Skip to main content
 -
Eduardo de Ávila
Defender, comentar e resenhar sobre a paixão do Atleticano é o desafio proposto. Seria difícil explicar, fosse outro o time de coração do blogueiro. Falar sobre o Clube Atlético Mineiro, sua saga e conquistas, torna-se leve e divertido para quem acompanha o Galo tem mais de meio século. Quem viveu e não se entregou diante de raros momentos de entressafra, tem razões de sobra para comentar sobre a rica e invejável história de mais de cem anos, com o mesmo nome e as mesmas cores. Afinal, Belo Horizonte é Galo! Minas Gerais é Galo! O Brasil, as três Américas e o mundo também se rendem ao Galo.

O atleticano está quase tomando remédio pra ansiedade

Foto: Bruno Cantini | Atlético

Vou tentar, na medida do possível, contribuir para afastar a depressão que vem tomando conta do Torcedor. Na minha rotina, leio sobre o tema aqui nosso espaço, em outros blogs e até em outros veículos de comunicação. Em todo o lugar, o ambiente é de pessimismo.

Essa situação não condiz com a característica do Atlético e, por isso, o torcedor fica estarrecido. A irreverência do Atleticano, ao longo dos tempos, foi a mola que impulsionou e motivou nossa condição de torcida mais apaixonada do Brasil.

Entretanto, convenhamos, os últimos tempos – pós Kalil – tem sido um verdadeiro pesadelo. Nesta temporada, a nossa angustia se agravou. Inicialmente, uma boa expectativa com a nova diretoria, que – equivocadamente – trouxe um diretor de futebol às avessas do que se pretendia.

Via de consequência, dois treinadores na contramão do roteiro desejado. Muita coisa merece explicação e respostas, como muito bem colocou ontem aqui o companheiro Zé Roberto. A mais delicada, quem são os empresários dessas babas que estão vestindo a camisa Atleticana? Quem está escalando o time, conforme deixou claro o radialista Roberto Abras? É repórter decano e que conhece os bastidores do clube.

Qual é o remédio?

Pensando positivo e sonhando com a volta dos bons tempos, vamos ao remédio sugerido no título. Cada um de nós tem suas preferências nas escalações, igualmente sonhamos com eventuais reforços – nesta altura apenas para a próxima temporada -, até mesmo com um novo diretor de futebol e treinador.

Todavia, embora a temporada sinalizasse para um final melancólico, temos de continuar sonhando. Se não com o título, com a vaga – preferencialmente – no G4 e depois remontar a equipe para 2019. Se conseguir chegar numa melhor colocação, claro, será preciso alguns reforços pontuais que cheguem para imediatamente se tornarem protagonistas e recolocar o Galo no seu lugar no futebol nacional e mundial.

Foto: Bruno Cantini | Atlético

A partida de domingo será fundamental para essa nossa pretensão do próximo ano. Apenas um empate não pode ser admitido, uma vez que logo atrás seguem adversários querendo essa vaga na elite. Entendo que o Atleticano, ao contrário do que defendem alguns amiGalos, deve comparecer em massa no Horto e empurrar o time em busca da vitória.

Isso não significa, ao meu entender, apoio incondicional. Temos de somar, nem que para isso seja necessário cobrar. Até vaiar, se for o caso, mas não durante a partida. Vale todo e qualquer tipo de protesto – desde que pacífico – antes, no intervalo e após o jogo, mas durante a partida empurrar o time em busca do resultado.

Por mais moroso que estejam em campo os jogadores, individual ou coletivamente, o Torcedor precisa – como sempre fez – incentivar a equipe. Cobrar sim, da diretoria, do treinador e de toda comissão técnica e também dos jogadores no momento adequado. Como aqui neste espaço aberto às manifestações de todos os Atleticanos.

Vou domingo, com a mesma determinação que me leva ao estádio há mais de meio século, porém sem a mesma confiança de tempos já vividos. Cabe a este elenco dar uma resposta à minha, à sua e a nossa indignação com o desempenho do time no gramado. Que eles, todos os envolvidos, honrem o compromisso que assumiram ao optar por defender as cores do Clube Atlético Mineiro.

Quero dormir de domingo pra segunda, sem necessidade de tomar um ansiolítico. Me ajuda ai Sette/Gallo/Larghi e seus comandados.

