Berola.
      esse texto ficou parecendo realmente de quem tem alguma relacao com o presidente. muito inconsequente.
      aproveita e pede um jogador com a raça do rafael miranda, e o amor à camisa do Thiago Feltri.
      É brincadeira viu

      1. Pedro, não sei se você já jogou futebol na vida, mas eu não vou perder muito tempo explicando futebol aqui.

        Com relação ao Ricardo Oliveira, ele foi vice artilheiro do campeonato brasileiro, artilheiro do mineiro e o artilheiro do Galo na temporada. Se eu acho que ele jogou tudo que pode? Não, não acho. Se eu acho que ele poderia ter jogado muito mais? Obvio que acho. Mas contratar um centro avante da qualidade do Ricardo Oliveira foi, obviamente, uma boa contratação. Aí cabe a interpretação para diferenciar uma boa contratação de uma contratação que rendeu.

        Se o Tardelli vier, e não jogar NADA no ano que vem, ele é uma contratação ruim?

        E para fechar, acho que fui bastante claro com relação ao ESTILO DE JOGO do Neto Berola. Acostumado com o nível de leitura rasa, ainda tentei enfatizar, dizendo que não estava pedindo a contratação dele, mas sim de um jogador de beirada para entrar as vezes. Mas pelo visto, não foi suficiente. Tentarei ser mais claro na semana que vem.

        Abraços,

  13. Bom dia!!
    Tem que contratar zagueiros urgente!!
    Uma zaga que recentemente teve Leo Silva (no auge), Rever, Otamendi, Jemerson não pode se contentar com jogadores meia boca.
    Precisamos de zagueiros top essa tem que ser a PRIORIDADE.

  14. Bom dia, Marcelo!
    O Galo que eu quero é o que se apresenta em campo, uma ou duas vezes na semana; é o que me alegra ou me entristece em cada jogo. Nos últimos anos tem me entristecido muito mais que me alegrado. Portanto quero mudanças drásticas na postura em campo e quero jogadores que queiram e saibam jogar no Galo.
    Quero dois bons zagueiros, um lateral esquerdo que não finja que marca, e quando vai ao ataque saiba cruzar, quero a volta do Blanco jogando ao lado de Adílson ou José Welison; Cazares solto no meio, com total liberdade pra armar; quero o Luan no banco; quero dois velocistas, um pela direita e outro pela esquerda, e por fim, um centro avante que saiba dominar uma bola, que saiba tabelar, que tenha uma boa presença de área e que faça muitos gols.
    Se eu puder ter um Galo assim, bem, senão, fazer o que, além de sofrer?

    Fora Elias!
    Fora Fábio Santos!
    Fora Ricardo Oliveira!

  15. Como comentei ontem, o Galo vai ser o time que mais vai perder recursos da TV em 2019. A base não revela ninguém e virou cabide de emprego para ex jogadores. Não vai ter dinheiro para contratar ninguém de qualidade e ainda vai ficar com a possibilidade de passivos enormes por conta da inacreditável baciada de jogadores horríveis que a equipe do Sette trouxe. Questionar os possíveis empréstimos uma hora dessas é questionável. Se não fosse o Guedes, não estaríamos na Libertadores. Temos que aceitar sim as cláusulas mesmo que leoninas, do Palmeiras ou de outro time qualquer, se quisermos algum reforço de nível. Esta é a situação que as incompetentes gestões nos deixaram. Agora é hora de baixar a bola, perder a soberba e tentar negociar o melhor possível para tentar não passar vexame o ano que vem.

  16. Independente do que acontecer no mineiro e na prelibertadores precisamos de continuidade do trabalho. Estaria o nobre Marcelo aventando a possibilidade de perdermos o Mineiro pro time reserva do Cruzeiro e sermos eliminados na prelibertadores e mesmo assim dar continuidade ao trabalho? Me desculpe mas é inaceitável um time que custa 9 milhoes por mes ser eliminado de prelibertadores e muito menos perder campeonato para reservas do Cruzeiro.

    1. Estou cogitando sim uma eliminação na pré libertadores e uma derrota no Mineiro. O time rival hoje é mais pronto que o nosso, e jamais entrará com o time reserva nas decisões do Mineiro. Na pré libertadores, não sabemos o que vamos enfrentar, e não podemos ter a soberba de achar que já estamos classificados.

      Trocar o treinador não resolve o time de 9 milhões de reais. O Levir não tem culpa nenhuma disso. Quem ofereceu salário à esses atletas foram os dirigentes.

      1. Obrigado pelos esclarecimentos. Mas se for eliminado na prelibertadores( o que eu acho mais provavel) e perder o Mineiro está atendendo os reclames dos adeptos da filosofia Lulugaliana: Sofrer e torcer .

        1. Jamais. Não acho aceitável que isso ocorra, mas infelizmente precisamos assumir, é possível. A diretoria tem que ser cobrada, se acontecer, os jogadores tem que ser massacrados, mas trocar o técnico não vai adiantar de nada. Foi esse o meu ponto.
          Eu nem concordo com a contratação do Levir, mas já que contrataram, agora tem que deixar ele trabalhar…

  17. Bom dia. Marcelo tem os lideres do elenco: Vitor, leo Silva, Fabio Santos, Elias, Luan e Ricardo Oliveira: estes jogadores que conduzem o grupo. Voce acha que Marques tem ascendência sobre eles!!! Agora usar Berola como referência fica difícil. Acho que Bernard ficaria mais adequado. Pelas entrevistas a base do time acima citada nao mudará. Entao seremos mais coadjuvantes mais um ano. Mas nós atleticanos segundo a filosofia Lugaliana gostamos é de sofrer e torcer!!

  18. Bom dia Eduardo e Marcelo, pelo que entendi o sucessor do mestre será o escriba de hoje. Diante da decisão do mestre, vem uma boa noticia: um substituto qualificado e com pensamento coerente e voltado para o engrandecimento do Atlético. Sobre o texto de hoje também penso da mesma forma e apenas acrescentaria a necessidade de ter doravante uma gestão profissional que afaste de vez o regime feudal e amadorístico que vem assolando o clube nos últimos tempos. Saudações Atleticanas

    1. Afrânio, desculpe se ficou esse entendimento. Não serei o substituto do Eduardo, apenas agradeci pela oportunidade de ser um contribuidor durante esse tempo.

      Agradeço pelo comentário!

      Abraços,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*