Postagens relacionadas

59 comentários em “O atleticano está quase tomando remédio pra ansiedade

  1. Caros,
    Se as palavras do velho Abras tivessem repercutido aqui, ñ estaria esse baixo astral…Ñ é hr de depressão, ñ srs. É suficiente o pastor Pipoca e os entregadores de rapadura… A hr é de energia, de tomada de decisão. É saber q ñ temos comando, foi isso q Abras colocou na mesa. 7 é um FANFARRÃO, vai passar o mandato todo ameaçando torcedor? É o esporte q ele entende? Espero q os verdadeiros “donos” do CAM saiam da moita, são eles, Kalil & RG, os q fizeram a “dívida”, os q tão cobrando “retorno”. Abaixo a mentira da austeridade…queremos time de verdade dentro de campo…
    Obs.: fora os forasteiros VELHACOS. Fabiola Santa cerca lourenço, o pastor PIPOQUEIRO 171, os pernas de pau patrick, terans, denilson, gabriel, tomas enceradeira argentina e afins…isso é atraso.
    Obs.: cobrar de quem tá bancado o tal gallo e sua “plantação”…quais tratantes tão bancando esse estrago, quem tá por trás disso, e expulsá-los do CAM. 7 é um bundão, tá na cara, ñ é ele quem comanda o CAM. Quem manda no CAM?
    Obs.: Insisto, ñ sou procurador, e por mim já tá fazendo hr extra, mas Largo é o menos culpado…O Galo é uma grande vitrine prá ele, apenas isso. Ñ tem responsabilidades pelo q acontece dentro de campo, é um tanto faz como tanto fez (discípulo carne e osso do OO)
    Obs.: estádio vazio é ideia de girico…é estádio lotado, é pressão, é cobrança e vaia, se preciso for…
    GALO SEMPRE!

      1. Eduardo,eu entendo,mas é que geralmente jogadores diferenciados sempre acabam jogando no meio de campo,como armador ou ponta de lança,os exemplos são vários.Já centro-avante não tem necessariamente que ser um jogador técnico.Dádá Maravilha por exemplo não era técnico,apenas sabia fazer gol.Acho que se o Reinaldo tivesse jogado no meio de campo teria sido melhor aproveitado e apanhado menos.Aliás,quase todo jogador diferenciado gosta de jogar com a 10 e nem por isso deixam de ser goleadores.

  2. Eduardo,
    No quarto parágrafo, quando você falou em babacas, a palavra seria babas, não é?
    Sobre o time, começo a me preocupar também com o ano que vem. Se conseguirmos nos manter no G6, teremos jogo decisivo já em janeiro pela pré Libertadores. Uma diretoria que não conseguiu montar um elenco equilibrado e um técnico que não conseguiu dar padrão de jogo em 10 meses, vão conseguir tendo apenas algumas senanas pra isso? Se é que o 7C quer chegar na Libertadores. Talvez para a “austeridade” seja melhor ficar de fora pra não ter que montar um time forte.

  3. Treinamento encerrado e Larghi fecha o time com mudanças radicais: Patric no lugar de Emerson, Adílson no lugar de José Welison e Tomas no lugar de Chara. Agora vai, hein…

    Fico impressionado. Pode o mundo cair que não há mudança nenhuma. Com essa porcaria de treinador nós não vamos ver ninguém da base e nada de diferente.

    Fora Larghi!
    Que a torcida do Galo que for à micro arena, tenha, pelo menos ela, vergonha na cara e pare de aplaudir e ovacionar esse lixo!

  4. Gostaria de saber que disse que o Alexandre Gallo entende de futebol , como jogador MÉDIO, como Técnico FRAQUISSIMO, e ai contrato o cara, o atletico hoje deve ter um elenco de ums 50 jogadores(incluindo os emprestados) e não conseguimos montar um time com 11, tem muito coisa Errad o Presidente esta muito Preocupado e com a Carreira do Filho que pode ir para Formula 1, o Galão pra ele e HOBBY,

  5. Boa Tarde,

    Em um comentário anterior já havia mencionado sobre os reforços que foram contratados, coloquei em dúvida a capacidade deles da mesma forma que a maioria aqui. Porém….
    Quem diria que o Samuel Xavier iria arrebentar lá no Ceará, os adversários são os mesmos e os outros jogadores que compõem o grupo do Ceará são de qualidade técnica inferiores aos daqui (muitos estão pela primeira vez na série “A”), então como explicar este fator.
    Será que foi o peso da camisa, ou a torcida que pegou no pé dele, não deixando jogar a vontade?
    Minha resposta para tudo isto é apenas uma, Thiago Larghi.
    Hoje não faço mais críticas aos jogadores, porque não vejo nenhum jogar a vontade, estão sempre fora de posição, o tal do pé trocado faz com que o time não jogue em profundidade, cruzamentos sempre antes da linha de fundo, com a defesa de frente. É só lembrar do jogo contra a Chapecoense, cruzaram 20 bolas na área e nenhuma encontrou nenhum dos atacantes e eles apenas duas e todas acharam o atacante e foi risco claro de gol.
    Hoje o problema do nosso Atlético se chama “Gallo” e “Thiago Larghi”.
    E a inércia do nosso presidente.

  6. Olá amigos da bola!

    Me desculpem!

    Sou Galo!

    Mas nosso galo tá tão em evidência, tá fazendo tanto sucesso, que olha, perceba o número de publicações!….

    Eu mesmo, tô cansado cara!….. Não jogo a toalha, porque o galo é uma doença eterna!
    No entanto, não sou otário, não sou bobo!

    Imagino! Acho, penso que sei muito bem o que ocorre lá dentro!….

    Então, não me venha com churumelas, xurumelas, sei lá como escreve isso, sei que o Cafunga dizia essas palavras, não me venham com xurumelas, churumelas, churumellllas,…….

    Estamos fazendo papel de otários…

    Os caras querem usar o galo…………..

    Próximo jogo, estádio cheio e muito apoio……… Me desculpe,,,,,, mas! Que burrice! ” fazemos” mau, com u, mal com l, a nós mesmos!

    Acordem pelo amor de Deus, do contrário, será o fim!…….

  7. ahahahah… é uma vergonha.
    A torcida manada que segue a cooptada (ganham ingressos) comprou 15.000 ingressos.
    Vocês não tem é vergonha na cara.
    Ir no Indepa prestigiar esse bando de folgados derrotados e dar força para o diretor com nome de azeite…. ora… convenhamos.
    A verdade é esta: Torcedores traidores que vão lá bater palminhas para esse bando de vagabas….
    Torcida traidora que está destruindo meu Galo
    Quantos desses que compraram torcem para o Cruz-Credo?

  8. Bom dia, apoiado Eduardo. Todos tem direito a fazerem o que bem quiserem e toda forma de protesto é legítima (desde que sem violência). Moro em Brasília, mas se morasse em BH iria ao estádio não importa a situação que nos encontramos na tabela, o amadorismo da comissão técnica e da diretoria, o descompromisso de alguns jogadores. Torço para o Galo, não para jogadores (enquanto vestirem o manto com raça e honra terão meu apoio, os que não jogam assim, nunca terão, nem se estivesse em primeiro lugar na tabela). Renovarei meu GNV, mesmo não usando, apenas para contribuir com o Galo. É minha posição. Torcer contra, desejar estádio vazio, atacar e depredar patrimônio do Galo, parar de acompanhar o time ou as notícias sobre o Atlético, não é pra mim não. Tou fora. Façam aquilo que quiserem. Saudações atleticanas.

  9. Boa tarde xará e amigalos!!!!
    Volto a repetir. Nosso atual time é MEDÍOCRE!!!!!!!!!!!! Esse time do Mequinha é melhor do que a Chapecoense. Não me iludo mais com jogadores com futebol abaixo da média como os atuais do GALO(titulares e reservas). Victor, Luan e Leo Silva não são os mesmos!!!!!!!!!! Não dá pra viver de passado!!!!!!!! Adilson Pardal Batista sabe armar retranca e é isso que ele vai fazer. Todo time que vem fechado complica o GALO no Independência. Vamos de novo de PATRIC MEU DEUS DO CÉU!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! PORQUE ESSE PESADELO NÃO ACABA NUNCA HEIM??????? FORA BANDO DE INCOMPETENTES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  10. Prezados amigos, no segundo ano de mandato do Nepumoceno escrevi aqui que o GALO, infelizmente, voltaria a ser o GALO de antes do Kalil, só participa das competições e não ganha nada. Infelizmente isso se concretizou. Outra coisa que já disse aqui é que o KALIL junto com o conselho deliberativo é o grande culpado por isso. Kalil indica o nome e os cordeirinhos do conselho votam e elegem essas maravilhas…..até quando? Não sei!! O GALO precisa de uma oposição!

  11. Domingo, início de agosto, temperatura agradável, mais para frio. Jogo as 18:30, contra o sport, marcava a estreia, digamos, oficial, de Marcelo Oliveira no comando do time, visto que nas vezes anteriores o treinador da base assumia apenas interinamente, como um quebra-galho. O ano era 2008, e o time era sofrível, mas sofrível mesmo! Sem dúvidas, um dos piores elencos já montado no Galo. E, como não poderia deixar de ser, a campanha no brasileiro era pavorosa, pois o time flertava insistentemente com a “zona da confusão”, parafraseando o “Pofexô”. O presidente, à época, estava mais preocupado com a campanha eleitoral de seu menino, concorrente ao executivo municipal, e fazia uma gestão horrorosa no ano do centenário do clube. A situação era tenebrosa. Como consequência, nas redes sociais, já influenciadora à época, embora muito menor que nos dias atuais, muitos torcedores rearticulavam o chamado “público zero”, tentado no mês anterior no jogo contra o coritiba quando pouco mais de 6 mil pessoas foram ao estádio da Pampulha. Na partida em questão, fomos quase 10.000, público pequenino para o tamanho do Mineirão, e ínfimo para a grandeza do Galo. Grandeza desrespeitada pela diretoria à época que, como já disse anteriormente, em pleno ano do Centenário do Clube, buscava se aproveitar da torcida para interesses diversos, e apresentava explicações totalmente estapafúrdias e ridículas para os resultados ruins, decorrentes de uma péssima gestão. E pedia paciência à torcida. E dizia entender a torcida. E tentava engambelar a torcida com jogo amistoso, com direito a um show terrível, de uma banda inexpressiva, e a contratação de Petkovit. Quem não se lembra da famigerada frase “esse é o ano do Tchô”. Voltando ao jogo, o time conseguiu uma virada sobre o time pernambucano, afastando-se da parte temerária da tabela. Mas deixou o campo sobre cobrança da torcida, que protestou mesmo após a vitória. Pra variar, o presidente deu declarações absurdas, do tipo “não vamos cair”, como se a intenção fosse apenas essa. Na sequência dos fatos, no mês seguinte, a panela de pressão explodiu, com resultados ruins, jogadores insatisfeitos com salários atrasados, e o caldo entornou para o lado dele. Foi o estopim para o retornou do Kalil, eleito no fim de agosto.
    Essas lembranças nos remetem aos dias atuais, embora seja injusto comparar, pois ainda que existam muitos erros e fragilidades, elenco e administração são melhores que a de 2008. Mas a diretoria atual também apresenta muleta para os insucessos, não se sustenta nas explicações, tenta nos engambelar, dá margens a questionamentos quanto aos caminhos do modelo de gestão, sobretudo nas contrações de jogadores, abusa de nossa paciência, ao tempo em que segue por um caminho que afasta o torcedor. Porém, nesse ponto, a torcida ainda resiste. Claro que 20 mil pessoas é público ínfimo à grandeza do clube, mas é muito diferente quanto se refere a lotação do estádio. (Não vou aqui entrar na questão do estádio). Faz a sua parte, e incentiva, apoia, pressiona. No meu ponto de vista, ainda bem que as redes sociais, mais influentes que outrora, não conseguiram afastar o que ainda nos identifica: a força da torcida. Essa que já incentivou Mexerica e Ronaldinho, que já aplaudiu e cobrou Dinho e Marcos Rocha. Essa torcida que comemorou títulos até então inéditos, mas cobra e anseia a conquista do campeonato brasileiro.
    Domingo, novamente, estarei lá. Apoiando durante o jogo, mas demostrando, com respeito e dentro das limitações, minha insatisfação com a direção do clube. Não foi o público zero que mudou os caminhos à 10 anos. Foi a demonstração de descontentamento! Foi a quebra do silêncio! Se queremos mudanças (a essencial, para mim, é a saída do Diretor de futebol), mas buscá-las, no grito!
    E continua a pergunta: porque o silêncio das organizadas?
    Saudações alvinegras!

    1. três pontuações:
      – algumas concordâncias verbais foram digitadas erradamente. Peço desculpas e jogo a culpa na pressa em digitar (o que mantem a minha culpa, responsável que sou pela digitação);
      – Kalil foi eleito presidente do CAM em 2008 ao fim de outubro e não em agosto, como escrito anteriormente. Novamente, a culpa é da pressa em digitar;
      – Hoje a tarde, uma das torcidas organizadas foi ao CT para manifestação pacifica. Concordo plenamente. É o começo. Mas, e as demais?
      Saudações Alvinegras!

  12. Oi Eduardo e Amigos, boa tarde!
    Sinto que para a diretoria, as metas para 2018 foram cumpridas.
    Reduziu as despesas (???) e o time não vai cair mais.
    Hoje ocupamos a sexta posição, mais em função do baixo nível técnico dos demais times e não por competência nossa.
    A diretoria, os jogadores e o treinador, agora se dão ao luxo de pensar que a “missão já foi cumprida”.
    Agora, na zona de conforto, querem mais é beber, comer, dormir e fazer turismo pelo Brasil afora.
    Acorda presidente! A conta um dia ela chega.

  13. CAROS ATLETICANOS. VOU INSISTIR.
    SE SETTE CÂMARA NÃO DEMITIR O PÉSSIMO PSEUDO DIRETOR DE FUTEBOL ESTAREMOS DEFINITIVAMENTE FRITOS.
    ESSE SUJEITO SÓ VEIO AQUI PARA GANHAR DINHEIRO E NEGOCIAR COM EMPRESÁRIOS.
    ELE MESMO AFIRMOU QUE O NEGÓCIO DELE É
    VENDER , NEGOCIAR E VENDER PARA EMPRESÁRIOS.
    ALÉM DO MAIS ROBERTO ABRAS DISSE QUE O TÉCNICO NÃO ESTÁ ESCALANDO O TIME.
    ENTÃO , QUEM ESCALA ESSE AMONTOADO DE PERNAS DE PAU.????
    INFELIZMENTE ESSA DIRETORIA APEQUENOU O TIME. COMO NÃO PODE TIRAR O PRESIDENTE ; ENTÃO QUE SE DEMITA O CHEFE DIRETOR DE FUTEBOL.
    PARA TÉCNICO :,
    ABEL JÁ
    ABEL JÁ.
    FORA ALEXANDRE VENDEDOR gallo.

  14. Acho engraçado alguns textos que leio aqui. Semana passada depois da goleada sobre o poderoso e imbativel sport de recife, escreveram neste blog: ruma ao titulo, time sensacional , record no estadio( que enche ate em pelada de casos e solteiros) e outras baboseiras sobre o timeco, ai perdeu para a poderosa Chapecoense.Domingo com certeza vai ganhar pq o outro time é ainda pior,. Segunda pode-se esperar mais baboseiras tipo ainda dá … eu acredito em papai noel e saci pererê, BR 18, mundial etc.
    Esse time e essa diretoria burra é acompanhada por atleticanos burros tb. Pessoas que se contentam com ilusão, vivem sonhando e acreditando que esse bando de jogadores ruins ( o time é ruim mesmo), iriam ou ainda como dizem os mais atleticanos e mais burros vai ganhar o BR 18 ou o G6, G7, G349. Desde Fevereiro essa draga ta do mesmo jeito. Temos um centroavante pastor que usa sua fala e labia para conseguir mais 2 anos de contrato, um diretor analfabeto e burro que não entende nada de futebol um presidente que nem sabe a cor da camisa do clube e agora acompanhado por uma minoria de torcida que se acha mais torcedor que outros pq não aceita que falem que o time é fraco. E os que estão ai tem contratos por 2 ou 3 temporadas. Podem achar o que quiserem, continuo torcendo mas, não vou despencar em BH para ver Elias. pastor , e os refugoides . Enquanto isso do outro lado.. é melhor nem comentar. Mais um ano se foi e a chacota nacional cada dia aumentando. Ou tomamos atitude e reclamamos ou vamos viver 2019 e 2020 acreditando em papai noel , saci pererê , pastor, e alexandre gallo.

    1. Onde eu assino. Está corretíssimo. Vivemos de sonhos e de lampejos pq não somos exigentes com quem nos representa. Não somos exigentes com diretoria , com imprensa , tampouco com jogadores. Confesso que após o jogo contra a Chapecoense tinha decidido nem comentar mais, mas fico inquieto vendo que nada mudou. Esperava uma reação mais enérgica da torcida protesntando em frente ao CT , esperava uma chuva de reportagens detonando essa diretoria e esses jogadores medíocres. Mas vejo mais do msm , não vejo uma mudança no galo que me faca ter esperança. O que resta como atleticano é rezar, e até lá , não contribuir com essa patifaria que acontece hoje no galo. Já cancelei meu galo na veia , parei de ir ao estádio . Não quero contribuir com isso.

  15. Vocês ainda insistem muito com o Galo.
    Esse ano já terminou.
    Antes q falem q não sou atleticano, q sou cruzeirense travestido, q não sou torcedor verdadeiro (mesmo frequentando Mineirão semana sim semana não desde 1980), pensem: se esse time fosse bom não estaria em 6o lugar. E só está nessa posição porque a qualidade dos times no Brasil vai de mal a pior. Correto achar q a diretoria fez besteira contratando Gallo e ele, por sua vez, contratando e renovando contratos de jogadores perebas. Vamos ficar na fila mais um ano. Enquanto isso o outro lado da lagoa vai ganhando títulos – desculpem o desabafo, mas precisamos desse tapa na cara!
    Esqueçam 2013 e 2014 – passou, ficou na história. Tem q se pensar à frente – novos títulos, novas conquistas. Essa punhetagem em torno da Liberta 2013 já deu.
    Título nenhum é obrigação. Se o planejamento fosse feito pra dali a 2 ou 3 anos já tínhamos saído da fila há muito tempo. Agora é pensar em 2019 e disputar de verdade os campeonatos q vierem, fora Mineiro e incluso uma possível Sulamericana, se ficarmos de fora da Libertadores.

  16. Bom dia, alguns amigos e familiares vivem me dizendo que tenho que procurar um Cardiologista por causa da minha pressao alta que pode afetar meu coraçao, eu so respondo com esta frase: Sou Atleticano, meu coraçao e forte, se nao ja teria morrido ha muito tempo!

  17. AmiGalos, joguei a toalha. Confesso, cansei. Não gasto um centavo sequer mais com premiere, ingresso, GNV… Tinha que ir ninguém no próximo jogo, só assim entenderiam, mas não, já garantiram 15mil. Este time não me representa. Antes da parada alertei aqui que Thiago Larghi era fraquíssimo e se fosse em qualquer outro time do Brasil estaria demitido, mas no Galo tudo é normal. Teve 9 meses, nunca houve tanto tempo, tantas semanas cheias de treino, eliminações precoces, uma temporada com poucos jogos, MAS até agora NADA. Insistência tola com Elias, Fabio Santos, Cazares, Ricardo Oliveira… Mataram nosso sonho. Este é meu último comentário este ano, vou me libertar deste vício, ninguém da Diretoria ouve os anseios da torcida. Aliás, cuidado, pode tomar processo… E eu achando que não poderia ficar pior que o Nepomuceno… Kalil tem culpa nisso. Era ano pra título, mas folgando sempre dois dias após os jogos fica complicado… Escalações erradas, mexidas erradas, sem padrão de jogo… Uma vitória sobre o Mequinha não ilude. Éder como interino até o fim do ano. Abel em 19. Novo diretor de futebol.
    Abracos a todos, volto ano que vem com a esperança de ser campeão Brasileiro.

    1. Andrade, quase toda postagem que vejo sua você insiste nesse história de cancelar GNV ou de não ir a estádio. Se ninguém, nem o texto do Eduardo, consegue te convencer que tais atitudes é fazer “gol contra”, eu acho até melhor você dar um tempo do blog mesmo. Espero, de verdade, que seja apenas por um tempo. Tenho certeza que você é sim atleticano, decepcionado e chateado com o resultado desse ano, e acho que é direito seu pensar da forma que quiser. Sinceras desculpas por dizer isso, mas pior que não termos conquistado nenhum título esse ano, é torcermos para piorar as coisas (menos público, menos GVN = menos dinheiro para que as mudanças que reclamamos sejam feitas). Entendo, mas não concordo com isso. Saudações atleticanas e, como disse, até breve AmiGalo!

  18. Eu concordo com a maioria, não é mais hora de apoiar, acreditar, comparecer ao estádio somente para ficarem cantando o hino e lá no campo um amontoado de pernas de pau, descompromissados e lerdos e um técnico displicente, incompetente, fraco, sem graça e pau mandado protagonizando mais um “show de horrores”. Esse time não tem alma, não tem vontade, não tem perfil de time ganhador, ou seja, é a cara desse técnico horroroso e dessa diretoria omissa e incompetente!!! E por tudo isso, a torcida precisa dar um basta, precisa protestar, precisa pedir a saída desse Larghi, desse Gallo e de vários jogadores que não merecem vestir a camisa do Galo. De que adianta vencer ” em casa” o América, time que está lutando para não cair, após ter perdido, no último minuto, para a Chape e de ter o Santos do nosso amado Cuca como próximo adversário e ainda fora ” de casa”, onde raramente ganham???? Time que virou freguês da Chape, vai ganhar do Santos???? Desculpem, mas eu não acredito!!! E aí continua a saga desse time medíocre, ganha uma, empata outra, perde quase sempre fora de casa e nada MUDA!!! E no próximo jogo, em casa, a torcida está lá apoiando essas porcarias…E assim vai continuar em 2019 se a torcida não acordar!!!! Digo sempre e repito, esse presidente-fantasma não tem compromisso com vitórias e com a torcida e sim com negócios!!! E ele não vai mudar nada para os próximos anos se a torcida não se rebelar, simples assim!! Enquanto isso, as Marias estão sapateando na nossa cabeça, rumo a mais título!!! E haja gozação, gritaria, foguetes… Eu não suporto mais ver esse time e nem técnico, me dão náuseas… São os péssimos dos péssimos!!! Acorda massa atleticana!!

  19. Saudações Alvinegras. Esse é um momento tenebroso na vida do Atleticano. Roberto Abras é um jornalista que cobre o Galo a mais tempo salvo engano, portanto tem sim, muito crédito para falar dos bastidores e da podridão em que se encontrar o Galo. Está me lembrando da época do Sérgio coelho, onde, ronildos e cia recebiam multa milionárias na justiça, tudo esquematizado com os jogadores, empresários e diretores e presidentes, levaram o Galo a ruína. E parece que estamos vivendo os mesmos tempos. Treinador não tem culhão e comando para escalar o time, diretor de futebol que nunca teve excelência em nada é que faz tudo, pois o presidente não gosta de falar nem fazer futebol. Estamos com péssimas previsões por isso. Não existe luz no fim do túnel a não ser a inabalável fé do Atleticano.
    Pois estamos nas mãos de amadores e despreparados para administrarem um dos maiores times do Brasil. Que Deus nos ajude , pois só nos resta rezar, uma que que a passividade da torcida é cada dia maior.
    Eu torço contra o vento.

    1. Amadores não meu caro!…..

      estamos nas mãos de pessoas que não tão nem aí para o galo, querem mesmo, sabem o que!……

      A torcida precisa é ser esclarecida e entender, visualizar o que ocorre lá dentro……

      Para! Esses caras são putas “profissionais”…….. Entenderam né?????

      Não são é atleticanos!……

      Isso não são!

  20. Eu postei antes e tive até uma pequena censura do Eduardo, que esse ano até política tá mais emocionante que o Galo, ninguém quer falar do Galo, é um ano para se esquecer.
    A diretoria deveria está comprometida em formar um time campeão em 2019 mas o que vemos como uma reportagem do uol é que estão é fazendo churrasco pra galera.
    https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2018/10/10/com-churrascos-jantares-e-festas-atletico-mg-se-une-apos-2017-frio.htm
    Vão de lascar pra lá, meu dinheiro é que esses bostas não vão ver.

  21. Bom dia !

    Vamos lá……O atlético lançou ontem mais uma categoria do Sócio Galo na veia ! Blz ! Me explica como um clube que está quebrado como mesmo disse o Presidente….. Ainda continua jogando em um Estadio que mal cabe 21mil pessoas e, criar categoria de projeto de fidelidade ? Me ajuda ai ! Estão destruindo o maior patrimônio de um clube de futebol ! Sua torcida ! Até entendo essa nova diretoria quanto menos gente, menor vai ser a cobrança sobre a merd…….Que estão fazendo nos últimos tempos. Outra coisa ! Focamos muito no futebol e esquecemos dos bastidores. O Atlético não faz e, não tem nenhuma iniciativa em que desrespeito nossos ídolos do passado ! Afasta sua torcida e não reverencia seu passado ! Triste Clube mau administrado !

  22. Fica tranquilo, Eduardo! O time verde é freguês de carteirinha e se o Galo entrar com um pouco mais de vontade, deve ganhar novamente, ainda mais com a torcida cobrando e bufando no cangote. Porém, não me iludo! Ganhando do América ( tomara que ganhe mesmo), provavelmente aquela “vontade e raça” voltarão no jogo contra o FluminenC e assim vamos de ganhar dentro, perder fora, empata aqui, perde ali, ganha acolá, quem sabe conseguimos cumprir o glorioso objetivo de Sette Um, Gallo paraguaio e “Estudioso” Larghi de obter o sexto lugar… Chega logo 2021!!!!!!

    1. Entao para te animar mais ainda fique sabendo que o Coritiba já devolveu o Carlos Cesar que ja estava treinando na cidade do galo. Em Dezembro retornam o Clayton, Hiuri,Capixaba,leonam,carlos todos para se juntarem aos Denilson, patrick, Gabriel, Terans.Natan, Leandrinho, Edinho que já integram nosso elenco. Quanto será que custa aos cofres do clube essa turma?

      1. Isso deve interessar a quem os paga (ou não). A mim, que encaro o futebol como lazer ou apenas um momento lúdico para minha abstração dos problemas, tal fato é irrelevante. Eu só quero ir ao estádio e torcer. Abraços!

  23. Acho que está na hora de pararmos e chutarmos o balde… Este time do ANTAlargui e do pseudo diretor não tem representatividade com o GALO!
    Está na hora de descermos do muro do “eu acredito” e “ano que vem vai”, e começarmos a mostrar nossa indignação para a DIRETORIA com as 2 mulas que estão comandando o futebol do GALO…
    Ou é publico zero para doer no bolso e ficar feio para eles na imprensa ou é levar faixas e cartazes de protesto contra a diretoria pedindo as saidas das 2 antas ANTAlargui e ANTAgallo… O que não dá é ir pro jogo ganhar do mequinha como sempre e a torcida na segunda estar aqui postando rumo ao titulo, eu acredito, agora vai… Vamos parar com o opio e acordar para a realidade que ainda dá tempo de salvar 2019!

  24. Infelizmente nossa mídia é muito fraca e ninguém coloca o dedo na ferida.
    O que mais incômoda é essa acomodação, essa passividade e achar que um ano horrível como esse tá bom.
    Nosso rival está prestes a conquistar a sexta Copa Do Brasil, tem 3 Brasileiros e 1 taça Brasil e sabem porquê conquistaram esses títulos?? porquê não ficaram ACOMODADOS, sempre procuraram montar bons times principalmente quando o nosso ai bem.
    Em nossos anos mais Gloriosos nosso rival se preocupou em não ficar por baixo ganhamos a Libertadores em 2013 e ele ganharam o Brasileiro.
    Ganhamos a Recopa e a Copa Do Brasil em cima deles e eles ganharam o Brasileiro de novo.
    Em 2016 chegamos a final da Copa do Brasil, em 2017 eles ganharam a Copa do Brasil.
    Em 2018 não arrumamos nada e eles estão prestes a ganhar outra Copa do Brasil sabem porquê?
    Eles usam a rivalidade ao favor deles, NÃO FICAM ACOMODADOS, LÁ TEM COBRANÇA ENQUANTO NA CIDADE DO GALO É O MELHOR SPA DO BRASIL.
    É uma absurdo ficar 48 anos na fila para ganhar um Brasileiro sendo que nosso rival ganhou em 2013/2014 cadê nossa resposta????
    O dia que usarmos a rivalidade ao nosso favor e QUERER GANHAR MAIS QUE O NOSSO RIVAL, SER CAMPEÃO MAIS QUE NOSSO RIVAL aí sim vamos comemorar títulos.
    HOJE O QUE EU VEJO É FALTA DE AMBIÇÃO, COMODISMO, PREGUIÇA, PIPOQUEIROS, PERNAS DE PAU, ESTAGIÁRIOS, TODOS EMPURRANDO COM A BARRIGA.
    Lamentável e 2019 é logo ali, vai ser assim de novo? coloquem o dedo na ferida.
    Saudações!!

    1. Completando o meu comentário muitos se contentam em ganhar clássicos enquanto isso os títulos vão por água abaixo, somos um time GIGANTE demais para ter só 2 títulos Nacionais.
      Mas infelizmente ninguém quer COLOCAR O DEDO NA FERIDA e se criticar é taxado de maria, temos que mudar essa mentalidade e COBRAR COM FORÇA.
      Lamentável o que estamos vendo.

  25. Na atual conjuntura torcedor que vai a campo apoiar esses moleques descompromissados, estará jogando contra o próprio Galo. Já deu! Chega! Não é o momento de apoiar. O momento é de cobrar a plenos pulmões. Ganhar do micróbio verde na micro arena é fácil, muito fácil, porque esses inúteis só mostram alguma coisinha jogando em casa, ao lado da torcida, mas fora de casa é uma preguiça danada. Tem que meter pressão em casa. Nada de aplaudir, ovacionar esses lixos de jogadores. O Brasil precisa ficar sabendo que a torcida não está nada satisfeita com diretoria/comissão técnica/jogadores!

  26. O ROBERTO ABRAS INDAGOU. QUEM ESTÁ ESCALANDO O TIME.???? ALEXANDRE gallo e SEUS AMIGOS EMPRESÁRIOS???????
    UM SUJEITO QUE DÁ UMA ENTREVISTA DIZENDO QUE O MAIOR OBJETIVO DELE É VENDER E TRANSFORMAR O C.A.M. NO TOP DOS VENDEDORES TERIA QUE SER DEMITIDO NO MESMO DIA.
    POIS NEM VENDER OU COMPRAR ELE SABE.

    QUEM ESTÁ ESCALANDO O TIME.??????

    FORA ALEXANDRE GALLO
    FORA ALEXANDRE GALLO
    FORA ALEXANDRE GALLO
    FORA ALEXANDRE GALLO
    FORA ALEXANDRE GALLO.
    FORA ALEXANDRE GALLO

  27. Bom dia Eduardo e Atleticanos, tudo o que se podia esperar para dar tempo à diretoria, à comissão técnica e a elenco para o time apresentar um padrão sólido de futebol competitivo foi superado. Agora, o momento é de cobranças e criticas, senão 2019 será a repetição de 2017 e 2018, simples assim. Paro por aqui para não me exceder, face ao grau de irritação que me encontro com os mandatários, elenco e comissão técnica. Saudações Atleticanas

  28. Bom dia massa e Guru.
    Bacana sua postura em querer motivar o pessoal daqui deste espaço, que anda coma autoestima tão abalada. Sinceramente eu fico aqui pensando qual seria o melhor meio de demonstrar à diretoria, comissão técnica e jogadores o nosso grau de insatisfação com as atuações do time, e a falta de compromissos daqueles que hoje nos representam dentro do campo. Pior é saber que mudarão as moscas, mas a m#@!” continuará a mesma, ou seja, sai jogador entra jogador e nada muda. Triste em saber que nosso galo hoje virou um laboratório de experiências

  29. Bom dia. Eduardo quem assumiu compromisso ao vestir a camisa do galo? Cazares? Elias? Olha esses jogadores ficam zombando da gente ao ponto do Patrick ir para a imprensa prometer gol contra o América. Faca-me o favor!!! Domingo é dia de acreditar em Thomas Andrade como solucao? Pedindo venias ao lugalo, ao Gilvan e todos que discordam mas precisamos de um fato para causar indignação da torcida e provocar as mudanças que precisam ser feitas. Creio que a obtencao da vaga pra Libertadores será o passaporte para continuidade de Alexandre Gallo e sua politica de contratacoes. Só em 2018 esse asno trouxe arouca juninho Guedes Erick Samuel Xavier Terans Edinho Thomas Andrade Emerson Kelvim ZE Wellissom Galdezani Denilson Pastor Leandrinho Natan Maidana Rea e por ai vai. Precisamos nos libertar desse demônio enquanto é tempo. Se for necessario um remedio amargo para curar a doença que ele venha. Quem sabe se perdermos para o América a torcida reage…..Martin Luter King alertava que o que mais assusta nao é o mal que poucos fazem. O problema é o silencio da maioria..

  30. Eduardo e Amigos, bom dia! Eu já joguei a toalha. Larghi e Gallo eu não engulo mais. O 7c vou ter q tolerar e torcer para passar logo seu mandato poste.

    Quanto ao time vai seguir sem meu apoio. De agora em diante vou torcer a favor do vento.

    E as camisas do GALO voltam para o armário ensacadas na naftalina.

    Por que a revolta? Ter um técnico no Atlético que não escala o time é fato que eu nunca havia presenciado na vida.

    Isso é indicador de problemas gravíssimos nos bastidores e eu não vou ser cúmplice disso.

    Dignidade já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*